Vitamina K: Onde podemos encontrá-la? Saiba mais sobre esse nutriente!

A vitamina K pode ser encontrada nos mais diversos alimentos, principalmente em verduras. Veja as melhores opções e como ela age em nosso organismo!
A vitamina K pode ser encontrada nos mais diversos alimentos, principalmente em verduras. Veja as melhores opções e como ela age em nosso organismo!

Muito se fala na importância das vitaminas A, B, C e D para a nossa vida, mas, e a vitamina K, você já ouviu falar? Mais um elemento fundamental dos complexos vitamínicos, essa substância, encontrada nos mais diversos alimentos, é um fonte poderosa para mantermos o corpo em dia, principalmente em relação à boa coagulação do sangue no organismo. Descubra as melhores fontes de vitamina K, como elas agem, e seus benefícios à saúde!

A vitamina K é altamente conhecida por atuar na coagulação do sangue, prevenindo hemorragias, acelerando o processo de cicatrização e evitando o desenvolvimento de tumores e doenças cardiovasculares. Segundo a nutricionista Sheila Basso, o nutriente pode ser encontrado em óleos vegetais e hortaliças, que são fontes predominantes da substância:

"A vitamina K está bem distribuída na natureza, principalmente em verduras como couve, espinafre, brócolis, repolho e folhas de nabo, em quantidade acima de 300 µg/100g. Está presente na maioria dos óleos de origem vegetal, principalmente soja e canola, em quantidade acima de 100µg/100g", explica a profissional destacando a quantidade presente em cada um dos alimentos:

- Espinafre: 380 microgramas em 100g

Consumo indicado: 3 colheres de sopa (60g)

- Couve: 440 microgramas em 100g

Consumo indicado: 1 colher de servir (42g)

- Repolho: 145 microgramas em 100g

Consumo indicado: 5 colheres de sopa (75g)

- Brócolis: 180 microgramas em 100g

Consumo indicado: 4 colheres de sopa (60g)

- Alface: 122 microgramas em 100g

Consumo indicado: 4 folhas (40g)

- Óleo de soja: 193 microgramas em 100g

Consumo indicado: 1 colher de sopa (8g)

- Óleo de canola: 127 microgramas em 100g

Consumo indicado: 1 colher de sopa (8g)

Confira a ingestão recomendada de vitamina K:

0-6 meses: 2,0 microgramas

7-12 meses: 2,5 microgramas

1-3 anos: 30 microgramas

4-8 anos: 55 microgramas

9-13 anos: 60 microgramas

14-18 anos: 75 microgramas

19-30 anos: 90 microgramas (mulheres) e 120 microgramas (homens)

31-50 anos: 90 microgramas (mulheres) e 120 microgramas (homens)

50-70 anos: 90 microgramas (mulheres) e 120 microgramas (homens)

Mais de 70 anos: 90 microgramas (mulheres) e 120 microgramas (homens)

- Gestantes:

19-30 anos: 90 microgramas

31-50 anos: 90 microgramas

- Lactação:

Menos de 18 anos: 75 microgramas

19-30 anos: 90 microgramas

Vitamina K para os ossos: Veja como o nutriente atua!

Além dos seus benefícios para o processo de coagulação do sangue, o consumo regular da vitamina K pode tornar os ossos saudáveis e fortes, já que auxilia na fixação do cálcio, acontecendo assim a biodisponibilidade entre as substâncias. A vitamina K e o cálcio juntos se tornam responsáveis para evitar a osteoporose, repor os nutrientes e auxiliar na manutenção e desenvolvimento dos ossos e dentes.

A deficiência da vitamina K no organismo: Entenda os riscos!

O segredo de uma alimentação equilibrada e de um organismo saudável é a ingestão correta de nutrientes, cada um na sua quantidade recomendada. Com a vitamina K não seria diferente, por isso, a nutricionista Sheila Basso alerta:

"A deficiência de vitamina k resulta no prolongamento do tempo de protrombina (proteína plasmática) e, eventualmente, na doença hemorrágica, como resultado da diminuição de síntese de proteínas de coagulação sanguínea dependentes de vitamina K. Resumindo, a sua carência pode levar a processos hemorrágicos, pois a coagulação do sangue leva mais tempo para ocorrer", finaliza a profissional.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Mais noticias com...
Receitas:
Couve
Ver Mais

Últimas Matérias

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta 6 benefícios do hibisco e como acrescentá-lo de diferentes formas na dieta

Muito usado no preparo de chás terapêuticos, o hibisco é um tipo de planta medicinal que traz vários benefícios à saúde. Suas flores são bem aromáticas - por...

> Leia mais
O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais