Alimentação variada: Descubra como devemos equilibrar as refeições do dia a dia

Sair da rotina é bom e, na alimentação, fundamental! Ao variar nosso cardápio do dia a dia, o organismo responde da melhor forma, pois recebe, de maneira saudável e natural, os mais diversos nutrientes que geram bem-estar e qualidade de vida. Descubra aqui o que devemos incluir para incrementar a alimentação cotidiana.
Sair da rotina é bom e, na alimentação, fundamental! Ao variar nosso cardápio do dia a dia, o organismo responde da melhor forma, pois recebe, de maneira saudável e natural, os mais diversos nutrientes que geram bem-estar e qualidade de vida. Descubra aqui o que devemos incluir para incrementar a alimentação cotidiana.

Trocar as roupas do armário, mudar os móveis da casa de lugar, criar novos hábitos no dia a dia... Variar é sempre uma atitude saudável quando fazemos pensando em nosso bem-estar e com o intuito de sairmos da monotonia que a rotina pode gerar. Então, por que não substituir e incrementar também a nossa alimentação? Muita gente, que segue à risca suas dietas, não percebe o leque de possibilidades que a gastronomia fit oferece para o consumo. Veja como é fácil e saboroso sofisticar o cardápio cotidiano, de forma natural e nutritiva!

Segundo a nutricionista Sheila Basso, a variação alimentar é natural e extremamente importante ao ser humano. Afinal, precisamos de diversos tipos de nutrientes no dia a dia que, por muitas vezes, se completam e potencializam seus benefícios quando estão juntos, agrupados em uma mesma refeição. Ela explica:

"A versatilidade alimentar baseia-se em dois grupos: Alimentos de origem animal e vegetal. Os de origem animal são boas fontes de proteínas e da maioria das vitaminas e minerais, mas não contêm fibras e podem apresentar elevada quantidade de calorias por grama e teor excessivo de gorduras não saudáveis. Por sua vez, alimentos de origem vegetal costumam ser ricas em fibras, de vários nutrientes e geralmente têm menos calorias por grama do que os de origem animal. Mas, individualmente, tendem a não fornecer, na proporção adequada, todos os nutrientes de que necessitamos. Ou seja, elas se completam nutricionalmente. Isso explica a razão de a espécie humana ter evoluído de modo a se tornar apta a consumir grande variedade de alimentos", enfatiza a especialista.

Grupos alimentares essenciais para variar o cardápio do dia a dia

- Carboidratos: Alimentos com alta concentração de carboidratos, como os grãos (incluindo arroz, milho e trigo), pães, massas, tubérculos (como as batatas e o inhame) e raízes (como a mandioca) de forma geral são fontes de carboidratos complexos e fibras alimentares, mas também contêm vitaminas, minerais e proteínas.

OBS: O açúcar (sacarose) não é necessário ao organismo humano, pois pertence ao grupo dos carboidratos simples e a energia fornecida por eles pode ser obtida por meio dos carboidratos complexos (amidos). "Dessa forma, este açúcar simples, deve ter seu consumo reduzido, visto que em excesso está relacionado ao aumento do risco de obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis", salienta Sheila Basso.

- Frutas, legumes e verduras: Devem ser consumidos diariamente. Esses alimentos são fontes de fibra alimentar, vitaminas e minerais. O incentivo ao consumo concentra-se principalmente em suas formas naturais. Produtos com alta concentração de açúcar, como geleias de fruta, bebidas com sabor de fruta e vegetais em conserva, com alto teor de sal, não fazem parte desse incentivo.

- Vegetais ricos em proteínas: Particularmente os cereais integrais, as leguminosas, como os feijões, e também as sementes e castanhas são fontes de fibra alimentar, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e outros minerais, além de pequena quantidade de gordura do tipo insaturada.

- Alimentos de origem animal: Incluir pequenas quantidades de carne de gado, porco, peixe, aves, ovos e também leite, queijo e iogurte, preferencialmente desnatados ou com baixos teores de gordura. Esses alimentos são fonte de ferro, cálcio e vitamina B12 (exclusiva de produtos de origem animal).

"Uma alimentação vegetariana adequada pode ser capaz de atender às necessidades nutricionais. Ao optar por uma alimentação vegetariana, é importante o acompanhamento com nutricionista para garantir a apropriada substituição e combinação dos alimentos e não aumentar o risco à saúde por inadequação alimentar", destaca a nutricionista.

- Alimentos fontes de gordura: As gorduras são fontes de ácidos graxos essenciais e de vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K), que necessariamente devem ser veiculados pelos alimentos, pois o organismo não pode produzi-los. Assim, todos os seres humanos precisam de fonte de gordura, de preferência insaturada (mono e poli-insaturada). A gordura saturada, presente em alimentos de origem animal, aumenta o risco de dislipidemias (alterações dos níveis das gorduras no sangue) e doenças cardíacas.

