Sua alergia alimentar pode não existir! Como saber se realmente sofre com ela

De acordo com uma pesquisa científica norte-americana, muitas pessoas acreditam, de forma equivocada, sofrer de alguma alergia alimentar
De acordo com uma pesquisa científica norte-americana, muitas pessoas acreditam, de forma equivocada, sofrer de alguma alergia alimentar

Você sabia que muitas pessoas pensam ter alergia alimentar mas, na verdade, não sofrem com o problema? Isso geralmente acontece quando o indivíduo percebe alguns sintomas (como irritação ou coceira na pele) e logo presume que a culpa é de algum alimento - sem saber se tal ligação realmente existe.

O artigo "Prevalência e gravidade de alergias alimentares entre adultos nos EUA" (Prevalence and Severity of Food Allergies Among US Adults), disponível na Biblioteca Nacional de Medicina dos EUA, revela que, muitas vezes, as pessoas acreditam, de forma equivocada, sofrer de alguma alergia alimentar. Para ajudar, nós preparamos uma matéria ensinando como identificar se você tem (ou não) alergia a determinado alimento. Confira!

Para confirmar o diagnóstico de alergia alimentar, é necessário consultar um médico

A pesquisa feita com 40.443 adultos norte-americanos revelou que 19% dos entrevistados acreditavam sofrer de alguma alergia alimentar. No entanto, após a realização de exames, descobriu-se que apenas 10,8% dos indivíduos eram de fato alérgicos. Ou seja, milhares de pessoas acreditavam erroneamente sofrer reações ao consumir determinadas comidas.

Além disso, a pesquisa apontou que as alergias alimentares mais comuns são causadas por substâncias presentes no marisco, no leite, no amendoim, em nozes e em peixes de barbatana. Portanto, caso alguém apresente algum sintoma alérgico (como coceira na garganta, inchaço ou irritação na pele) após consumir tais alimentos, é muito importante procurar ajuda médica.

Muitas vezes, no entanto, os sintomas podem ser indício de uma intolerância (como a doença celíaca) e não de uma alergia alimentar - como evidenciou a pesquisa científica norte-americana. Mais uma vez, a única forma de realmente confirmar se um indivíduo tem alergia (ou intolerância) a determinada comida é consultar um médico para fazer testes e, assim, descobrir o diagnóstico. Não tem erro!

Preste atenção nos sintomas e busque acompanhamento médico

Está na dúvida se você sofre com alergia ao leite, camarão, peixe ou amendoim, por exemplo? A principal dica é se manter atento aos possíveis sintomas - afinal, as reações alérgicas relacionadas à alimentação tendem a se manifestar de forma imediata. De qualquer forma, caso você suponha ter alguma alergia, o mais indicado é evitar ao máximo o alimento em questão e buscar ajuda médica o mais rápido possível. Com o diagnóstico confirmado, também é necessário fazer um tratamento seguindo as orientações médicas.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Café faz bem: 5 benefícios da bebida Café faz bem: 5 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais
Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais