Ômegas 3, 6 e 9: Para que serve cada um deles em nossa alimentação?

Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o "3", seus benefícios ainda são pouco conhecidos. Veja aqui as diferenças entres essas gorduras e seus nutrientes!
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Ômega 3, 6 e 9. Presente em grandes quantidades em carnes de peixes, oleaginosas e sementes e linhaça e chia, apesar de serem muito falados, principalmente o
Giovana Morbi

Consultor:

Giovana Morbi

Graduada em Nutrição pela Faculdade São Camilo, é especialista em Nutrição Clínica e Ortomolecular com extensão em Nutrigenômica e especializada em Diabetologia Prática pelo Steno Education Center, na Dinamarca.

Muitas pessoas leem nas embalagens dos produtos um destaque especial para a presença de ômega 3, 6 e 9 na composição do alimento. Entretanto, um grande número ainda desconhece suas propriedades e importância para a saúde. O consumo de alimentos fontes desse ácido graxo é fundamental para o organismo humano, e, por isso deve fazer parte do nosso cardápio diário. Veja as diferenças entre os 3 tipos desse nutriente e seus benefícios!

Os três tipos de ômegas são gorduras que devem estar presentes e equilibradas na dieta. Em comum, todas colaboram para o aumento do colesterol bom, conhecido como HDL, e na diminuição de triglicérides e do colesterol ruim, chamado de LDL, prevenindo doenças cardiovasculares. Peixes como o atum, a truta, o salmão e a sardinha, assim como as nozes e linhaça são ricos nesses elementos.

Os 3 tipos de ômegas e seus benefícios na alimentação

Ômega 3: Encontrado em grande quantidade em peixes, além das oleaginosas e sementes de chia e linhaça, esse elemento é, segundo a nutricionista Giovana Morbi, o mais importante dos três. Isso por que sua atuação no cérebro contribui para a manutenção das funções cognitivas e da transmissão de impulsos nervosos. "Ele ainda tem ação anti-inflamatória e ajuda a prevenir a depressão, a ansiedade e o mal de Alzheimer", analisa a profissional.

A deficiência deste tipo de gordura no organismo pode ser tratada por meio da ingestão de cápsulas, mas é preciso estar atento: "As cápsulas de ômega 3 provenientes de óleo de peixe, por exemplo, podem estar contaminadas com mercúrio, além de serem um risco para pessoas alérgicas a peixe. Por isso, é sempre recomendado consultar um especialista antes de tomar qualquer atitude", salientou a profissional.

Ômega 6: Presente em todas as nossas células corporais - mas não produzida pelo corpo humano -, essa substância deve ser ingerida frequentemente via alimentos fontes, como nozes, óleo de soja ou óleo de canola, por exemplo. Esse nutriente interfere na formação das membranas celulares e da retina, atua na síntese hormonal e colabora para o funcionamento adequado do sistema imunológico.

Ômega 9: Esse elemento é um anti-inflamatório que ajuda a prevenir o câncer e atua contra doenças do coração e contra o envelhecimento precoce das células. O ômega 9 é uma gordura monoinsaturada e recebe essa classificação porque possui uma única dupla ligação de carbono em sua molécula. Isso a torna muito mais flexível e fácil de ser metabolizada, diferente das gorduras saturadas. Suas principais fontes são: óleo de oliva, azeitona, óleo de canola, abacate e oleaginosas (amêndoas, amendoim, castanhas e nozes).

Mais noticias com...
Receitas:
Salmão
Ver Mais

Últimas Matérias

Chá de marcela serve para tratar dores! Conheça os benefícios da bebida

Chá de marcela serve para tratar dores! Conheça os benefícios da bebida Chá de marcela serve para tratar dores! Conheça os benefícios da bebida

Dono de propriedades medicinais que ajudam a tratar dores no corpo, o chá de marcela é o produto de uma planta brasileira muito consumida no Sul do país....

> Leia mais
O que é creatina e quais alimentos possuem a substância

O que é creatina e quais alimentos possuem a substância O que é creatina e quais alimentos possuem a substância

Conhecida como um tipo de suplemento alimentar usado para melhorar a performance em diversas atividades físicas, a creatina costuma fazer parte do mundo dos...

> Leia mais
Como fazer molho branco vegano

Como fazer molho branco vegano Como fazer molho branco vegano

Preparado, normalmente, com leite, creme de leite e manteiga, o molho branco - também conhecido como o famoso molho bechamel - é uma das principais opções...

> Leia mais
Dia da Consciência Negra: 6 comidas de origem africana para celebrar a data

Dia da Consciência Negra: 6 comidas de origem africana para celebrar a data Dia da Consciência Negra: 6 comidas de origem africana para celebrar a data

Marcado por muitas memórias e heranças culturais, o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro no Brasil, relembra a data da morte de Zumbi dos...

> Leia mais
Bolinho de chuva vegano e outras versões saudáveis da receita

Bolinho de chuva vegano e outras versões saudáveis da receita Bolinho de chuva vegano e outras versões saudáveis da receita

Apesar de ser feito, tradicionalmente, com leite, ovos, açúcar, canela e farinha de trigo, existe mais de uma maneira de preparar um delicioso bolinho de...

> Leia mais
Como substituir o arroz nas refeições de forma saudável

Como substituir o arroz nas refeições de forma saudável Como substituir o arroz nas refeições de forma saudável

Buscar um cardápio variado, com diferentes legumes, verduras, cereais, leguminosas e outros grupos alimentares, é a melhor alternativa para manter o...

> Leia mais
O que é taioba? Os benefícios dessa PANC usada como substituta da couve

O que é taioba? Os benefícios dessa PANC usada como substituta da couve O que é taioba? Os benefícios dessa PANC usada como substituta da couve

Pertencente ao grupo das PANCs (plantas alimentícias não convencionais), a taioba é um tipo de vegetal verde-escuro semelhante à couve em termos nutricionais...

> Leia mais
Conheça o breaking, dança que faz parte dos Jogos Olímpicos da Juventude

Conheça o breaking, dança que faz parte dos Jogos Olímpicos da Juventude Conheça o breaking, dança que faz parte dos Jogos Olímpicos da Juventude

Criado no Bronx, na cidade de Nova York, durante os anos 70, o breaking (ou breakdance) é um estilo de dança de rua que faz parte da cultura do Hip Hop -...

> Leia mais
5 frutas com F supernutritivas para comer a qualquer hora

5 frutas com F supernutritivas para comer a qualquer hora 5 frutas com F supernutritivas para comer a qualquer hora

Você já parou para pensar em quais são as frutas que começam com a letra F? Além de ser uma maneira divertida de conhecer um pouco mais sobre o universo dos...

> Leia mais
Chá de rooibos: para que serve e os benefícios da bebida

Chá de rooibos: para que serve e os benefícios da bebida Chá de rooibos: para que serve e os benefícios da bebida

Originário da África do Sul, o rooibos é um arbusto rico em propriedades medicinais que costuma ser usado no preparo de chás terapêuticos. Ele tem...

> Leia mais