Você conhece a dieta Fodmap? Saiba seu cardápio e como ela funciona

Alguns dos exemplos de
Alguns dos exemplos de "Fodmaps" são alimentos derivados do trigo, frutas e leguminosas
Jéssica Pimentel

Consultor:

Jéssica Pimentel

Graduada pela Universidade Federal Fluminense (UFF), atualmente faz pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional pela VP - Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)

É possível que você nunca tenha ouvido falar ou não conheça a dieta Fodmap, mas já tenha desenvolvido alguns dos sintomas que são tratados por ela. Na verdade, "Fodmap" é uma sigla em inglês que classifica os alimentos mais fermentáveis (F) da família de carboidratos - conhecidos como oligossacarídeos (O), dissacarídeos (D), monossacarídeos (M) e polióis (P), ou seja, os Fodmaps. Esses carboidratos são encontrados em diversas frutas, legumes e grãos que, dependendo da sensibilidade do nosso organismo, podem gerar inchaços no estômago, cólicas, flatulência excessiva e até distensão abdominal. Para entender melhor sobre como a dieta Fomap funciona e trata esses sintomas, nós conversamos com a nutricionista Jéssica Pimentel. Dá uma olhada!

Como funciona a dieta Fodmap?

De acordo com a nutricionista, "A dieta Fodmap (ou Low Fodmap) é uma estratégia, um tipo de protocolo, em que se retira os alimentos que possuem esses carboidratos fermentáveis (conhecidos como Fodmaps) por serem de difícil digestão para algumas pessoas. Assim, seu objetivo visa a melhora e o alívio dos sintomas pela ingestão de Fodmaps bem como identificar as sensibilidades alimentares de cada um".

Qual é o cardápio da dieta Fodmap?

O cardápio da dieta Fodmap se baseia nas particularidades do nosso organismo, descartando os alimentos altamente fermentados pelas bactérias do intestino (isto é, de difícil absorção) e minimizando possíveis desconfortos ou problemas gastrointestinais.

Segundo a nutricionista, "os alimentos mais comuns que vão estimular essa fermentação são as leguminosas (feijão, lentilha, grão de bico e soja), leite, trigo e hortaliças brássicas como couve, couve-flor e brócolis. Outros alimentos que também vão possuir um caráter mais fermentativo são: cebola, alho, repolho, xarope de milho, mel, maçã, melancia, adoçante xilitol e eritritol, castanha de caju, pistache e carnes processadas", explica.

De acordo com Jéssica Pimentel, o primeiro passo da dieta deve ser excluir boa parte desses alimentos. Depois, ela reintroduz alguns deles - com o objetivo de observar quais, de fato, geram a fermentação e desenvolvem os sintomas - seguindo, assim, o tratamento.

É importante ressaltar, no entanto, que isso deve ser feito com um acompanhamento médico e que esses alimentos não são os vilões da nossa dieta. Logo, a especialista complementa: "Nós precisamos de vários nutrientes que esses alimentos possuem, como por exemplo as fibras prebióticas que são importantes para o nosso intestino". Lembrando que esse tipo de nutriente é encontrado em poucos alimentos naturais, como alho, cebola e banana verde.

Quais as vantagens e desvantagens da dieta Fodmap?

A dieta Fodmap é indicada principalmente para as pessoas que possuem o estômago sensível ou sofrem da Síndrome do Instestino Irritável (SII) ou Síndrome do Cólon Irritável (SCI). "Ela vai melhorar a saúde intestinal, diminuindo o crescimento das bactérias maléficas e aumentando o número e a diversidade de bactérias benéficas para colonizar nosso intestino e assim garantir mais saúde", explica a nutricionista.

Mesmo assim, ela complementa explicando que a dieta também tem os seus malefícios: "O protocolo Fodmaps não é um estilo de vida, é uma intervenção dietética. Por isso, ele pode ser feito por um período de no máximo 8 semanas ou pode levar ao risco de desequilíbrio nutricional e promover desordens alimentares". Por isso, é essencial o acompanhamento de um especialista!

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Obtido através do processo de fermentação - no qual são usadas bactérias benéficas na produção -, o leite fermentado é uma bebida altamente nutritiva que...

> Leia mais
Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Quando o bebê fica com dificuldade de evacuar, é bem comum surgirem sintomas como irritabilidade, dor e inchaço abdominal. Por isso, é muito importante tomar...

> Leia mais
Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Para evitar a contaminação de cisticercose no organismo - doença normalmente atribuída à carne de porco e causada pela ingestão dos ovos de microrganismos...

> Leia mais
Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Pertencente ao grupo das oleaginosas (ou frutos secos), a noz-pecã é considerada um alimento bem nutritivo e pode ser usada em diferentes receitas: tortas,...

> Leia mais
O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na...

> Leia mais
Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Quem nunca assistiu a algum filme engraçado ou emocionante e ficou com um sorriso no rosto depois? As produções audiovisuais (filmes, séries, vídeos etc.)...

> Leia mais
Os alimentos com potássio e magnésio e por que essa combinação é poderosa

Os alimentos com potássio e magnésio e por que essa combinação é poderosa Os alimentos com potássio e magnésio e por que essa combinação é poderosa

Conhecidos por desempenharem funções importantes no nosso organismo, o magnésio e o potássio são os minerais mais abundantes entre os 12 elementos da família...

> Leia mais
4 ideias de receitas com goiabada para aproveitar os nutrientes da fruta

4 ideias de receitas com goiabada para aproveitar os nutrientes da fruta 4 ideias de receitas com goiabada para aproveitar os nutrientes da fruta

Rica em vitamina C, cálcio, potássio e muitos outros nutrientes, a goiaba é uma das frutas mais utilizadas no preparo de sobremesas! É com ela que fazemos a...

> Leia mais
Para que serve a espinheira-santa e as melhores forma de consumi-la

Para que serve a espinheira-santa e as melhores forma de consumi-la Para que serve a espinheira-santa e as melhores forma de consumi-la

Nativa da região sul do Brasil, a espinheira-santa é uma planta medicinal conhecida por auxiliar no tratamento de gastrite e outros problemas do trato...

> Leia mais
Os alimentos que ajudam a engravidar por aumentarem a sua fertilidade

Os alimentos que ajudam a engravidar por aumentarem a sua fertilidade Os alimentos que ajudam a engravidar por aumentarem a sua fertilidade

Você sabia que ter uma alimentação saudável, rica em frutas, verduras e legumes, é uma das principais recomendações médicas para as mulheres que desejam...

> Leia mais