O que é aromaterapia e como proporcionar bem-estar através das fragrâncias

Na aromaterapia, há mais de uma forma de ter contato com a fragrância, já que ela pode ser inalada ou passada através da pele em massagens
Na aromaterapia, há mais de uma forma de ter contato com a fragrância, já que ela pode ser inalada ou passada através da pele em massagens

É bem possível que você conheça a fitoterapia, que é o uso das plantas como forma de tratamento medicinal, mas e o que falar da aromaterapia? Como o próprio nome indica, ela se refere à utilização de fragrâncias no nosso dia a dia, que vão trabalhar como uma espécie de terapia, melhorando o bem-estar. É importante ressaltar que essa atividade não consiste em cheirar plantas cujo odor é agradável, mas sim em uma série de práticas que prometem até minimizar sintomas de algumas doenças.

História da aromaterapia

Antes de explicar como é feita a aromaterapia é interessante compreender a sua origem, pois assim é mais fácil entender o seu propósito. As fragrâncias são consideradas fitoterápicas desde a Antiguidade. Na Índia, onde a Ayurveda é muito utilizada, seu uso há muitos séculos é considerado medicinal. Mas não pense que essa relação é exclusiva da Ásia. Tanto os egípcios quanto os gregos e os romanos utilizavam o poder dos aromas em suas rotinas, fosse para acabar com pragas ou para preparar óleos para massagens. O objetivo não necessariamente era curar os males do corpo, mas sim do espírito.

O que é a aromaterapia

Mesmo sendo tão antiga, a aromaterapia tal qual conhecemos hoje na verdade se difundiu apenas no século XX. Hoje, está principalmente relacionada à extração de óleos de plantas que serão utilizados para fazer massagens. Mas não pense que esse ato é sem propósito, pois cada aroma é utilizado para um objetivo diferente. Afinal, odores são muito pessoais, e por isso estão diretamente relacionados à memória afetiva de cada um. Além disso, há mais de uma forma de ter contato com o aroma, já que ele pode ser inalado ou passado através da pele, que é o que ocorre em uma massagem. De qualquer maneira, a fragrância é capaz de estimular uma região do cérebro que pode promover ações diretas no nosso corpo, e por isso é utilizado de forma medicinal. No fim, seu objetivo é um só: proporcionar bem-estar.

Como a aromaterapia ajuda no tratamento de doenças?

Para cada objetivo um aroma diferente. É claro que há o quesito pessoal, mas normalmente há fragrâncias específicas para cada problema. As de camomila, jasmim e rosa, por exemplo, são utilizadas como calmantes naturais. Neste caso, basta pensar nas propriedades dos seus chás para entender melhor a relação. Por terem esse benefício, eles ajudam a combater o estresse, a insônia e a ansiedade, transtorno que pode gerar, inclusive, a compulsão alimentar.

Já problemas respiratórios são tratados com eucalipto ou mesmo óleo de sândalo, já que ambos ajudam a dar aquela sensação de "abertura" de pulmão. Com isso, são especialmente indicados para pessoas que sofrem com asmas e bronquites, por exemplo. A aromaterapia também pode ser utilizada para aliviar problemas de pele, como acnes e herpes. Neste caso, óleo de bergamota, fruta parente da tangerina, é uma boa sugestão. Já odores com limão ajudam a concentrar, aumentando a produtividade no trabalho e nos estudos.

Contraindicações da aromaterapia

Embora seja muito benéfica, há sim contraindicações em relação ao seu uso. Em primeiro lugar, pessoas alérgicas a determinados componentes não podem utilizá-lo nesse processo, por mais que o ingrediente em si seja benéfico para o que pessoa está procurando. Neste caso, é melhor buscar uma alternativa em outro aroma. Além disso, grávidas devem procurar um médico especialista antes de optar por essa prática, e o mesmo vale para quem deseja utilizá-la em bebês.

Por fim, é bom lembrar que a aromaterapia faz parte da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC). Isso significa que sua prática não apenas é reconhecida no Brasil como também pode ser utilizada de forma medicinal pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Chá de cebola: para que serve e como preparar

Chá de cebola: para que serve e como preparar Chá de cebola: para que serve e como preparar

Que tal aproveitar cascas, talos, sementes e caules de vegetais para fazer diferentes receitas na cozinha? O chá de cebola, em especial, é uma bebida...

> Leia mais
Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Escolher tipos de queijo mais saudáveis para comer no dia a dia é importante para reduzir o consumo de sódio e gorduras. A mozzarella de búfala, em especial,...

> Leia mais
Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Considerado um prato vegano bem leve e nutritivo, o macarrão de abobrinha é fácil de preparar e fica delicioso! Aqui, em vez de usar o espaguete comum, a...

> Leia mais
Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran é sinônimo de saúde e você precisa experimentar! Este é um dos tipos de aveia e faz parte de receitas culinárias mais saudáveis, como o preparo de...

> Leia mais
Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais