Ômega 3: Veja como esse nutriente é essencial para a saúde do nosso coração

Presente nos mais diversos alimentos, sobretudo peixes, grãos e sementes, o ômega 3 é um nutriente essencial para fortalecer a saúde do nosso coração. Estudos comprovam que o seu consumo regular previne os riscos de infartos e evita a aterosclerose (formação de placas nas artérias). Veja mais benefícios!
Presente nos mais diversos alimentos, sobretudo peixes, grãos e sementes, o ômega 3 é um nutriente essencial para fortalecer a saúde do nosso coração. Estudos comprovam que o seu consumo regular previne os riscos de infartos e evita a aterosclerose (formação de placas nas artérias). Veja mais benefícios!

Cuidar da saúde do coração é ter certeza de uma boa qualidade de vida. E, em relação a isso, poucos nutrientes são tão importantes em nossa alimentação quanto o ômega 3. Presente nos mais diversos alimentos, sobretudo em peixes, grãos e sementes, essa gordura boa é uma substância diretamente ligada à defesa de doenças cardíacas. Saiba mais sobre os poderes desse elemento para o bom funcionamento do nosso organismo.

De acordo com estudos recentes, publicados na revista americana JAMA Internal Medicine, o consumo de ômega 3 pode reduzir o risco de doenças cardíacas. Segundo os dados, o consumo desse nutriente está associado à diminuição de 10% de ataques cardíacos fatais. A nutricionista Paola Lisboa enfatiza a importância de ingerirmos alimentos fontes desse elemento em nosso dia a dia:

"Ômega 3 é um ácido graxo essencial, afinal, o organismo não consegue produzí-los sozinho. Existem inúmeros benéficos de serem consumidos como, por exemplo, ele ser um grande aliado do coração, pois diminui o colesterol, regula a pressão arterial, além de ser bom para cérebo, combatendo doenças como a depressão", enfatiza a profissional.


Como o ômega 3 age em nosso coração?

De maneira simplificada, o ômega 3 age de duas formas para beneficiar o sistema cardiovascular. Através de suas gorduras poli-insaturadas, "EPA" (ácido eicosapentaenóico), que reduz as atividades das plaquetas sanguíneas, prevenindo coágulos de sangue, e a "DHA" (ácido docosahexaenoico) que ajuda a evitar arritmias cardíacas, equilibrando a atividade elétrica no coração.


8 alimentos ricos em ômega 3 e seus benefícios gerais

Sardinha: O peixe de água salgada é fonte de cálcio, fósforo, potássio, ferro e magnésio. Além de beneficiar a saúde do coração, a sardinha também fortalece os ossos, beneficia a saúde dos olhos. Além disso, faz bem para a pele e para o cabelo, porque o peixe também rico em vitaminas A, do complexo B e D.

Atum: Fonte de proteínas, o atum é fonte de potássio, selênio e magnésio, além das vitaminas do complexo B que beneficiam a saúde cardiovascular. O peixe ajuda na melhora do humor, já que auxilia na produção de serotonina, e previne alguns tipos de câncer como ovários, pâncreas, esôfago, estômago e cólon.

Salmão: Saboroso e altamente nutritivo, esse peixe está no topo da lista quando o assunto é ômega 3. Além disso, é fonte de minerais como cálcio, ferro e potássio e de vitaminas A, B6, B12, C, D, que agem em prol da saúde muscular, fortalece os dentes e os ossos. Também beneficia o bem-estar dos cabelos e da pele, prevenindo o envelhecimento precoce.

Semente de linhaça: Um dos destaques das dietas, a linhaça é um grão extremamente rico em proteínas e fibras e está diretamente ligada à saúde do intestino. Possui propriedades antioxidantes e anticancerígenas que atuam no bem-estar geral do organismo, controlando o diabetes, auxiliando na redução do colesterol e equilibrando os hormônios do corpo.

Gergelim: Rico em ferro, o gergelim é um aliado à prevenção de anemia. Também é fonte de cálcio e magnésio, que ajudam a melhorar a respiração, prevenindo a asma e outras doenças respiratórias, além de aliviar dores de cabeça e enxaquecas. A semente também está ligada à saúde bucal, por ter ação antibacteriana.

Chia: Fonte de fibras e vitaminas, a chia está associada no controle de diabetes e no auxilio à saúde intestinal. Por ser rica em antioxidantes, ajuda a combater as ações dos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce e ajudando a reduzir a pressão arterial.

