Treinando para uma maratona? Inspire-se em 3 histórias de conquista em corridas

Superar limites é a principal motivação de quem começa a treinar para participar de uma corrida
Superar limites é a principal motivação de quem começa a treinar para participar de uma corrida

Quem decide participar de uma maratona não está apenas se dedicando a uma atividade física, mas também desafiando seus próprios limites. É que, para se preparar para o exercício e cumprir o objetivo, é preciso total dedicação - muitos treinos, hábitos alimentares saudáveis e foco para não desistir antes do final do trajeto.

Pensando nisso, e para inspirar quem considera a possibilidade de fazer essa atividade, conversamos com três pessoas que estabeleceram metas para participar desses desafios. Vanda Macedo, de 56 anos, na maratona; Felipe Guimarães, de 29, na meia maratona; e Beatriz Jaccomassi, de 26, em corrida de rua - com planos de fazer uma maratona quando tiver mais treino. Conheça essas histórias de conquista:

Treino e planejamento para participar de maratona ajudaram Vanda Macedo a focar nas metas

Depois de participar de duas meia maratonas e gostar do desafio, Vanda Macedo, de 56 anos, resolveu se desafiar ainda mais e arriscar uma maratona completa! Muito ligada aos esportes, ela além de correr também nadava e pedalava. Por isso, dar esse passo era o que parecia faltar para que pudesse ultrapassar seus próprios limites.

Focada, Vanda conta que procurou as ajudas necessárias para se preparar assim que decidiu fazer a maratona: "Procurei uma assessoria para treinar com foco na maratona, e também uma nutricionista para me orientar na alimentação", explicou. A dificuldade maior era nos finais de semana, quando precisava treinar sozinha, sem o auxílio de qualquer profissional.

Depois do primeiro passo, ela viu que levava jeito e já concluiu mais duas maratonas, além de continuar se preparando por fora para continuar em forma. "Continuei correndo com a ajuda do meu coach. De lá para cá foram mais duas maratonas, várias meias de asfalto e trail, que é a corrida em trilha", diz.

Para ela, além da satisfação pessoal de fazer o que gosta, uma das maiores conquistas que vem junto com a maratona é o aprendizado e um melhor equilíbrio mental. "Aprendi que com planejamento todos somos capazes de atingir nossas metas, e adquiri uma força mental que tenho até hoje. Aprendi a vencer quilômetro por quilômetro, treino por treino, e a focar nas metas", afirma.

Conhecer o corpo e os próprios limites são os principais aprendizados que Felipe Guimarães tirou da meia maratona

O engenheiro químico Felipe Guimarães decidiu fazer uma meia maratona para cumprir um desafio pessoal. Apesar de sempre ter sido ligado a esportes - como futebol e natação, que praticou durante um tempo -, ele conta que decidiu começar a correr para mostrar para ele mesmo que era possível. "O que me impulsionou foi esse desafio de mostrar eu era capaz de completar meia maratona, o sentimento de superação e o prazer que a corrida oferece", conta.

O rapaz de 29 anos começou a correr em 2012 e, desde então, faz uma meia maratona de 21 km uma vez por ano. Para ele, além de ser um percurso prazeroso e desafiador ao mesmo tempo, o aprendizado que fica depois do processo é o que mais vale. "Com a meia maratona, você aprende a conhecer seu corpo e seus limites, além de desenvolver persistência e não desistir em qualquer adversidade!", afirma, orgulhoso.

E para quem tem vontade de testar os próprios limites e fazer esse tipo de desafio, Felipe ressalta que o preparo mental é tão importante quanto a preparação física e uma boa alimentação. "É essencial estar comprometido mentalmente para que a queda de rendimento durante a prova não te force a desistir no meio do caminho", finaliza.

Beatriz Jaccomassi despertou o desejo da maratona depois de participar da corrida de São Silvestre

Após participar de atividades como lutas, dança e musculação, a estudante de Direito Beatriz Jaccomassi entrou no mundo das corridas de rua. Ela conta que a atividade entrou por acaso em sua vida, durante um período de mudanças. "Me inscrevi em uma corrida só para mulheres e, depois de participar da primeira, coloquei como meta de final de ano completar a São Silvestre, que é uma das corridas mais famosas do Brasil", diz.

Seus primeiros desafios foram corridas de rua de 5 km, que a fizeram perceber que seria preciso treinar mais para só então participar da São Silvestre. Assim, para conseguir esse objetivo, a jovem se matriculou em uma academia e resolveu se consultar com uma nutricionista para seguir uma alimentação regrada.

Criar novos hábitos e seguir a planilha de treinos foi o mais difícil durante o processo, mas o esforço valeu a pena. "Conseguir completar a São silvestre me deu a sensação de dever cumprido e me provou que eu era capaz de correr atrás dos meus objetivos e alcançá-los. Autoconhecimento e realização pessoal foram os meus maiores aprendizados depois do processo", revela.

E se engana quem pensa que a estudante parou por aí: depois de ver que é possível ela tem o objetivo de ir ainda mais longe! "Pretendo voltar a treinar em breve e me preparar para uma outra aventura. Quem sabe completar a meia maratona do Rio de Janeiro ou uma maratona a longo prazo?", conta.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 alimentos que causam afta para comer sem exageros

5 alimentos que causam afta para comer sem exageros 5 alimentos que causam afta para comer sem exageros

Muita gente acha que as aftas são causadas apenas por machucados ou mordidas acidentais nos lábios. Só que a alimentação tem muito a ver com esse problema,...

> Leia mais
Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Receber os amigos em casa é sempre algo divertido, né? Mas para que o encontro seja ainda mais agradável, nada melhor que preparar um lanchinho ou uma mesa...

> Leia mais
5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar 5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

A chegada do outono é sempre gostosa, né? A estação traz consigo uma temperatura mais amena e um climinha ótimo para fazer um pouco de tudo - ficar em casa...

> Leia mais
Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Você já ouviu falar no abrótano? De nome científico Artemisia abrotanum, essa planta medicinal é muito usada no preparo de chás. Ela é originária da Ásia,...

> Leia mais
Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Existem algumas receitas saborosas - como frituras e doces - que acabam sendo muito calóricas e maléficas para o organismo. Isso porque elas são fontes de...

> Leia mais
Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Para quem é vegano ou vegetariano é muito importante incluir leguminosas no cardápio diário. Elas são fontes importantes de ferro, proteínas e garantem uma...

> Leia mais
Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Pertencente ao universo das plantas medicinais, a unha de gato é uma erva muito usada em tratamentos fitoterápicos - sendo consumida em forma de chá ou...

> Leia mais
Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Com que frequência você bebe refrigerante? No caso da cineasta Nathália Souza, de 26 anos, a resposta é "todos os dias". "Na época de faculdade bebia de duas...

> Leia mais
Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Você já deve ter ouvido falar sobre a importância de tomar sol. Afinal, a exposição aos raios solares ativa a produção de vitamina D que, por sua vez,...

> Leia mais
Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante. As comidas coreanas, em especial, vêm se popularizando bastante no Brasil -...

> Leia mais