Cuidados para uma alimentação completa

Vale a pena ressaltar que nenhum alimento específico ou grupo deles isoladamente é suficiente para fornecer todos os nutrientes necessários a uma boa alimentação e, consequentemente, manutenção da saúde. "Uma alimentação saudável contribui para a melhora da qualidade de vida da população, reduzindo a prevalência do excesso de peso (sobrepeso e obesidade), doenças crônicas associadas e outras doenças relacionadas à alimentação e nutrição. Alimente-se bem!", finaliza a Dra. Sheila.
*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Receitas:
Queijo
Ver Mais

Últimas Matérias

Gengibre em conserva: como fazer e seus benefícios para o sistema imunológico

Gengibre em conserva: como fazer e seus benefícios para o sistema imunológico Gengibre em conserva: como fazer e seus benefícios para o sistema imunológico

Que tal preparar gengibre em conserva e se livrar daqueles enjoos matinais superchatos? Pois é! Se você sofre com náuseas logo no início do dia, algo não...

> Leia mais
As receitas de geleia de pera doce e salgada para servir com pães e biscoitos

As receitas de geleia de pera doce e salgada para servir com pães e biscoitos As receitas de geleia de pera doce e salgada para servir com pães e biscoitos

Você já experimentou geleia de pera doce? E a versão salgada? Ambas as receitas são muito saborosas e nós trouxemos hoje opções para todos os gostos! A pera...

> Leia mais
É verdade que maçã abre o apetite? Confira opinião de uma nutricionista

É verdade que maçã abre o apetite? Confira opinião de uma nutricionista É verdade que maçã abre o apetite? Confira opinião de uma nutricionista

Você provavelmente já ouviu alguém dizer que maçã abre o apetite, não é? Muito indicada para a rotina alimentar, a fruta é conhecida por seus diversos...

> Leia mais
Frutas com a letra R que são bem nutritivas e quase ninguém conhece

Frutas com a letra R que são bem nutritivas e quase ninguém conhece Frutas com a letra R que são bem nutritivas e quase ninguém conhece

Qual fruta com R você conhece? O universo dos alimentos orgânicos é extremamente amplo e muito curioso! Sempre descobrimos novos ingredientes inusitados para...

> Leia mais
O que é funcho e para que serve o seu chá

O que é funcho e para que serve o seu chá O que é funcho e para que serve o seu chá

Se você aprecia chás, é provável que você já tenha confundido o que é funcho com a famosa erva-doce em algum momento! Também conhecida como funcho-doce, essa...

> Leia mais
4 benefícios da rutabaga e como usá-la na cozinha

4 benefícios da rutabaga e como usá-la na cozinha 4 benefícios da rutabaga e como usá-la na cozinha

A rutabaga, que também é conhecida como nabo sueco ou couve-nabo, é uma raiz vegetal que possui uma grande quantidade de nutrientes que podem ser benéficos...

> Leia mais
Gingerol: para que serve? Saiba mais sobre esse anti-inflamatório natural

Gingerol: para que serve? Saiba mais sobre esse anti-inflamatório natural Gingerol: para que serve? Saiba mais sobre esse anti-inflamatório natural

Encontrado no gengibre fresco, o gingerol é uma substância de ação antioxidante que traz uma série de benefícios para o organismo. Ele é o responsável por...

> Leia mais
Cominho preto tem ação antioxidante! Conheça melhor o tempero e seus benefícios

Cominho preto tem ação antioxidante! Conheça melhor o tempero e seus benefícios Cominho preto tem ação antioxidante! Conheça melhor o tempero e seus benefícios

Você sabe o que é Nigella sativa? Também conhecido como cominho preto, a planta famosa por virar tempero faz parte de diversas receitas para uma alimentação...

> Leia mais
Tomar vinagre de maçã em jejum traz benefícios? Nutricionista esclarece dúvida

Tomar vinagre de maçã em jejum traz benefícios? Nutricionista esclarece dúvida Tomar vinagre de maçã em jejum traz benefícios? Nutricionista esclarece dúvida

Você já deve ter pesquisado como tomar vinagre de maçã para emagrecer, certo? Afinal, dizem por aí que tomar uma colher de vinagre de maçã em jejum traz...

> Leia mais
8 alimentos que tiram o sono e devem ser evitados por quem tem insônia

8 alimentos que tiram o sono e devem ser evitados por quem tem insônia 8 alimentos que tiram o sono e devem ser evitados por quem tem insônia

Você conhece os alimentos que tiram o sono e são considerados os inimigos de quem sofre com insônia? Não sei se você já parou para pensar que a dificuldade...

> Leia mais