Tempo de molho do feijão, da lentilha e mais! Saiba o ideal para as leguminosas

Na hora de preparar leguminosas, você deve atentar ao tempo de molho dos grãos (que deve ser de no mínimo 6 horas) antes do cozimento
Na hora de preparar leguminosas, você deve atentar ao tempo de molho dos grãos (que deve ser de no mínimo 6 horas) antes do cozimento
Cristiane Coronel

Consultor:

Cristiane Coronel

Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Deixar leguminosas (como feijão, lentilha ou ervilha) e outros grãos de molho é fundamental para eliminar os antinutrientes - substâncias que podem atrapalhar a absorção de vitaminas, minerais e causar problemas de digestão. Para entender melhor o assunto, nós conversamos com a nutricionista Cristiane Coronel, que falou mais sobre a importância da germinação (processo que ocorre quando os grãos ficam de molho) e deu dicas para não errar no tempo em que cada leguminosa deve permanecer submersa na água. Confira!

Ao deixar os grãos de molho, você realiza o processo de germinação, que é importante para remover os fitatos e outros antinutrientes

De acordo com a nutricionista Cristiane Coronel, existe um antinutriente em especial - que costuma estar presente na maioria das leguminosas - que deve ser eliminado antes do cozimento. Por isso, é de suma importância garantir que os grãos fiquem de molho durante o tempo adequado. "É importante deixarmos as leguminosas de molho com o objetivo de retirar o fitato dos grãos. O fitato é uma substância natural contida na parte externa das leguminosas que serve para a proteção dos próprios grãos. Porém, essa substância em contato com o intestino humano não é nada interessante. Ela é responsável por aqueles incômodos de abdômen distendido após as refeições, pois causa fermentação aumentada (gases e flatos), além de impedir a absorção do ferro dos alimentos pelo intestino", explica a profissional.

"Esse processo de deixar os grãos de molho se chama germinação. A germinação traz também outra vantagem para a nossa saúde: como o próprio nome diz, estimula que a leguminosa comece a germinar para surgir uma nova planta. Esse processo faz com que o grão produza bastantes enzimas. Estas, por sua vez, são muito importantes para o nosso sistema digestório, pois melhoram a digestão e metabolização dos nutrientes", complementa Cristiane.

Afinal, quanto tempo as leguminosas devem ficar de molho?

Você já se perguntou sobre quanto tempo o feijão (ou outra leguminosa) deve ficar de molho antes de ser cozido? De acordo com a nutricionista, são necessárias algumas horas para que o processo de germinação se realize completamente. "A germinação deve durar no mínimo 6 e no máximo 12 horas. É importante que a água cubra os grãos por completo e, se possível, uma boa dica é espremer um limão na água, mexer e deixar descansar por esse intervalo de tempo. O limão facilita muito a retirada do fitato dos grãos, formando uma espuminha por cima (retirada do fitato, que vai para a superfície da água). O tempo de germinação deve ser o mesmo para todos os grãos, como: feijões (de todos os tipos: branco, preto, de corda, verde, carioca e fradinho), lentilhas, ervilhas ou grão-de-bico, por exemplo", recomenda Cristiane.

Outro benefício de deixar os grãos de molho é que, assim, você também consegue otimizar o tempo de preparo da comida. Segundo a nutricionista, essa é uma ótima dica para quem precisa agilizar o preparo das refeições no dia a dia. "Assim que der o tempo, despreze essa água, enxágue e cozinhe o feijão com uma nova água. Observe que o tempo de cozimento dos grãos que passam pelo processo de germinação é bem mais curto que o tempo de cozinhar grãos secos", finaliza Cristiane.

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana

Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana Centella asiática: para que serve essa planta medicinal indiana

Também chamada de gotu kola, pegaga e antanan, a centella asiática é uma planta medicinal de origem indiana muito usada pela medicina ayurvédica - ótima para...

> Leia mais
Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro

Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro Lambedor de abacaxi, beterraba e mais: como fazer receitas desse xarope caseiro

Você sabia que é possível fazer xaropes caseiros usando frutas, raízes e ervas medicinais de forma simples? A nossa dica é recorrer sempre a ingredientes bem...

> Leia mais
O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema

O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema O que causa gordura no fígado e a dieta para tratar o problema

Caracterizada pelo acúmulo de gordura no fígado, que pode levar a sintomas de inchaço, dor e fraqueza, a esteatose hepática é geralmente causada por hábitos...

> Leia mais
Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma

Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma Os benefícios do açafrão-da-terra, a famosa cúrcuma

O açafrão-da-terra, também conhecido como cúrcuma, é um tipo de raiz que pertence à mesma família do gengibre - é altamente aromático, tem uma cor amarela...

> Leia mais
Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer

Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer Conheça o camapu, a planta amazônica que ajuda a tratar o mal de Alzheimer

Encontrado, principalmente, nas regiões do Pará, o camapu é uma planta amazônica que vem sendo muito estudada pelos pesquisadores do Norte do Brasil. Devido...

> Leia mais
Como fazer shawarma, a receita árabe que se popularizou no Brasil

Como fazer shawarma, a receita árabe que se popularizou no Brasil Como fazer shawarma, a receita árabe que se popularizou no Brasil

Conhecido como o famoso sanduíche árabe, a receita de shawarma se popularizou em diversas regiões do Brasil nos últimos anos. Chamado também de gyros, kebab...

> Leia mais
Chá de marcela serve para tratar dores! Conheça os benefícios da bebida

Chá de marcela serve para tratar dores! Conheça os benefícios da bebida Chá de marcela serve para tratar dores! Conheça os benefícios da bebida

Dono de propriedades medicinais que ajudam a tratar dores no corpo, o chá de marcela é o produto de uma planta brasileira muito consumida no Sul do país....

> Leia mais
O que é creatina e quais alimentos possuem a substância

O que é creatina e quais alimentos possuem a substância O que é creatina e quais alimentos possuem a substância

Conhecida como um tipo de suplemento alimentar usado para melhorar a performance em diversas atividades físicas, a creatina costuma fazer parte do mundo dos...

> Leia mais
Como fazer molho branco vegano

Como fazer molho branco vegano Como fazer molho branco vegano

Preparado, normalmente, com leite, creme de leite e manteiga, o molho branco - também conhecido como o famoso molho bechamel - é uma das principais opções...

> Leia mais
Dia da Consciência Negra: 6 comidas de origem africana para celebrar a data

Dia da Consciência Negra: 6 comidas de origem africana para celebrar a data Dia da Consciência Negra: 6 comidas de origem africana para celebrar a data

Marcado por muitas memórias e heranças culturais, o Dia da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro no Brasil, relembra a data da morte de Zumbi dos...

> Leia mais