Dia das crianças: Como negociar a alimentação com o seu filho? Veja 6 dicas

No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber "negociar" o alimentos é essencial para que os pequenos cresçam com saúde e bons hábitos de vida.
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
No dia da crianças é importante destacarmos a necessidade de uma atenção especial à alimentação infantil. Saber
Carolina Xavier

Consultor:

Carolina Xavier

Nutricionista clínica e esportiva graduada pela UFRJ, possui pós-graduação em Nutrição Esportiva e Estética voltada para o Wellness

"Negociar" é propor uma troca que seja satisfatória para toda as partes. Nesse sentido, quando falamos em alimentação infantil, pais e mães precisam ter a habilidade de um verdadeiro especialista para deixar nossos filhos longe das tentações do dia a dia. Nesse dia das crianças, com paciência, o momento pode servir como o início de uma boa reeducação alimentar, voltada à saúde e aos nutrientes necessários para o bom desenvolvimento dos pequenos! Veja algumas dicas para "negociar" a alimentação com o seu filho.

Bons hábitos alimentares começam na infância e é dessa forma que é possível conseguir negociar mais facilmente os costumes da criançada. Introduzir novos alimentos, diversificar nas cores do prato e manter uma rotina alimentar, é questão de tempo, dedicação e criatividade, afinal, os pequenos têm sempre uma resposta na ponta da língua para as novidades que lhe são apresentadas. Segundo a nutricionista Carolina Xavier, apresentar os alimentos de forma colorida e saborosa, pode ajudar a incentivar a alimentação:

"A forma de preparo dos alimentos vai determinar a aprovação ou não dos pequenos. Você ainda pode esconder alguns desses alimentos em preparações, como em suflês, panquecas, risotos", explica a profissional, apresentando 6 dicas importantes que ajudarão a dar um "up" na alimentação do seu filho. Confira!

6 dicas para negociar a alimentação com as crianças

1 - Não use o alimento como moeda de troca: Se em uma refeição o seu filho comer algo saudável por obrigação, por apenas ter a garantia que vai comer alguma guloseima mais tarde, fará com que encare os hábitos saudáveis como um dever e não algo natural e benéfico.

2 - Os adultos precisam dar o exemplo: Não adianta você falar para o seu filho comer verduras, legumes e frutas se você não consome nada disso. O exemplo vem dos mais velhos e as crianças se espelham nisso. Sente-se ao lado dele e mostre como pode ser prazeroso comer tal alimento.

3 - Evite fazer comentários se a criança não aceitar a primeira vez: A repetição da exposição ao alimento fará com que se acostume ao sabor e característica. Apresente o alimento um por um. Nunca comente se a criança não gosta daquilo porque está apenas fazendo birra.

4 - Deixe a criança se servir: Para que ela se torne um adulto consciente, peça que ele ou ela coloque apenas o que vai comer no prato para que não jogue fora pois existem muitas pessoas passando fome. Explique sobre o desperdício e as consequências que podem levar. É uma maneira de ensiná-lo e conscientizá-lo desde criança.

5 - Não a force comer tudo que está no prato: Temos que entender que a criança não come que nem um adulto e que sua necessidade é diferente da nossa. Respeite sua individualidade e deixe que ele coma o que vai lhe satisfazer.

6 - Inove na preparação: Caso você já tenha servido um alimento e ele não tenha gostado, experimente prepará-lo de outra maneira, com outros ingredientes e estimule-o a provar novamente. É assim que vamos adequando e aprimorando o paladar das crianças!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Homus doce existe! Conheça opções que são uma delícia

Homus doce existe! Conheça opções que são uma delícia Homus doce existe! Conheça opções que são uma delícia

O homus (também conhecido como humus ou hummus) é um prato da culinária árabe muito apreciado aqui no Brasil. Feito a partir do grão-de-bico, ele tem uma...

> Leia mais
Jovens revelam experiências de melhora na saúde graças ao contato com os animais

Jovens revelam experiências de melhora na saúde graças ao contato com os animais Jovens revelam experiências de melhora na saúde graças ao contato com os animais

Que os animais são incríveis companheiros, isso a gente já sabe. Conviver com um bichinho é a certeza de ter um amigo leal, que tornará os seus dias mais...

> Leia mais
6 hábitos simples para criar uma criança saudável

6 hábitos simples para criar uma criança saudável 6 hábitos simples para criar uma criança saudável

Uma das maiores preocupações de quem tem filhos é a saúde deles. Educar uma criança exige muita responsabilidade e cuidado para que ela cresça saudável e...

> Leia mais
Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva Síndrome de Prader-Willi: como tratar essa doença que gera fome excessiva

Uma doença praticamente desconhecida pelas pessoas e que tem como sintoma a compulsão alimentar: essa é a síndrome de Prader Willi, um distúrbio raro que...

> Leia mais
Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo Como incrementar o pão caseiro e deixar o café da manhã mais nutritivo

Um bom café da manhã é composto por frutas, sucos, iogurtes e, é claro, pães macios e saudáveis. Mas, em vez de comprar pães prontos, você já pensou em fazer...

> Leia mais
Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la Manteiga de girassol é alternativa para veganos! Aprenda a prepará-la

Para seguir uma dieta vegana de forma saudável (e nutritiva) é importante variar bastante nos alimentos - vegetais, leguminosas, frutas, oleaginosas e por aí...

> Leia mais
Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse Mulungu: os benefícios dessa erva medicinal que combate a depressão e o estresse

Você conhece o mulungu? Também conhecida como corticeira, canivete ou bico-de-papagaio, essa erva tem sido objeto de vários estudos e recentemente foi...

> Leia mais
Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb Os alimentos livres de carboidratos para quem prepara receitas low carb

Você já ouviu falar na dieta Whole 30? Muito adotada por quem pratica crossfit, ela propõe uma restrição alimentar bem radical, com o corte de carboidratos e...

> Leia mais
As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema As causas da alergia à aveia e o que fazer para tratar o problema

Além das alergias ao glúten e à lactose - que a maioria das pessoas já conhece - existem outros processos alérgicos alimentares que muita gente nem sabe que...

> Leia mais
O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde O que comer com a torrada? 5 ideias para caprichar no lanche da tarde

São muitas opções possíveis de cobertura para as torradas, sabia? Geleias, pastas, diferentes tipos de queijos e até frutas combinam superbem com o lanche. O...

> Leia mais