Existe dieta ideal? Veja 4 aspectos essenciais para melhorar a sua alimentação!

Qual é a melhor dieta? Existe alguma alimentação específica para você? Em nossa constante busca por saúde, bem-estar e qualidade de vida, a verdade é que o que comemos está diretamente ligado com tudo aquilo que somos. Por isso, devemos sempre adaptar um cardápio cotidiano obedecendo a natureza do próprio organismo e, claro, as demandas individualizadas do dia dia, equilibrando as refeições da forma mais nutritiva possível.

Não tem jeito. Quando falamos em dieta, logo pensamos em restrições alimentares e aquele velho dilema do que se pode ou não comer. Mas, calma, não é bem assim. O termo "dieta" condiz com uma alimentação regrada e equilibrada, através dos nutrientes necessários para suprir as necessidades do corpo. Para nos explicar melhor, a nutricionista Giovana Morbi destacou pontos importantes que devemos ressaltar e, sobretudo, atender no caso de uma dieta saudável. Confira!

O que devemos levar em consideração na dieta?

1 - Conservar sua saúde física e mental: Em primeiro lugar, uma alimentação saudável e equilibrada deve contribuir positivamente no seu cotidiano. Ela deve te proporcionar bem-estar, inclusive para que você se sinta melhor e mais bem disposto para dar continuidade à dieta.

"Não adianta você perder 10 Kg em uma semana com uma dieta que te dê dor de cabeça, aquele mau hálito, dores estomacais, que te deixe irritado (a) ou qualquer outra coisa do tipo. Não adianta estar com uma boa aparência, mas com o corpo cheio de sintomas como esses. O ser humano se acostuma com tudo, inclusive a se sentir mal. Muitos acham normal ter uma dor de cabeça, dor de estômago ou se sentir angustiado (a) todos os dias da vida. Mas não é!", explica Giovana Morbi.

2 - Que preserve o corpo contra o envelhecimento precoce das células: Segundo a nutricionista, uma dieta saudável proporciona uma maior longevidade ao organismo, gerando mais saúde e disposição para os dias. "É importante ressaltar que se preocupar com o que você ingere, também é uma forma de amor próprio, já que uma boa alimentação visa uma vida sadia", destaca a profissional.

3 - Que regule os sinais de apetite e saciedade: Quando não levamos uma alimentação equilibrada, é comum sentirmos fome em horas inadequadas ou, logo após fazer uma refeição, o organismo acaba gastando mais energia do que o necessário para digerir o que comemos em excesso. "Se adaptarmos o nosso corpo com uma alimentação ideal, o organismo usará menos energia para a digestão, sem sobrecarregá-lo, podendo utilizar a energia para outras atividades", destaca Morbi.

4 - Traga sensação de bem-estar e forneça energia: Quando ingerimos os nutrientes necessários (principalmente vitaminas e sais mineirais) para o nosso organismo, automaticamente ficamos mais dispostos para realizar as nossas atividades, tornando assim os os dias mais leves e mais bem aproveitados. "Uma dieta saudável não deve ser levada por alguns dias... Não deve ser uma fase, e sim um estilo de vida. Garanto que é possível!", finaliza a profissional.

Ver mais: Alimentação saudável, Vitamina A, Vitamina C

Últimas matérias