Cozinhando no vapor: Prepare os alimentos sem perder os nutrientes

Técnica: Aprenda a preparar os alimentos sem óleo, sem perder nutrientes, e conservando o sabor
Técnica: Aprenda a preparar os alimentos sem óleo, sem perder nutrientes, e conservando o sabor

Ao cozinhar qualquer alimento, a perda de nutrientes importantes ao nosso organismo torna-se algo inevitável. Contudo, quando bem preparados e manuseados, muitos dessas substâncias são poupadas e, seus benefícios, salvos em grande parte. Assim, o "Conquiste sua Vida" apresenta algumas formas importantes e técnicas de cozimento a vapor que garantem a sobrevida desses nutrientes e farão de suas refeições momentos ainda mais saudáveis para o seu dia a dia!

A principal regra de preparo para o cozimento é o uso de água. Quanto menos água no processo, mais nutrientes serão preservados. Por isso, ações simples manterão mais saudáveis esses alimentos, como explica o chef Haroldo de Carvalho, especialista em cozinha funcional:

"Não precisa colocar na água para manter nutrientes. O alimento não deve ter contato com a água pois perde alguns minerais. O ideal é que seja preparado no vapor ou no forno coberto com papel-alumínio. Inclusive, já tem fornos combinados que preparam o alimento no vapor", disse o especialista, analisando outros aspectos fundamentais para optar pelo método a vapor.

"Em todo cozimento acontece perda de nutrientes. Quando você cozinha na água, ela leva embora uma quantidade muito grande dessas substâncias. Já o cozimento a vapor tem um desperdício menor, uma vez que a água do vapor passa pelo alimento, mas, como a panela fica fechada, volta a cair sobre os legumes. Para isso, é necessário que os legumes estejam cortados em pedaços grandes. Isso diminui a área de contato com o vapor, preservando ainda mais suas características. A dica para essa forma de cozimento é optar por cozinhar os legumes ainda com casca, que servem como uma barreira natural. Para garantir o consumo de todos os nutrientes possíveis, é preciso ainda um pouco de gordura, as vitaminas A, B, E e K, que só são absorvidas na presença de gordura. O azeite é excelente neste caso, por exemplo ", enfatizou o profissional.

Passo a passo do cozimento ideal

Durante o cozimento, tampe a panela, evitando que as vitaminas "saiam" pelo vapor. Se tiver uma panela tipo cuscuzeira, use-a, pois o cozimento no vapor é ótimo para minimizar as perdas. Se você não tem esse tipo de panela, use o tradicional "banho-maria". Esse método pode ser utilizado até para cozer carnes, até seu ponto ideal, e, dessa forma, minimizar a produção de substâncias cancerígenas.

Outra forma muito boa de cozinhar e minimizar a perda das vitaminas é a "cozedura passiva". Ela requer mais tempo, porém, como se trata de um método "passivo", permite-lhe fazer outras coisas em simultâneo, sem ter de se preocupar com o risco de os alimentos queimarem ou colarem no fundo da panela. A cozedura passiva pode ser usada no preparo de legumes, verduras, massas e cereais.

Veja as orientações básicas para cozinhar a vapor

1 – Panela: O importante é ter o cestinho para colocar os legumes e que seja fácil de manusear e fechar. É essencial que o vapor não saia por entre buraquinhos da tampa.

2 – Água: Apenas o suficiente para o tempo de cozimento (cerca de 5 cm de água). Algumas panelas já vêm com indicação da quantidade.

3 – Corte: Depois de colocar a água na panela, arrume o cestinho com os alimentos a serem cozidos. Corte em pedaços grandes para que não haja muita área de contato com o vapor. Mas não deixe-os muitos próximos, para que circule a água. Atenção com o tipo de legumes, escolha colocar junto os que tenham mais ou menos a mesma textura, para que o tempo na panela seja o mesmo.

4 – Final: Coloque o cestinho na panela quando a água já estiver fervendo e garanta que o alimento não esteja encostando no líquido. Se estiver tudo certo, basta fechar a tampa, abaixar o fogo e esperar o tempo de cozimento. Evite abrir antes da hora.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais
Como fazer compota de berinjela sem erros

Como fazer compota de berinjela sem erros Como fazer compota de berinjela sem erros

Feita geralmente com a polpa de frutas, legumes e outros vegetais, a compota é um tipo de conserva (que pode ser salgada ou doce) que costuma ser servida com...

> Leia mais
4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes 4 frutas com S exóticas ricas em nutrientes

Você já deve ter reparado que existem tantos tipos de frutas ao redor do mundo que listar todas elas parece uma tarefa impossível. Mas para explorar um...

> Leia mais
Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele Exercício de ponte fortalece músculos e coluna! Saiba mais sobre ele

Está procurando um exercício simples e eficiente para fazer em casa? Indicado para fortalecer os glúteos e a musculatura da perna, o exercício de ponte pode...

> Leia mais
Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo Existem alimentos ricos em progesterona? Saiba como aumentar o hormônio no corpo

Manter uma boa alimentação é fundamental para garantir o bom funcionamento dos hormônios e do organismo como um todo. A progesterona, em especial, ajuda a...

> Leia mais