Vitamina D engorda? É vitamina mesmo? Veja 5 mitos e verdades do nutriente

Alimentos fontes de vitamina D - como peixes, ovos, cogumelos, leites e derivados - são importantes para a saúde dos ossos e músculos
Alimentos fontes de vitamina D - como peixes, ovos, cogumelos, leites e derivados - são importantes para a saúde dos ossos e músculos
Caroline Codonho

Consultor:

Caroline Codonho

Formada no Centro Universitário São Camilo, tem 3 pós-graduações: Saúde da Família e Comunidade (IEP Albert Einstein), Fisiologia e Metabolismo Aplicados a Nutrição e Atividade Física (ICB-USP) e Nutrição Clínica Funcional e Fitoterapia (VP/ UNICSUL)

Importante para a saúde dos ossos e músculos, a vitamina D é considerada um nutriente imprescindível para a saúde. Ela está presente em alimentos como peixes (salmão, sardinha e atum), ovos, cogumelos, leites e derivados. Mas será que apenas a alimentação é suficiente para suprir os níveis desse nutriente? Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Caroline Codonho, que contou mais sobre os mitos e verdades da vitamina D. Confira!

1. Vitamina D pode ser considerada um hormônio - VERDADE

Existem estudos que demonstram que a vitamina D - por conta de suas funções no nosso organismo - não pertence ao grupo das vitaminas. Mas será que isso é verdade? A nutricionista Caroline Codonho esclarece bem essa polêmica: "A vitamina D é um nutriente com grande espectro de atuação e, hoje, é caracterizada como hormônio, devido a sua complexidade de ações. Mesmo com sua incrível atuação, ela ainda segue classificada como vitamina por muitos especialistas. No entanto, seus efeitos metabólicos ocorrem de maneira muito semelhante a dos hormônios", explica.

2. Vitamina D pode causar aumento de peso - MITO

Algumas pessoas pensam que a deficiência de vitamina D pode, de certa forma, fazer com que as pessoas engordem. De acordo com a nutricionista, essa é uma ideia equivocada. "Devido a sua complexidade de benefícios, a deficiência de vitamina D não tem relação direta com o aumento de peso, mas ela tem influência em inúmeros processos orgânicos como: saúde cerebral, prevenção de desordens afetivas sazonais (depressão no inverno europeu por deficiência de vitamina D) e saúde óssea", afirma Caroline.

3. Basta ter uma alimentação adequada para ter bons níveis de vitamina D - MITO

Engana-se quem pensa que, para ter bons níveis de vitamina D no organismo, basta ter uma boa alimentação. De acordo com médicos, a exposição aos raios solares é fundamental nesse quesito, pois a absorção de vitamina D é ativada justamente pela ação do sol. A nutricionista Caroline afirma que os dois pontos são importantes. "É possível garantir bons níveis através da alimentação e exposição solar. Alimentos como ovos, leite e derivados são ricos em vitamina D e devem fazer parte de uma dieta saudável", recomenda a profissional.

4. Falta de vitamina D pode causar fraqueza nos ossos - VERDADE

Você já deve ter ouvido falar que a vitamina D é importante para a saúde dos ossos. E, de fato, essa afirmação é verdadeira! O consumo desse nutriente está diretamente ligado à prevenção de diversas doenças, como afirma a nutricionista: "Deficiência de vitamina D pode causar osteopenia, osteoporose, osteomalácia, aumento na chance de hipertensão e síndrome metabólica. Esse nutriente é importante para a prevenção de diversos tipos de câncer (próstata, pâncreas, mama, ovário, cólon) e da depressão sazonal que ocorre no inverno de países com pouca incidência de luz solar", comenta.

5. Vitamina D pode ser prejudicial aos rins - MITO

Caso a pessoa exagere no consumo diário de vitamina D (através de suplementos, por exemplo) isso pode causar um desequilíbrio no organismo - acarretando diferentes doenças e problemas. No entanto, de acordo com a nutricionista, a vitamina D não pode ser considerada prejudicial à saúde. "Na verdade, o risco de prejuízo renal é causado pelo excesso de cálcio e fosfato associado ao aumento significativo de vitamina D (acima de 200 nanogramas/ ml). Esse excesso de cálcio e fosfato é que podem causar calcificação renal e aumentar o risco de cálculos. A vitamina D isoladamente não é prejudicial aos rins", finaliza Caroline.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais
Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia Masala chai: 4 receitas para se sentir na Índia

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante, não é mesmo? Afinal, cada tipo de gastronomia segue uma linha e usa temperos...

> Leia mais
Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa Os benefícios do leite fermentado e como fazer essa bebida em casa

Obtido através do processo de fermentação - no qual são usadas bactérias benéficas na produção -, o leite fermentado é uma bebida altamente nutritiva que...

> Leia mais
Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema Bebê com dificuldade de evacuar: o que fazer? As formas de resolver o problema

Quando o bebê fica com dificuldade de evacuar, é bem comum surgirem sintomas como irritabilidade, dor e inchaço abdominal. Por isso, é muito importante tomar...

> Leia mais
Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável Como fazer carne de porco? Aprenda a prepará-la de forma saudável

Para evitar a contaminação de cisticercose no organismo - doença normalmente atribuída à carne de porco e causada pela ingestão dos ovos de microrganismos...

> Leia mais
Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela Noz-pecã tem benefícios ligados à saúde cardiovascular! Saiba mais sobre ela

Pertencente ao grupo das oleaginosas (ou frutos secos), a noz-pecã é considerada um alimento bem nutritivo e pode ser usada em diferentes receitas: tortas,...

> Leia mais
O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na...

> Leia mais
Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar Filmeterapia: conheça 5 filmes que promovem bem-estar

Quem nunca assistiu a algum filme engraçado ou emocionante e ficou com um sorriso no rosto depois? As produções audiovisuais (filmes, séries, vídeos etc.)...

> Leia mais