Tomar banho após a refeição faz mal? Saiba o que fazer!

Tomar banho após a refeição faz mal? Depende. Apesar dessa crença popular ter seus fundamentos, uma chuveirada morna também é boa para a melhorar a digestão do nosso organismo.
Tomar banho após a refeição faz mal? Depende. Apesar dessa crença popular ter seus fundamentos, uma chuveirada morna também é boa para a melhorar a digestão do nosso organismo.

Quem nunca ouviu falar que nós não devemos tomar banho, molhar a cabeça, entrar no mar ou na piscina logo após uma refeição? Pois é, diferente de muitos outros sensos comuns que costumamos escutar no dia a dia – como aquele que beber leite e comer manga ao mesmo tempo faz mal – essa tese tem sim fundamentos lógicos, apesar de carregar o "exagero" da maioria das crenças populares.

Na verdade, poder tomar banho após uma refeição depende de diversos fatores. Segunda a nutricionista Sara Bortoluz, alguns pontos precisam ser levados em consideração: a quantidade de comida ingerida, a temperatura da água, o tipo de banho a ser tomado (imersão ou chuveiro) e a intensidade dos exercícios a serem feitos, pois nosso estômago precisa de uma maior quantidade de sangue para realizar o processo de digestão dos alimentos.

"Cabe a cada um ter consciência do quanto comeu, se exagerou ou não, e o que fará logo após as refeições. Um banho de chuveiro, por exemplo, em temperatura ambiente logo após uma refeição, não causa mal algum, uma vez que o corpo terá condições de conciliar suas funções durante a digestão, como se manter aquecido, irrigar o sangue por todos os músculos e digerir o que foi consumido. Agora, se entrarmos na piscina ou no mar de água gelada e nadarmos com uma intensidade elevada, nosso organismo precisará regular a temperatura do corpo e também mandar sangue para que os demais músculos sejam capazes de realizar suas funções", disse a especialista, enfatizando:

"O aumento dos batimentos cardíacos, por causa do esforço, impede que o sangue seja destinado a apenas uma função – a digestão. Além disso, quanto maior a quantidade de comida ingerida, maior a quantidade de sangue necessária para realizar a digestão. Com isso, o alimento fica por um tempo maior no estômago e no intestino. Dificultando-se o processo digestivo, a pessoa pode sentir enjoo, náuseas, suor frio e distensão abdominal", finalizou.

Recomendação: O que devemos fazer?

Para cair na piscina e mergulhar, o tempo seguro varia de uma a duas horas após a refeição, dependendo do tipo de alimento ingerido. Em caso de indigestão, é necessário repousar. Caso sinta azia, sais de frutas ou, até mesmo uma ameixa são recomendados para auxiliar na digestão. Mas em situações mais graves, o atendimento médico deve ser procurado.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais