Ômegas 3, 6 e 9: Para que serve cada um deles em nossa alimentação?

Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o "3", seus benefícios ainda são pouco conhecidos. Veja aqui as diferenças entres essas gorduras e seus nutrientes!
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o

Muitas pessoas leem nas embalagens dos produtos um destaque especial para a presença de ômega 3, 6 e 9 na composição do alimento. Entretanto, um grande número ainda desconhece suas propriedades e importância para a saúde. O consumo de alimentos fontes desse ácido graxo é fundamental para o organismo humano, e, por isso deve fazer parte do nosso cardápio diário. Veja as diferenças entre os 3 tipos desse nutriente e seus benefícios!

Os três tipos de ômegas são gorduras que devem estar presentes e equilibradas na dieta. Em comum, todas colaboram para o aumento do colesterol bom, conhecido como HDL, e na diminuição de triglicérides e do colesterol ruim, chamado de LDL, prevenindo doenças cardiovasculares. Peixes como o atum, a truta, o salmão e a sardinha, assim como as nozes e linhaça são ricos nesses elementos.

Os 3 tipos de ômegas e seus benefícios na alimentação


Ômega 3:
Encontrado em grande quantidade em peixes, além das oleaginosas e sementes de chia e linhaça, esse elemento é, segundo a nutricionista Giovana Morbi, o mais importante dos três. Isso por que sua atuação no cérebro contribui para a manutenção das funções cognitivas e da transmissão de impulsos nervosos. "Ele ainda tem ação anti-inflamatória e ajuda a prevenir a depressão, a ansiedade e o mal de Alzheimer", analisa a profissional.

A deficiência deste tipo de gordura no organismo pode ser tratada por meio da ingestão de cápsulas, mas é preciso estar atento: "As cápsulas de ômega 3 provenientes de óleo de peixe, por exemplo, podem estar contaminadas com mercúrio, além de serem um risco para pessoas alérgicas a peixe. Por isso, é sempre recomendado consultar um especialista antes de tomar qualquer atitude", salientou a profissional.

Ômega 6: Presente em todas as nossas células corporais - mas não produzida pelo corpo humano -, essa substância deve ser ingerida frequentemente via alimentos fontes, como nozes, óleo de soja ou óleo de canola, por exemplo. Esse nutriente interfere na formação das membranas celulares e da retina, atua na síntese hormonal e colabora para o funcionamento adequado do sistema imunológico.

Ômega 9: Esse elemento é um anti-inflamatório que ajuda a prevenir o câncer e atua contra doenças do coração e contra o envelhecimento precoce das células. O ômega 9 é uma gordura monoinsaturada e recebe essa classificação porque possui uma única dupla ligação de carbono em sua molécula. Isso a torna muito mais flexível e fácil de ser metabolizada, diferente das gorduras saturadas. Suas principais fontes são: óleo de oliva, azeitona, óleo de canola, abacate e oleaginosas (amêndoas, amendoim, castanhas e nozes).

Giovana Morbi é nutricionista, formada pelo Centro Universitário São Camilo e atua em São Paulo. CRN-SP: 34076

Mais noticias com...
Receitas:
Salmão
Ver Mais

Últimas Matérias

Como introduzir alimentos aos bebês? As dicas para iniciar a dieta dos pequenos

Como introduzir alimentos aos bebês? As dicas para iniciar a dieta dos pequenos Como introduzir alimentos aos bebês? As dicas para iniciar a dieta dos pequenos

Quem é mãe de primeira viagem costuma ficar na dúvida sobre como introduzir a alimentação ao bebê. Afinal, nos 6 primeiros meses, a recomendação médica é...

> Leia mais
Dia Nacional do Biscoito: as dicas para preparar o lanche de forma mais saudável

Dia Nacional do Biscoito: as dicas para preparar o lanche de forma mais saudável Dia Nacional do Biscoito: as dicas para preparar o lanche de forma mais saudável

Muita gente não sabe, mas 20 de julho (além de ser o Dia Internacional do Amigo) também é considerado o Dia Nacional do Biscoito. E quem é que não ama esse...

> Leia mais
Tomar chá em excesso faz mal à saúde? Descubra quantas xícaras beber por dia

Tomar chá em excesso faz mal à saúde? Descubra quantas xícaras beber por dia Tomar chá em excesso faz mal à saúde? Descubra quantas xícaras beber por dia

Os chás são ótimos aliados na nossa saúde - especialmente em dias frios, quando ajudam a aquecer o corpo. Entre os seus benefícios podemos citar que hidratam...

> Leia mais
Comer bem não é comer bastante! Veja dicas para se alimentar melhor

Comer bem não é comer bastante! Veja dicas para se alimentar melhor Comer bem não é comer bastante! Veja dicas para se alimentar melhor

Buscar uma alimentação saudável é a meta de muita gente, né? Só que, muitas vezes, fica difícil ponderar as quantidades e descobrir quais alimentos são...

> Leia mais
Como fazer abóbora: 4 maneiras simples de preparar esse alimento

Como fazer abóbora: 4 maneiras simples de preparar esse alimento Como fazer abóbora: 4 maneiras simples de preparar esse alimento

A abóbora é um tipo de fruto bem nutritivo e cheio de propriedades benéficas: é fonte de fibras, cálcio, magnésio, ferro, vitamina C e carboidratos (que...

> Leia mais
Existe horário ideal para tomar o café da manhã? Saiba quando ter a 1ª refeição

Existe horário ideal para tomar o café da manhã? Saiba quando ter a 1ª refeição Existe horário ideal para tomar o café da manhã? Saiba quando ter a 1ª refeição

Para facilitar o nosso dia a dia, é comum seguirmos à risca um mesmo hábito alimentar, e isso inclui fazer as refeições nos mesmos horários. Esse costume...

> Leia mais
5 apps para se exercitar que vão te ajudar a ter uma rotina mais saudável

5 apps para se exercitar que vão te ajudar a ter uma rotina mais saudável 5 apps para se exercitar que vão te ajudar a ter uma rotina mais saudável

Para ter uma rotina saudável não basta comer bem: é preciso se movimentar. A boa notícia é que, para isso, não é necessário frequentar uma academia, já que é...

> Leia mais
Como se alimentar no pós-parto? Nutricionista indica o que evitar nesse período

Como se alimentar no pós-parto? Nutricionista indica o que evitar nesse período Como se alimentar no pós-parto? Nutricionista indica o que evitar nesse período

Durante o período da maternidade é necessário ter alguns cuidados com a alimentação - tanto na gestação quanto no pós-parto/ amamentação. Existem alguns...

> Leia mais
Comer amendoim faz mal? Entenda por que é preciso consumi-lo com parcimônia

Comer amendoim faz mal? Entenda por que é preciso consumi-lo com parcimônia Comer amendoim faz mal? Entenda por que é preciso consumi-lo com parcimônia

O amendoim vem sendo incorporado cada vez mais no cardápio dos brasileiros, seja na sua forma torrada, cozida ou em pasta. Embora ele proporcione uma série...

> Leia mais
As curiosidades sobre a comida brasileira que valem a pena conhecer

As curiosidades sobre a comida brasileira que valem a pena conhecer As curiosidades sobre a comida brasileira que valem a pena conhecer

Quando falamos em culinária brasileira logo surgem na mente várias comidinhas típicas: pão de queijo, feijoada, brigadeiro, açaí e por aí vai... alimentos...

> Leia mais