Alimentação variada: Descubra como devemos equilibrar as refeições do dia a dia

Sair da rotina é bom e, na alimentação, fundamental! Ao variar nosso cardápio do dia a dia, o organismo responde da melhor forma, pois recebe, de maneira saudável e natural, os mais diversos nutrientes que geram bem-estar e qualidade de vida. Descubra aqui o que devemos incluir para incrementar a alimentação cotidiana.
Sair da rotina é bom e, na alimentação, fundamental! Ao variar nosso cardápio do dia a dia, o organismo responde da melhor forma, pois recebe, de maneira saudável e natural, os mais diversos nutrientes que geram bem-estar e qualidade de vida. Descubra aqui o que devemos incluir para incrementar a alimentação cotidiana.

Trocar as roupas do armário, mudar os móveis da casa de lugar, criar novos hábitos no dia a dia... Variar é sempre uma atitude saudável quando fazemos pensando em nosso bem-estar e com o intuito de sairmos da monotonia que a rotina pode gerar. Então, por que não substituir e incrementar também a nossa alimentação? Muita gente, que segue à risca suas dietas, não percebe o leque de possibilidades que a gastronomia fit oferece para o consumo. Veja como é fácil e saboroso sofisticar o cardápio cotidiano, de forma natural e nutritiva!

Segundo a nutricionista Sheila Basso, a variação alimentar é natural e extremamente importante ao ser humano. Afinal, precisamos de diversos tipos de nutrientes no dia a dia que, por muitas vezes, se completam e potencializam seus benefícios quando estão juntos, agrupados em uma mesma refeição. Ela explica:

"A versatilidade alimentar baseia-se em dois grupos: Alimentos de origem animal e vegetal. Os de origem animal são boas fontes de proteínas e da maioria das vitaminas e minerais, mas não contêm fibras e podem apresentar elevada quantidade de calorias por grama e teor excessivo de gorduras não saudáveis. Por sua vez, alimentos de origem vegetal costumam ser ricas em fibras, de vários nutrientes e geralmente têm menos calorias por grama do que os de origem animal. Mas, individualmente, tendem a não fornecer, na proporção adequada, todos os nutrientes de que necessitamos. Ou seja, elas se completam nutricionalmente. Isso explica a razão de a espécie humana ter evoluído de modo a se tornar apta a consumir grande variedade de alimentos", enfatiza a especialista.

Grupos alimentares essenciais para variar o cardápio do dia a dia

- Carboidratos: Alimentos com alta concentração de carboidratos, como os grãos (incluindo arroz, milho e trigo), pães, massas, tubérculos (como as batatas e o inhame) e raízes (como a mandioca) de forma geral são fontes de carboidratos complexos e fibras alimentares, mas também contêm vitaminas, minerais e proteínas.

OBS: O açúcar (sacarose) não é necessário ao organismo humano, pois pertence ao grupo dos carboidratos simples e a energia fornecida por eles pode ser obtida por meio dos carboidratos complexos (amidos). "Dessa forma, este açúcar simples, deve ter seu consumo reduzido, visto que em excesso está relacionado ao aumento do risco de obesidade e outras doenças crônicas não transmissíveis", salienta Sheila Basso.

- Frutas, legumes e verduras: Devem ser consumidos diariamente. Esses alimentos são fontes de fibra alimentar, vitaminas e minerais. O incentivo ao consumo concentra-se principalmente em suas formas naturais. Produtos com alta concentração de açúcar, como geleias de fruta, bebidas com sabor de fruta e vegetais em conserva, com alto teor de sal, não fazem parte desse incentivo.

- Vegetais ricos em proteínas: Particularmente os cereais integrais, as leguminosas, como os feijões, e também as sementes e castanhas são fontes de fibra alimentar, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e outros minerais, além de pequena quantidade de gordura do tipo insaturada.

- Alimentos de origem animal: Incluir pequenas quantidades de carne de gado, porco, peixe, aves, ovos e também leite, queijo e iogurte, preferencialmente desnatados ou com baixos teores de gordura. Esses alimentos são fonte de ferro, cálcio e vitamina B12 (exclusiva de produtos de origem animal).

"Uma alimentação vegetariana adequada pode ser capaz de atender às necessidades nutricionais. Ao optar por uma alimentação vegetariana, é importante o acompanhamento com nutricionista para garantir a apropriada substituição e combinação dos alimentos e não aumentar o risco à saúde por inadequação alimentar", destaca a nutricionista.

- Alimentos fontes de gordura: As gorduras são fontes de ácidos graxos essenciais e de vitaminas lipossolúveis (A, D, E, K), que necessariamente devem ser veiculados pelos alimentos, pois o organismo não pode produzi-los. Assim, todos os seres humanos precisam de fonte de gordura, de preferência insaturada (mono e poli-insaturada). A gordura saturada, presente em alimentos de origem animal, aumenta o risco de dislipidemias (alterações dos níveis das gorduras no sangue) e doenças cardíacas.

Cuidados para uma alimentação completa

Vale a pena ressaltar que nenhum alimento específico ou grupo deles isoladamente é suficiente para fornecer todos os nutrientes necessários a uma boa alimentação e, consequentemente, manutenção da saúde. "Uma alimentação saudável contribui para a melhora da qualidade de vida da população, reduzindo a prevalência do excesso de peso (sobrepeso e obesidade), doenças crônicas associadas e outras doenças relacionadas à alimentação e nutrição. Alimente-se bem!", finaliza a Dra. Sheila.
*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Receitas:
Queijo
Ver Mais

Últimas Matérias

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais
Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar Como fazer o cabelo crescer: 10 alimentos que podem ajudar

Ter uma rotina de alimentação balanceada é a principal dica de como fazer o cabelo crescer! A saúde das mechas e da pele é diretamente influenciada pelo...

> Leia mais
Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq Alimentos congelados agilizam o dia a dia! Conheça os congelados Taeq

Você sabia que a comida congelada pode ser saudável e trazer uma série de vantagens para o dia a dia? Além das carnes - como frangos e peixes - que devem ser...

> Leia mais
Leite zero lactose: mitos e verdades

Leite zero lactose: mitos e verdades Leite zero lactose: mitos e verdades

O que você sabe sobre leite sem lactose? O produto vem ganhando relevância nos últimos anos e promete segurança no consumo de laticínios, especialmente para...

> Leia mais
Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro Meu filho não quer comer: o que fazer? 4 atitudes para reverter esse quadro

Incentivar a criança a comer de forma saudável não precisa ser tão difícil - afinal, existem alguns truques que ajudam a tornar a hora da refeição bem mais...

> Leia mais
Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los Flavonoides: o que são, onde encontrar e por que devemos consumi-los

Os flavonoides provavelmente fazem parte da sua alimentação diária mesmo que você não saiba disto! Substâncias de origem vegetal, eles estão presentes em boa...

> Leia mais
Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço Quiche saudável: 2 receitas e 2 pratos Taeq para simplificar o almoço

Ninguém resiste a uma quiche saudável acompanhada de uma salada de verduras fresquinhas! Perfeito para o dia a dia, no almoço ou no jantar, esse prato também...

> Leia mais