Superalimentos: o que são e quais você deve consumir com frequência

Açaí é considerado um superalimento por ajudar a prevenir diversas doenças
Açaí é considerado um superalimento por ajudar a prevenir diversas doenças

Como cada vez mais pessoas aderem a um estilo de vida saudável é comum nos depararmos com o termo "superalimento". Mas afinal, o que é isso? Ao contrário do que muita gente pode pensar aqui não temos uma comida que sozinha supera todas as outras, mas sim alimentos que são extremamente nutritivos, com tantas vantagens que beneficiam diferentes partes do corpo e ajudam a evitar diversas doenças. Ficou convencido que eles devem fazer parte do seu cardápio diário? Então dá uma olhada em alguns que você deve consumir com frequência:

Açaí evita problemas nos sistemas digestivo e cardiovascular

Assim como os outros alimentos desta lista, vantagens não faltam para o açaí. Em primeiro lugar ele é rico em vitaminas C e E, o que mostra que é um potente antioxidante. Isso significa que combate os radicais livres, evitando a oxidação celular e, consequentemente, problemas como envelhecimento precoce e doenças bem sérias, como o câncer. Também possui boa quantidade de fibras, permitindo que o sistema digestivo funcione melhor.

Aliás, você sabe a razão de o açaí ser roxo? Isso ocorre porque ele tem muita antocianina, nutriente responsável por essa coloração. Essa substância colabora para a boa saúde do coração, já que melhora o fluxo sanguíneo e evita problemas cardiovasculares. A fruta também é considerada um ótimo energético, facilita o ciclo menstrual e ainda ajuda a combater a bipolaridade! Alguma dúvida que ela é um superalimento?

Cacau é bom para a flora intestinal e controla a ansiedade

Embora o chocolate seja conhecido por todos, nem todo mundo já provou o cacau in natura, o que é uma pena, já que ele também um superalimento. Em primeiro lugar possui propriedades prebióticas e probióticas, o que permite o bom funcionamento do intestino ao atuar diretamente na flora intestinal.

O cacau também é rico em flavonoides, que além de serem antioxidantes também ajudam a reduzir os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumentar os do bom (HDL). Com isso, evitam infartos e outros problemas cardiovasculares. Outro benefício é que ajuda a controlar a ansiedade, o que também reduz a compulsão alimentar.

Nozes são proteicas e ricas em ômegas 3 e 6

Uma grande vantagem das nozes é que elas são ricas em ômegas 3 e 6. Esses dois ácidos graxos essenciais são conhecidos por auxiliarem o crescimento muscular e evitarem problemas tanto nas articulações quanto neurológicos. As nozes também possuem boas quantidades de proteínas, o que é ótimo para vegetarianos, que não consomem as de origem animal. Por fim, elas previnem problemas cardiovasculares e ajudam a reduzir o LDL.

Quinoa evita a osteoporose e a anemia

Você sabia que a quinoa faz parte do cardápio da NASA? Agora já dá para começar a imaginar o porquê de ela ser um superalimento, certo? Além de também ser rica em ômegas 3 e 6 e de ajudar a reduzir os níveis de colesterol ruim ela ainda possui boas quantidades de vitaminas e minerais. Entre esses nutrientes podemos destacar complexo B, cálcio, ferro e zinco. Com isso, a quinoa não só permite o bom funcionamento do corpo de uma maneira geral como também evita a osteoporose, a anemia e ainda ajuda no processo de cicatrização. Inclusive, ela é tão poderosa que é considerada uma tendência no mercado de orgânicos.

Batata-doce fornece energia sem alterar níveis de açúcar no sangue

De uma forma geral, a batata-doce é uma combinação de nutrientes que já foram mencionados em outros alimentos desta lista. Por exemplo, possui vitamina E - um forte antioxidante -, é rica em fibras, ajuda a controlar os níveis de colesterol e previne doenças cardiovasculares. Mas além disso tem como benefício fornecer energia graças aos seus carboidratos saudáveis, que não alteram os níveis de açúcar no sangue.

Espinafre é rico em vitaminas e minerais

Se é proteína vegetal que você procura o espinafre com certeza é uma boa pedida! Ele também é fonte de fósforo e vitamina A. O mineral colabora para o bom funcionamento do metabolismo, atua diretamente na formação do DNA e RNA e ainda regula os níveis de pH do sangue. Já a vitamina auxilia a visão e melhora a saúde da pele e do cabelo. Também vale a pena citar que o espinafre possui boas quantidades de cálcio e de vitaminas do complexo B, que já foram mencionadas nesta lista.

Mais noticias com...
Receitas:
Açaí
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais
Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais