Você sabe identificar alimentos contaminados? Aprenda a evitar a intoxicação

Uma boa forma de perceber que a comida estragou é ficar atento ao seu cheiro
Uma boa forma de perceber que a comida estragou é ficar atento ao seu cheiro

Intoxicação alimentar é um problema sério. Entre seus sintomas mais comuns estão dores e náuseas constantes, que podem levar alguns dias para passar. A melhor forma de evitar esse tipo de situação é aprendendo a identificar os alimentos contaminados, o que irá impedir que você os consuma e acabe passando mal depois. Como para cada um deles a dica é uma, nós separamos os principais para minimizar todos os riscos de você comer alguma coisa estragada.

Frutas não devem ter manchas, riscos e furos

Cada fruta possui uma característica diferente para mostrar o amadurecimento, por isso a a maneira de identificar que ela apodreceu também é diferente. Ainda assim, algumas dicas podem ser aplicadas em todos os casos. Áreas verdes de fungo, por exemplo, são um sinal claro, mas nem sempre é tão óbvio assim. De uma forma geral o ideal é observar manchas e riscos, que mostram que o alimento não está tão bom assim. Procure notar também se a fruta tem furinhos, pois eles podem significar que ela foi picada por um inseto. Outra dica é conhecer as características da fruta madura, porque se estiver muito diferente isso significa que ela não está própria para consumo.

Sinta o cheiro do leite para saber se ele azedou ou não

O leite é bem fácil de identificar, já que fica com um forte cheiro de azedo. Por isso, nada de colocar no copo e só perceber que ele passou do ponto quando sentir o sabor! De uma forma geral a bebida dura 3 dias depois de aberta na geladeira, mas isso pode variar caso você a tenha deixado do lado de fora algum tempo antes de guardar. Na dúvida vá pelo olfato.

Queijo estragado muda de textura

Além do leite temos o queijo, um de seus derivados. Nesse caso é preciso observar principalmente a sua textura. Se o queijo é branco e ficou amarelado, por exemplo, pode descartar. O mesmo vale para os firmes que ficam molengas ou o contrário. Além disso, se o queijo não for naturalmente mofado, como é o caso do gorgonzola, e uma mancha verde apareceu nem precisa pensar duas vezes: o alimento está contaminado e deve ir para o lixo.

Se o ovo boia ele está estragado

Esse é o alimento mais fácil de descobrir se está estragado ou não. Basta colocar o ovo em um copo de água. O correto é ele afundar, então se boiou pode descartar. Fique sempre atento à validade do alimento, porque como não o guardamos aberto é mais difícil identificar quando está estragado. Vale lembrar também que ele pode transmitir doenças bem perigosas, como é o caso da salmonella, por isso não tenha medo de jogar o ovo fora.

Carne vermelha está estragada quando muda de cor

O truque para a carne é olhar a sua cor, que deve estar bem avermelhada. Se o seu tom começou a mudar é melhor ficar atento, porque é possível que ela esteja estragada. Quando aparecem manchas escuras ou esverdeadas, então, é melhor jogar tudo fora. É bom lembrar que as carnes apodrecem muito rápido, então ou você as deixa no congelador para aumentar a sua vida útil ou então é melhor consumi-la em 2 ou 3 dias no máximo.

Peixes não devem ter um cheiro muito forte

Já o peixe, que naturalmente possui um cheiro forte, fica com um odor ainda mais acentuado. Além disso, quando ele passa do ponto escurece e seus olhos perdem o brilho característico. Por fim, confira a viscosidade do animal, porque se ela estiver muito diferente do normal é mais um sinal de que ele estragou.

Verduras e legumes mudam de cor ou de textura quando passaram do ponto

É bem fácil perceber que as verduras estragaram, porque suas folhas ficam amareladas e com manchas escuras. Já no caso dos legumes o ideal é seguir a mesma regra das frutas: veja se eles parecem muito diferentes de quando estão maduros, porque isso pode indicar que já passaram do ponto. Também tateie bem o alimento, procurando ver se ele está com alguma parte mole ou com manchas. Se for esse o caso, talvez seja melhor descartar o alimento.

Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Fruta-pão: conheça os benefícios desse alimento rico em vitaminas

Fruta-pão: conheça os benefícios desse alimento rico em vitaminas Fruta-pão: conheça os benefícios desse alimento rico em vitaminas

Você conhece a fruta-pão? Essa parente da jaca tem origem asiática, mas se adaptou muito bem ao solo do nosso país, e por isso é frequentemente encontrada no...

> Leia mais
Churrasco vegano: o que preparar para quem não consome nada de origem animal

Churrasco vegano: o que preparar para quem não consome nada de origem animal Churrasco vegano: o que preparar para quem não consome nada de origem animal

O churrasco não precisa ser uma ocasião excludente para os que não comem alimentos de origem animal. Se você quer receber bem amigos veganos, ou se você...

> Leia mais
Quer comer melhor? Nutricionista dá dicas para montar um cardápio mais saudável

Quer comer melhor? Nutricionista dá dicas para montar um cardápio mais saudável Quer comer melhor? Nutricionista dá dicas para montar um cardápio mais saudável

Por mais que todo mundo diga que passar a ter uma alimentação saudável é algo muito importante, para algumas pessoas não é tão simples assim. Isso porque,...

> Leia mais
Animais de estimação também podem melhorar a nossa saúde física! Entenda

Animais de estimação também podem melhorar a nossa saúde física! Entenda Animais de estimação também podem melhorar a nossa saúde física! Entenda

Quem tem animais de estimação em casa sabe bem o quanto sua presença e companhia são prazerosas e benéficas para o bem-estar. Eles despertam nos donos...

> Leia mais
6 tipos de salada que vão te ajudar a variar no cardápio diário

6 tipos de salada que vão te ajudar a variar no cardápio diário 6 tipos de salada que vão te ajudar a variar no cardápio diário

Que as saladas devem fazer parte da nossa dieta diária todo mundo sabe. A grande questão é que algumas pessoas não gostam de comer a mesma coisa todos os...

> Leia mais
Você conhece o crudivorismo? Saiba 4 mitos e verdades sobre essa alimentação

Você conhece o crudivorismo? Saiba 4 mitos e verdades sobre essa alimentação Você conhece o crudivorismo? Saiba 4 mitos e verdades sobre essa alimentação

Na busca por uma alimentação saudável e equilibrada, sempre surgem novas dietas e métodos para maior consumo dos nutrientes. E a alimentação crudívora passou...

> Leia mais
As ervas medicinais que você deve passar a consumir para viver melhor

As ervas medicinais que você deve passar a consumir para viver melhor As ervas medicinais que você deve passar a consumir para viver melhor

Adeptos da fitoterapia - que usa determinadas plantas para obter medicamentos - sabem o poder das ervas. Afinal, muitas delas possuem propriedades medicinais...

> Leia mais
5 pimentas de pouca ardência para quem quer se acostumar com o sabor picante

5 pimentas de pouca ardência para quem quer se acostumar com o sabor picante 5 pimentas de pouca ardência para quem quer se acostumar com o sabor picante

Por mais que o sabor picante da pimenta assuste muita gente, há uma quantidade enorme de pessoas que ama o condimento e faz de tudo para colocá-lo em todos...

> Leia mais
Nutrição ortomolecular: o que é e quais as suas diferenças para a tradicional

Nutrição ortomolecular: o que é e quais as suas diferenças para a tradicional Nutrição ortomolecular: o que é e quais as suas diferenças para a tradicional

Se você está cogitando ir a um nutricionista, já parou para pensar que a especialidade do profissional escolhido pode fazer toda a diferença no resultado...

> Leia mais
Você sabe fazer chá? Médico dá dicas para tornar o seu preparo mais saudável

Você sabe fazer chá? Médico dá dicas para tornar o seu preparo mais saudável Você sabe fazer chá? Médico dá dicas para tornar o seu preparo mais saudável

Amantes de chá sabem que quando não temos um pacotinho com a gente a infusão de ervas naturais surge como uma mão na roda. Mas o que você talvez nem faça...

> Leia mais