Ovos: Com uma lista grandiosa de benefícios, o ovo é fonte de ferro, fósforo, zinco, proteínas, manganês e vitaminas do complexo B, que ajudam a regular o cérebro, o sistema nervoso e cardiovascular. Também colabora na saúde dos olhos, reduzindo o risco de desenvolver a catarata, por exemplo.

Oleaginosas (nozes, castanhas e amêndoas): Possuem efeito anti-inflamatório e são fontes de gorduras boas, que protegem a saúde cardiovascular. Ricas em vitaminas e minerais, as oleaginosas são acrescidas às dietas pois proporcionam saciedade e impedem o consumo excessivo, a popular "gula".

* Paola Lisboa (CRN- 15100233) é nutricionista clínica e funcional e disponibiliza sua rede social para contato e outras informações: Facebook

Mais noticias com...
Receitas:
Ovo
Ver Mais

Últimas Matérias

Água de coco: como substitua a água em sucos

Água de coco: como substitua a água em sucos Água de coco: como substitua a água em sucos

A água de coco é uma bebida muito poderosa e aliada da alimentação saudável. Além de ser uma excelente opção para se hidratar, ela é um isotônico natural e...

> Leia mais
Snacks de até 100 calorias para a hora do lanche

Snacks de até 100 calorias para a hora do lanche Snacks de até 100 calorias para a hora do lanche

Seguir uma alimentação saudável não significa apenas ingerir menos calorias. A alimentação está intimamente ligada à nossa saúde e, por isso, uma dieta...

> Leia mais
Queijo minas, ricota e cottage: qual a diferença entre os tipos de queijo?

Queijo minas, ricota e cottage: qual a diferença entre os tipos de queijo? Queijo minas, ricota e cottage: qual a diferença entre os tipos de queijo?

Queijos são muito saborosos e fazem parte da dieta da maior parte das pessoas não-veganas. Eles podem aparecer em saladas, molhos, sanduíches, pratos quentes...

> Leia mais
Rúcula, espinafre e couve: os benefícios das verduras verde-escuras

Rúcula, espinafre e couve: os benefícios das verduras verde-escuras Rúcula, espinafre e couve: os benefícios das verduras verde-escuras

As verduras são parte fundamental em qualquer alimentação saudável. Elas têm poucas calorias e são ricas em vitaminas e minerais, mas são as folhas...

> Leia mais
Açaí: como aproveitar esse lanche de forma pouco calórica?

Açaí: como aproveitar esse lanche de forma pouco calórica? Açaí: como aproveitar esse lanche de forma pouco calórica?

O açaí é uma fruta original da Amazônia e rica em vitaminas e minerais, trazendo diversos benefícios para a saúde. Ela é muito popular em lanches por todo o...

> Leia mais
Frutos do mar: quais alimentos podemos incluir regularmente na alimentação?

Frutos do mar: quais alimentos podemos incluir regularmente na alimentação? Frutos do mar: quais alimentos podemos incluir regularmente na alimentação?

Não é segredo que os peixes são um alimento importante para a saúde e o bom funcionamento do organismo. Eles são uma excelente fonte de proteínas, além de...

> Leia mais
Propriedades da banana: o que cada tipo da fruta pode fazer pela sua saúde?

Propriedades da banana: o que cada tipo da fruta pode fazer pela sua saúde? Propriedades da banana: o que cada tipo da fruta pode fazer pela sua saúde?

Provavelmente você já ouviu falar das diferentes variedades da banana. Essa fruta - que traz inúmeros benefícios para a nossa saúde - tem muitos tipos,...

> Leia mais
Alimentos ricos em fibras: quais são os 7 melhores para incluir na dieta

Alimentos ricos em fibras: quais são os 7 melhores para incluir na dieta Alimentos ricos em fibras: quais são os 7 melhores para incluir na dieta

É conhecido que o corpo humano necessita de diversos nutrientes para funcionar corretamente. E, para manter a saúde e garantir esse bom funcionamento do...

> Leia mais
Lanches para comer antes e depois de malhar

Lanches para comer antes e depois de malhar Lanches para comer antes e depois de malhar

Muito se fala sobre a importância da alimentação para a manutenção da saúde e prevenção de doenças. Os alimentos que comemos são fonte de energia e...

> Leia mais
Ômega 3 e ômega 9: quais as diferenças entre os dois nutrientes?

Ômega 3 e ômega 9: quais as diferenças entre os dois nutrientes? Ômega 3 e ômega 9: quais as diferenças entre os dois nutrientes?

Você provavelmente já ouviu falar em ômega 3 e ômega 9. Eles estão presentes em diversos alimentos e, muitas vezes, estão destacados nas embalagens, que...

> Leia mais