Seu filho come mal? Aprenda a fazer crianças e adolescentes se alimentarem bem

Fazer a criança ou adolescente adquirir hábitos alimentares mais saudáveis não é uma tarefa impossível, basta seguir algumas dicas simples
Fazer a criança ou adolescente adquirir hábitos alimentares mais saudáveis não é uma tarefa impossível, basta seguir algumas dicas simples

Se ter um cardápio variado e saudável já é difícil para alguns adultos - que entendem a importância de seguir uma dieta rica em nutrientes -, imagina para crianças e adolescentes? Por isso, é muito comum que a maioria deles acabe tendo hábitos alimentares nada saudáveis, com doces e gordura em excesso, além da ausência de vegetais, frutas e legumes no cardápio diário.

No entanto, para que os reflexos dessa alimentação inadequada não sejam sentidos no futuro - devido a problemas como obesidade, colesterol alto e anemia -, é tarefa dos pais começar desde cedo a cortar esses hábitos ruins para que os filhos passem a seguir uma dieta mais saudável. Confira dicas importantes para facilitar esse desafio!

Balancear as refeições ao invés de proibir tudo de vez é a solução ideal

Como a maioria das crianças e adolescentes ama fast-foods, doces e frituras em geral, trocar os hábitos alimentares de uma hora para a outra não é mesmo uma tarefa fácil. Por isso, um erro que os responsáveis devem evitar - e que só vai dificultar ainda mais essa mudança na dieta - é o de proibir todas as guloseimas de uma só vez para que os mais saudáveis passem a ser os protagonistas das refeições.

O ideal é começar a fazer pequenas trocas ao invés de propor uma mudança radical. Se a criança ou adolescente não tinha mesmo o costume de comer legumes, verduras e frutas, por exemplo, passe a adicionar esses alimentos nas refeições aos poucos - e, de preferência, junto com algo que ele goste muito para que fique mais fácil aceitar a nova composição do prato. Além disso, para que não se sinta de vez o corte de fast-foods e doces, também vale reservar apenas o final de semana para essas escapadas na dieta.

Variedade de vegetais e legumes permite pratos bem coloridos e atrativos para crianças

Não é por acaso que brinquedos e desenhos animados são sempre bem coloridos: as crianças se atraem facilmente por tons vibrantes, ainda mais quando eles aparecem juntos. Por isso, uma boa maneira de despertar o interesse por pratos saudáveis é usar e abusar da mistura de legumes e verduras para preparar um prato cheio de cores - como o verde da alface, o vermelho do tomate, o roxo da beterraba e o laranja da cenoura, por exemplo. Além de fazer com que a criança fique mais atraída pelo prato - e até o ache mais saboroso -, apostar em muitos vegetais e legumes ainda garante uma alimentação rica em vitaminas, sais minerais e fibras.

Molhos ajudam a deixar a salada mais saborosa e desmistificam a ideia de que comida saudável não tem gosto

A ideia de que comida saudável e natural não tem gosto é ainda mais forte entre crianças ou mesmo adolescentes - até por estarem acostumados com o sabor característico dos fast-foods e alimentos mais gordurosos. Por isso, para provar para eles que dá para comer bem e ainda se deliciar com a refeição, a dica é apostar em molhos para completar a salada e deixá-la ainda mais saborosa.

Não faltam opções simples e práticas de serem feitas para diversificar! O de mostarda e mel, por exemplo, é perfeito para incrementar o prato com uma combinação de doce e picante, enquanto o molho vinagrete é um clássico para acompanhar as saladas de todos os tipos.

Apostar em doces com ingredientes mais saudáveis é uma boa solução para crianças e adolescentes que não dispensam o açúcar

Diminuir a quantidade de açúcar é uma das maiores dificuldades quando o assunto é mudar os hábitos alimentares de crianças e adolescentes. Afinal, além dos brigadeiros e demais guloseimas caseiras, não faltam doces industrializados na cantina do colégio, no mercadinho do bairro e na bomboniere do cinema, por exemplo.

Sendo assim, para tornar essa tarefa um pouco mais fácil, vale seguir a dica de substituir ao invés de proibir e preparar doces mais saudáveis para que a redução não seja sentida de vez. Não que o brigadeiro de panela com leite condensado - clássico das festinhas infantis - esteja terminantemente proibido, mas se a criança ou adolescente sente muita necessidade de doce durante a semana, apostar em uma versão mais light é a solução perfeita para que a dieta não seja prejudicada.

É importante criar o hábito de fazer as três refeições principais e um lanche

Além de apostar em alimentos saudáveis e diminuir os calóricos, também é importante que a criança ou adolescente faça todas as refeições necessárias - café da manhã, almoço, lanche e janta - no horário certo. Dessa forma, as chances deles sentirem necessidade de beliscar no intervalo entre uma e outra diminuem muito, já que a sensação de saciedade será bem maior.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais
Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

A anorexia é um distúrbio de imagem que faz com que a pessoa se enxergue de maneira muito distorcida da qual ela é de fato (geralmente, com maior peso e...

> Leia mais
O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

Verdade seja dita, a corrida é um dos exercícios mais democráticos que tem. Afinal, não é preciso pagar uma academia para começar a treinar, apenas encontrar...

> Leia mais
6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia 6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

A epilepsia é uma doença do sistema nervoso que se caracteriza pela perda de consciência momentânea, a partir de crises convulsivas, que acontecem de tempos...

> Leia mais
Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Os triglicerídeos (ou triglicérides) são gorduras muito importantes para o nosso corpo. Elas são as calorias ingeridas que o próprio organismo reserva para...

> Leia mais