Tomar banho após a refeição faz mal? Saiba o que fazer!

Tomar banho após a refeição faz mal? Depende. Apesar dessa crença popular ter seus fundamentos, uma chuveirada morna também é boa para a melhorar a digestão do nosso organismo.
Tomar banho após a refeição faz mal? Depende. Apesar dessa crença popular ter seus fundamentos, uma chuveirada morna também é boa para a melhorar a digestão do nosso organismo.

Quem nunca ouviu falar que nós não devemos tomar banho, molhar a cabeça, entrar no mar ou na piscina logo após uma refeição? Pois é, diferente de muitos outros sensos comuns que costumamos escutar no dia a dia – como aquele que beber leite e comer manga ao mesmo tempo faz mal – essa tese tem sim fundamentos lógicos, apesar de carregar o "exagero" da maioria das crenças populares.

Na verdade, poder tomar banho após uma refeição depende de diversos fatores. Segunda a nutricionista Sara Bortoluz, alguns pontos precisam ser levados em consideração: a quantidade de comida ingerida, a temperatura da água, o tipo de banho a ser tomado (imersão ou chuveiro) e a intensidade dos exercícios a serem feitos, pois nosso estômago precisa de uma maior quantidade de sangue para realizar o processo de digestão dos alimentos.

"Cabe a cada um ter consciência do quanto comeu, se exagerou ou não, e o que fará logo após as refeições. Um banho de chuveiro, por exemplo, em temperatura ambiente logo após uma refeição, não causa mal algum, uma vez que o corpo terá condições de conciliar suas funções durante a digestão, como se manter aquecido, irrigar o sangue por todos os músculos e digerir o que foi consumido. Agora, se entrarmos na piscina ou no mar de água gelada e nadarmos com uma intensidade elevada, nosso organismo precisará regular a temperatura do corpo e também mandar sangue para que os demais músculos sejam capazes de realizar suas funções", disse a especialista, enfatizando:

"O aumento dos batimentos cardíacos, por causa do esforço, impede que o sangue seja destinado a apenas uma função – a digestão. Além disso, quanto maior a quantidade de comida ingerida, maior a quantidade de sangue necessária para realizar a digestão. Com isso, o alimento fica por um tempo maior no estômago e no intestino. Dificultando-se o processo digestivo, a pessoa pode sentir enjoo, náuseas, suor frio e distensão abdominal", finalizou.

Recomendação: O que devemos fazer?

Para cair na piscina e mergulhar, o tempo seguro varia de uma a duas horas após a refeição, dependendo do tipo de alimento ingerido. Em caso de indigestão, é necessário repousar. Caso sinta azia, sais de frutas ou, até mesmo uma ameixa são recomendados para auxiliar na digestão. Mas em situações mais graves, o atendimento médico deve ser procurado.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

4 receitas fitness simples e baratas para ter uma dieta mais saudável

4 receitas fitness simples e baratas para ter uma dieta mais saudável 4 receitas fitness simples e baratas para ter uma dieta mais saudável

Ao contrário do que muita gente pensa, é possível sim ter uma dieta fitness (com pouca gordura e vegetais variados) de forma prática e sem gastar muito....

> Leia mais
O que é calistenia? 7 exercícios para fazer em casa

O que é calistenia? 7 exercícios para fazer em casa O que é calistenia? 7 exercícios para fazer em casa

Se você está procurando um exercício físico bem prático e eficiente para realizar em casa, veio ao lugar certo! A calistenia, para quem não conhece, consiste...

> Leia mais
Frutas com A: conheça aquelas batizadas com a primeira letra do alfabeto

Frutas com A: conheça aquelas batizadas com a primeira letra do alfabeto Frutas com A: conheça aquelas batizadas com a primeira letra do alfabeto

Sucos, smoothies, vitaminas, geleias, compotas, bolos, mousses, saladas e diferentes doces... São inúmeras as possibilidades de receitas que podem ser feitas...

> Leia mais
Os benefícios da serralha, planta medicinal rica em vitaminas

Os benefícios da serralha, planta medicinal rica em vitaminas Os benefícios da serralha, planta medicinal rica em vitaminas

A serralha é um tipo de PANC (planta alimentícia não convencional) que pode trazer vários benefícios à saúde, pois tem alto teor de ferro, vitaminas,...

> Leia mais
Como fortalecer o pulmão? 6 alimentos bons para o seu funcionamento

Como fortalecer o pulmão? 6 alimentos bons para o seu funcionamento Como fortalecer o pulmão? 6 alimentos bons para o seu funcionamento

Ter um estilo de vida saudável, com uma boa alimentação atrelada à prática regular de exercícios físicos, é muito importante para garantir a saúde pulmonar....

> Leia mais
Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana

Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana

Também chamada de gotu kola, pegaga e antanan, a centella asiática é uma planta medicinal de origem indiana muito usada pela medicina ayurvédica - ótima para...

> Leia mais
Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro

Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro

Você sabia que é possível fazer xaropes caseiros usando frutas, raízes e ervas medicinais de forma simples? A nossa dica é recorrer sempre a ingredientes bem...

> Leia mais
O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema

O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema

Caracterizada pelo acúmulo de gordura no fígado, que pode levar a sintomas de inchaço, dor e fraqueza, a esteatose hepática é geralmente causada por hábitos...

> Leia mais
Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma

Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma

O açafrão-da-terra, também conhecido como cúrcuma, é um tipo de raiz que pertence à mesma família do gengibre - é altamente aromático, tem uma cor amarela...

> Leia mais
Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer

Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer

Encontrado, principalmente, nas regiões do Pará, o camapu é uma planta amazônica que vem sendo muito estudada pelos pesquisadores do Norte do Brasil. Devido...

> Leia mais