Como congelar os vegetais? Veja as melhores formas para armazenar os alimentos

Descubra as melhores formas para congelar vegetais no freezer. Essa técnica, quando feita da maneira correta, preserva e muito a qualidade dos alimentos.
Descubra as melhores formas para congelar vegetais no freezer. Essa técnica, quando feita da maneira correta, preserva e muito a qualidade dos alimentos.

Um dos principais fatores que contribuem para a qualidade dos alimentos é a forma de armazená-los no refrigerador. No grupo dos vegetais, por exemplo, existem diversas técnicas de congelamento que geram sobrevida aos ingredientes, deixando-os aptos para serem consumidos e reutilizados sem que, para isso, percam suas principais características nutritivas e, claro, de sabor.

De acordo com uma pesquisa da "Birds Eye", uma empresa americana especializada em vegetais congelados, entre o caminho inicial da colheita até o fornecedor, mais o tempo que ficam expostos nos supermercados, em cerca de duas semanas esses vegetais perdem entre 10% e 45% dos seus nutrientes. Por isso, quando congelamos um legume, por exemplo, naturalmente há uma eliminação de microrganismos na superfície do alimento. Com esse procedimento os vegetais mantêm suas cores, sabores e texturas, além dos nutrientes por muito mais tempo.

Qual é o melhor procedimento para congelar vegetais?

Entretanto, para congelar os vegetais, é necessário saber manuseá-los. Eles precisam estar extremamente limpos e descascados. Devem ser escaldados em água fervente ou no vapor, nunca deixar cozinhar totalmente e logo que retirar, mergulhar em água com gelo, com ajuda de um escorredor, dando assim, um choque térmico, em um processo denominado "branqueamento".

Procedimento básico - Congele os vegetais em porções pequenas, em sacos plásticos, tirando o máximo de ar possível. Nunca use o papel-alumínio para embalar, pois ele grudará no alimento. Para descongelar pode levar direto ao forno micro-ondas, sabendo que terá que cozinhar mais, já que eles sofreram apenas um préaquecimento.

OBS: Na verdade, todos os vegetais deveriam ser congelados após a colheita, mas como isso não é possível, porém, há alguma exceções como o tomate, o rabanete e o pepino. Já a batata, por exemplo, não pode ser congelada crua, pelo excesso de amido que ela contém. Veja abaixo uma lista completa de como armazenar cada alimento no freezer.

Vegetal por vegetal, veja como armazená-los no freezer

- Abóbora: Corte em pedaços e deixe cozinhar por 2 minutos. Ela pode ficar por até 6 meses armazenada.

- Abobrinha: Corte em rodelas ou em pedaços e congele crua. Pode ficar armazenada por até 6 meses.

- Acelga: Pique e branqueie a parte verde. Deixe cozinhar por 2 minutos. Já a parte branca, corte em pedaços e congele crua. Pode ficar por até seis meses congelada.

- Beterraba: Corte em rodelas e deixe cozinhar por 8 minutos. Pode ficar refrigerada por 8 meses.

- Berinjela: Cortar em rodelas de 1 cm e cozinhe por 4 minutos. Pode ficar armazenada por 8 meses.

- Brócolis: Deixar de molho por 10 minutos, em água com vinagre, e cozinhe, por 3 minutos, com água e sal. Fica armazenada por 12 meses.

- Cebola: Picada ou em rodelas, também pode ser congelada crua ou cozinhada por 2 minutos. Fica até 10 meses no freezer.

- Cenoura: Em rodelas ou cubos, branqueie de forma ralada. Pode ser armazenada crua ou cozinhe por 3 minutos. Fica 10 meses no freezer.

- Cogumelo: Deixe de molho por 5 minutos em água, limão e sal. Cozinhe de 3 a 5 minutos. Pode ficar armazenado em até 6 meses.

- Couve: Corte bem fina e jogue água fervente em cima. Dura até 6 meses.

- Couve-flor: Separe os buquês e cozinhe por 3 minutos com limão. Fica 8 meses na geladeira.

- Espinafre: Em folhas ou picado, cozinhe por 2 minutos. Fica 12 meses congelado.

- Mandioca: Apenas descascar e cortar. Não precisa branquear. Fica 6 meses na geladeira.

- Mandioquinha: Apenas descascar e cortar em pedaços. Cozinhe por 3 minutos. Dura 6 meses.

- Milho em espiga: Escaldar as espigas inteiras. Cozinhe por 5 minutos. Dura 8 meses.

- Milho em grãos: Cozinhe por 2 minutos. Dura 8 meses.

- Pimentão: Corte, tire as sementes e congele cru. Fica por 12 meses congelado.

- Quiabo: Cozinhe por 2 minutos. Dura 6 meses.

- Repolho branco ou roxo: Separe as folhas e cozinhe por 2 minutos. Dura 6 meses.

- Vagem: Cozinhe por 2 minutos. Dura 12 meses no freezer.

Receitas:
Cebola
Ver Mais

Últimas Matérias

6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo 6 carnes magras bovinas para incluir na dieta sem medo

Dependendo do tipo de corte e da forma de preparo, as carnes vermelhas podem ser grandes aliadas da nossa saúde! Elas são conhecidas por serem uma das...

> Leia mais
Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento Feijão-de-porco é comestível! Saiba para que serve o alimento

Presente no prato dos brasileiros, o feijão é uma de leguminosa altamente nutritiva (fonte de ferro, potássio, fibras e vitaminas) e rende ótimas receitas:...

> Leia mais
6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais