Sardinha é remoso? Saiba se o peixe é considerado saudável

Sardinha grelhada é uma das maneiras de preparar o peixe para compor seu cardápio
Sardinha grelhada é uma das maneiras de preparar o peixe para compor seu cardápio
Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Consultor:

Adriana Lúcia van-Erven Ávila

Formada em Nutrição pelo Centro Universitário São Camilo, é especialista em Nutrição em Cardiologia pelo InCor (Instituto do Coração) e em Distúrbios Metabólicos e risco Cardiovascular pelo CEU (Centro de extensão Universitária)

Você já ouviu falar que sardinha é remoso? Todo cuidado é pouco durante o período de cicatrização. Qualquer tipo de ferida na pele dá início a um processo inflamatório que é diretamente influenciado pela alimentação do indivíduo. Compreender os tipos de alimentos cicatrizantes que podem ser consumidos em situações semelhantes é superimportante para evitar complicações nesse processo. A nutricionista Adriana Lúcia van-Erven Ávila nos ajudou a descobrir a resposta para essa dúvida e falou um pouco mais sobre o alimento. Acompanhe a entrevista abaixo e veja se a sardinha é saudável e como você pode incluir o pescado no cardápio!

Alimentos remosos prejudicam o processo de cicatrização e intensificam coceiras e inflamações pelo corpo

Segundo Adriana, alimentos remosos ou reimosos são aqueles que têm reima, substância que pode prejudicar o sangue, causar prurido (coceira), inflamação ou prejuízo da cicatrização de uma ferida, cirurgia ou tatuagem. Os principais alimentos classificados como remosos são a carne de porco e seus derivados, carneiro, jacaré, pato, marreco, paca, capivara e ovo.

Por serem alimentos que fornecem muita gordura ao organismo, eles podem dificultar a digestão e provocar desconfortos estomacais, diarreia ou quadros de intoxicação alimentar, mas não necessariamente afetam a cicatrização como é dito. O que não é o caso dos crustáceos e outros frutos do mar. "Siri, caranguejo, camarão e lagosta podem produzir substâncias inflamatórias e alergênicas e provocar inflamação e alergia em pessoas suscetíveis, o que pode interferir na cicatrização", explica a nutricionista.

Sardinha é saudável e ajuda na cicatrização

Apesar da sardinha ser um pescado, ela não é considerada um alimento remoso. "Não há nenhuma informação se sardinha é remoso. Na verdade, ela é fonte da gordura ômega 3, que inclusive auxilia no processo de cicatrização", afirma Adriana.

Você sabia que a sardinha é considerada um dos peixes mais benéficos para a saúde? De acordo com a nutricionista, o pescado também é uma opção muito saudável para a alimentação após processos cirúrgicos, pois fornece proteínas ao organismo, que são nutrientes muito importantes para a cicatrização de feridas. Mais do que isso, a sardinha contém gorduras boas para o corpo, cálcio, fósforo, potássio e vitamina A, entre outros nutrientes.

Como preparar sardinha?

Há diversas maneiras de incluir a sardinha no cardápio, tanto na dieta anti-inflamatória quanto na alimentação regular. Os preparos são variados e podem ser feitos com acompanhamentos. "O peixe pode ser servido cozido, ensopado, grelhado ou assado. Pode ser feito também para consumir no sanduíche, como patê de sardinha", diz a profissional.

Entretanto, Adriana apresenta uma sugestão para a qual deve-se dar atenção na hora de fazer sardinha! A indicação da nutricionista é que, caso o peixe seja frito, o ideal é usar óleo novo. Portanto, não reaproveite o óleo em que outro alimento já foi frito anteriormente para prevenir problemas de saúde!

Consultar um médico e/ou nutricionista é fundamental no processo de cicatrização de feridas ou cirurgias

Adriana sinaliza para o fato de ainda existirem poucos estudos sobre a remosidade dos alimentos. Apesar disso, há bastante controvérsia sobre o tema. "Esse assunto é muito mais profundo do que um tabu alimentar ou cultural. Cada pessoa deverá se orientar com um nutricionista e/ou médico quando for realizar alguma cirurgia ou tiver algum tipo de ferida", finaliza.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Café faz bem: 7 benefícios da bebida Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais