Comida requentada perde nutrientes? 8 dicas para reaproveitar a sua alimentação!

Além de preservar o sabor, a comida requentada também pode garantir os nutrientes da refeição inicial. É só seguir alguns passos básicos
Além de preservar o sabor, a comida requentada também pode garantir os nutrientes da refeição inicial. É só seguir alguns passos básicos
Carine Rodrigues

Consultor:

Carine Rodrigues

Formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é pós-graduanda em Terapia Nutricional pela GANEP.

Quem nunca aproveitou o que sobrou do delicioso almoço de domingo para garantir as refeições de uma semana inteira? A prática de requentar comida é muito normal, principalmente para quem precisa otimizar tempo na cozinha. A boa notícia é que, feita de forma correta, esse hábito pode fazer parte de uma alimentação saudável, conferindo sabor e os nutrientes das comidas por períodos mais longos.

Seja no forno micro-ondas, no fogão ou em banho-maria, requentar a comida é uma prática saudável e uma boa maneira de economizar um pouquinho, evitando também o desperdício de alimentos. Segundo a nutricionista Carine Rodrigues, contudo, é necessário ter alguns cuidados inclusive com o preparo das receitas, para garantir o reaquecimento saudável:

"Algumas vitaminas como, por exemplo, a vitamina C (ácido ascórbico), B1 (tiamina), B5 (ácido pantotênico) e B9 (ácido fólico), são instáveis a presença de calor, ou seja, são perdidas quando submetidas ao aquecimento. Portanto, devemos ter alguns cuidados na cocção dos alimentos, para evitar a perda de nutrientes", explica a profissional.

Como podemos reaproveitar as comidas de forma saudável e sem perder os nutrientes?

1 - Cozinhe os alimentos com pouca água e em curto tempo: Os alimentos e suas propriedades nutricionais não suportam grandes temperaturas por muito tempo, seus nutrientes podem ser perdidos no cozimento, por isso, deixe apenas o tempo ideal.

2 - Cozinhe as hortaliças no vapor: Cozer a vapor é uma das formas mais saudáveis de cozinhar. Embora o processo demore um pouco mais que o normal, o cozimento conserva os nutrientes (vitaminas e minerais) e garantem um sabor mais natural dos alimentos. As hortaliças permanecem mais nutritivas e mais saborosas.

3 - Os tubérculos devem ser coccionados com casca: As cascas desses alimentos (cenoura, batata doce, beterraba, aipim, inhame, etc), muitas vezes, possuem mais nutrientes, por isso, ao cozer junto às cascas, que são ricas em fibras alimentares, se torna mais uma maneira de garantir que os nutrientes dos tubérculos não sejam perdidos.

4 - Descongele os alimentos na geladeira: No lugar de utilizar o microondas para descongelar, tire-os com antecedência e deixe-os na geladeira, assim, na hora do preparo da sua refeição, o alimento já estará descongelado, sendo necessário apenas reaquecer.

5 - Espere o alimento esfriar: Nada de terminar de cozinhar e colocá-lo direto na geladeira: "Deve-se esperar o esfriamento dos alimentos para serem armazenados. Não ultrapassando o período de duas horas em temperatura ambiente", alerta a profissional.

6 - Reaqueça apenas uma vez: Caso tenha sobrado muita comida, divida em pequenas porções para que esse processo não seja repetido: "O reaquecimento dos alimentos deve ser realizado apenas uma vez, a temperatura superior ou igual a 74º C", indica Carine.

7 - Onde requentar: Segundo a nutricionista, o reaquecimento pode ser feito no forno, em banho-maria ou no microondas: "Entretanto, deve-se ter cuidado com o reaquecimento feito no microondas, pois o aquecimento não é o mesmo em todas as partes, na metade do processo deve-se retirar o recipiente, mexer o alimento e continuar o processo. É importante que todo o alimento atinja no mínimo 74ºC para reduzir o risco de intoxicação alimentar", analisa a profissional.

8 - Reutilize a água do cozimento: Como alguns nutrientes e propriedades são deixados na água de cozimento, a nutricionista Carine Rodrigues indica que esta água seja utilizada para o preparo de sopas, na preparação do arroz ou no cozimentos de massas.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais
Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais
Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Que tal fazer leite de castanha do Pará para aproveitar os benefícios da oleaginosa? É sempre bom ter opções diferentes de receitas para incluir na rotina...

> Leia mais
Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Quantas receitas com ervilha você conhece? E com ervilha congelada? Apesar da enorme praticidade que o legume apresenta, nem todos sabem como usá-lo no dia a...

> Leia mais