Tipos de leite: A. B e C. Você sabe as diferenças? Entenda mais!

Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.
Um dos alimentos mais consumidos e utilizados na gastronomia mundo afora, o leite é um produto que se destaca por sua rica composição nutricional e versatilidade alimentar. Sua versão in natura possui, por exemplo, possui três tipos de classificações, A, B e C, para atender todas a necessidades e gostos.

Basta dar uma breve olhada nas prateleiras para constatar que existe leite para todos os tipos de gosto e necessidades. Fortificados com minerais como zinco, cálcio e ferro; enriquecidos com vitamina A e D, ômega-3, fibras, fitoesterol e prebióticos, o fato é que o alimento, tão tradicional e utilizado por todo mundo, cada vez mais se adéqua às demandas de alimentação, ganhando formas e variações diferentes em suas composições nutricionais. A versão in natura, retirada da vaca, por exemplo, hoje em dia é subdivida em três tipos: A, B e C. Vamos entender um pouco mais!

Segundo a nutricionista Sheila Basso, os leites dos tipo A, B e C possuem praticamente a mesma composição nutricional. A diferença entre eles está no tipo de rebanho, ordenha, processo de obtenção e número de bactérias presentes após pasteurização. Ela explica que todas as versões contêm muitos nutrientes, podendo-se destacar: proteínas, carboidratos, lipídios, vitaminas (em especial a vitamina A) e minerais (cálcio e ferro). A proporção dos nutrientes varia de acordo com a espécie do animal, a sua alimentação, a estação do ano e a época da lactação:

"A composição média do leite de vaca é: proteína 3,3%, - uma das fontes de nitrogênio mais importantes na nutrição humana; gordura 3,5%, que é de fácil digestibilidade, além de seu valor nutricional, o qual está ligado com as vitaminas A, D, E, K e caroteno; é rica em ácidos graxos essenciais, que apresentam como benefícios a inibição de alguns tipos de câncer (intestino, mama e estômago), redução do colesterol total e níveis de triglicerídeos, diminuição da gordura corporal, aumento da massa magra e maior resistência à doenças", destaca a profissional, enfatizando a importância de manter o alimento no cotidiano alimentar, desde que seja de forma equilibrada:

"O leite é sim fundamental, mas desde que inserido em uma dieta equilibrada e prazerosa. Vá ao supermercado e não deixe de experimentar e buscar o lácteo que mais te agrada, opções é que não faltam", enfatizou a especialista, diferenciando as versões da bebida:

Tipo de leite A, B e C

Leite tipo A: É obtido de um único rebanho e não há contato manual com o leite em nenhuma fase do processo, ou seja, a ordenha é mecânica e o leite segue por tubulações diretamente para o compartimento onde sofre pasteurização, homogeneização e envase. O número máximo de bactérias permitido para este leite é de 500/ml.

Leite tipo B: É obtido de rebanhos diferentes e sua ordenha pode ser realizada mecânica ou manualmente. O leite deve ser refrigerado no próprio local da ordenha (propriedade rural) por até 48 horas em temperatura igual ou inferior a 4 ºC e transportado em tanques até o local apropriado, onde será processado. O número máximo de bactérias permitido para este leite é de 40.000/ml.

Leite tipo C: Tem a mesma origem e tipo de ordenha do leite tipo B. Entretanto, não é refrigerado na fazenda leiteira. Após a ordenha, o leite é transportado em tanques até um local apropriado (estabelecimento industrial) até as 10:00 h do dia de sua obtenção, onde só então é processado, seguindo os prazos estipulados por lei. Este processo eleva bastante o número de bactérias presentes no leite, que pode chegar, por determinação da lei, a 100.000/ml.

*Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em nutrição clínica e em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia 5 alimentos que não contêm ferro e são pouco indicados para quem tem anemia

Para ter uma dieta rica em ferro é muito importante incluir ingredientes específicos no cardápio - como carnes (principalmente miúdos), leguminosas e...

> Leia mais
Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens Cana-da-índia: para que serve em termos nutricionais? Conheça suas vantagens

A cana-da-índia ou canna indica é um tipo de PANC (Planta Alimentícia Não Convencional) existente em várias versões - com flores amarelas, avermelhadas,...

> Leia mais
O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

Se você sempre se perguntou o que é tabule, saiba que esse é um prato originário do Líbano, feito à base de triguilho, o famoso trigo para quibe. Com sabor...

> Leia mais
4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer 4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

Você também faz parte do time que ama assistir a filmes, séries e documentários sobre culinária? Consumir esse tipo de conteúdo é ótimo para aprender mais...

> Leia mais
Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

É muito provável que você já tenha visto o pepino daquela forma clássica, com duas rodelas sob os olhos de alguém para uma limpeza de pele caseira. Mas os...

> Leia mais
Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Você sabia que é possível preparar uma receita de nuggets vegano feita à base de grão-de-bico, legumes e diferentes temperos? Em vez de apostar na versão...

> Leia mais
5 vegetais amargos que você precisa experimentar

5 vegetais amargos que você precisa experimentar 5 vegetais amargos que você precisa experimentar

Alimentos amargos costumam ser apreciados por quem tem o paladar bem seletivo e diferenciado. Apesar de muita gente torcer o nariz, entretanto, muitos...

> Leia mais
Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Você já experimentou alguma receita de suco de batata-doce? Rica em fibras, potássio, cálcio e carboidratos, essa bebida funciona como excelente fonte de...

> Leia mais
O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

Exagerar demais na comida ou se alimentar de forma rápida pode desencadear problemas no aparato gastrointestinal, como azia, náusea, dor e dilatação...

> Leia mais
7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário 7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

Tangerina, toranja, tâmara, tarumã... Você já parou para pensar em quantas frutas com T existem e podem ser incluídas no cardápio? Para ter uma alimentação...

> Leia mais