Biodisponibilidade: Como podemos aumentar a absorção de nutrientes no organismo?

A união de nutrientes potencializam os valores de qualquer alimento. Essa absorção em nosso organismo se chama biodisponibilidade e é essencial para a vida. Descubra aqui quais combinações são as mais importantes e os melhores meios de se atingir as harmonizações dessas substâncias no dia a dia alimentar.
A união de nutrientes potencializam os valores de qualquer alimento. Essa absorção em nosso organismo se chama biodisponibilidade e é essencial para a vida. Descubra aqui quais combinações são as mais importantes e os melhores meios de se atingir as harmonizações dessas substâncias no dia a dia alimentar.

Se um único nutriente proporciona os mais diversos benefícios à saúde, imagina quando eles estão unidos, potencializando suas forças? Dentro do conceito da alimentação saudável, isso tem nome: biodisponibilidade. Saiba como a absorção dessa combinação de elementos no dia a dia é primordial para a melhor qualidade de vida e no funcionamento completo do organismo!

Quando comemos, os nutrientes dos alimentos interagem entre si, aumentando a ingestão de vitaminas, minerais e fibras, trazendo inúmeras vantagens para o corpo como: emagrecimento natural, melhora do sistema imunológico e fortalecimentos dos músculos. A biodisponibilidade acontece quando absorvermos essas substâncias todas juntas, por isso é tão importante variarmos o nosso cardápio cotidiano, já que podendo aumentar ou diminuir esses níveis.

Por exemplo: o leite é fonte de lactose, vitamina D e cálcio. A união do açúcar (lactose) e da vitamina D, favorecem o organismo no aumento da absorção do cálcio. Segundo a nutricionista Daniella Chein, outro bom exemplo é o ferro e a vitamina C (feijão e laranja) que, quando consumidos em conjunto, podem potencializar essa absorção:

"O organismo só absorve 10% do ferro do feijão. Mas quando o alimento é associado a uma fonte de vitamina C e mais os vegetais verde escuros, a absorção sobe para quase 40%", destaca a profissional que listou quatro das melhores combinações de nutrientes para estarmos atento na hora da refeição. Sendo assim, ao preparar o seu prato no almoço ou no jantar, vale a pena se preocupar com algumas combinações alimentares para que a biodisponibilidade aconteça.

Confira as 4 melhores combinações de nutrientes

- Feijão + couve + laranja (ferro e vitamina C): Os amionoácidos essenciais e o ferro do feijão e da couve mais as vitaminas da laranja (principalmente a vitamina C), aumentam e potencializam a absorção do ferro pelo organismo.

- Tomate + abacate (gorduras monoinsaturadas e licopeno): Como possui gorduras monoinsaturadas (aquela que faz bem ao coração), o abacate transporta com grande eficiência, o licopeno do tomate até o intestino, o que facilita a biodisponibilidade desse nutriente. O licopeno tem o poder de reduzir os radicais livres produzidos pela exposição do sol e da poluição.

- Aveia + morango (vitamina D e vitamina C): Combinação que facilita eliminar uns quilinhos e ajuda na biodisponibilidade da vitamina D, mineral com dificuldades de plena absorção pelo organismo, ideal para vegetarianos. A vitamina D atua prevenindo a osteopenia e osteoporose. E segundo estudos de universidades asiáticas, a vitamina D também deixa os músculos mais resistentes. Resultado: se consegue queimar calorias extras e emagrecer mais facilmente.

- Abóbora e semente de girassol (vitamina E + betacaroteno): A pró-vitamina A (betacaroteno) presente na abóbora é mais bem absorvida na presença da vitamina E, encontrada na repleta na semente de girassol, e tem efeito antioxidante sobre os lipídios (gorduras) que a transportam. O resultado: olhos, pele e mucosas mais protegidos e sistema imunológico em dia.

As interações que diminuem a biodisponibilidade

Assim como há as interações positivas, quando ingerimos certas combinações de nutrientes, há também aquelas que não vão ajudar tanto essa absorção dos nutrientes, como é o caso do cálcio e o ferro. Ao consumir refeições que contenha ferro, como feijão, carnes vermelhas e vegetais verdes escuros, acompanhadas do leite, por exemplo, o cálcio irá diminuir a utilização do ferro no organismo.

Outro caso que também inclui o ferro, quando unido ao zinco, o aumento do ferro interfe na biodisponibilidade de zinco, isso ocorre também no sentido contrário.

* Daniella Chein (CRN 2003100646) é formada em Nutrição Clínica pelo Centro Universitário Bennett e atua no Rio de Janeiro.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais