Quem tem gastrite pode comer ovo? E tapioca? Saiba o que deve ou não ser evitado

Quem tem gastrite pode comer ovo desde que o alimento seja cozido (e não frito), temperado apenas com sal e sem conter nenhuma fonte de gordura - para não agredir a parede do estômago
Quem tem gastrite pode comer ovo desde que o alimento seja cozido (e não frito), temperado apenas com sal e sem conter nenhuma fonte de gordura - para não agredir a parede do estômago

Montar uma dieta para quem tem gastrite pode ser um pouco desafiador - afinal, é necessário cortar alimentos muito ácidos, gordurosos, frituras e outros que podem causar danos à parede estomacal. Algumas pessoas se perguntam, inclusive, quais são prejudiciais nesse caso - quem tem gastrite pode comer ovo, por exemplo? E tapioca? Aqui, nós preparamos uma matéria sobre o que deve ser evitado na alimentação de quem tem gastrite para, assim, garantir o bem-estar do estômago. Confira e veja como montar uma dieta alcalina bem colorida e balanceada.

Afinal, quem tem gastrite pode comer ovo?

A resposta para essa pergunta é sim. O ovo pode ser incluído na dieta de quem tem gastrite, mas desde que seja cozido (ou mexido) e servido apenas com um pouco de sal. O uso de temperos (como pimentas e ervas), azeite ou manteiga - alimentos mais agressivos para o estômago - deve ser cortado nesse período. Por isso, inclusive, não é indicado consumir ovo frito, por conta do alto teor de gordura. Vale destacar, inclusive, que o ovo é uma fonte importante de proteína, tem baixo teor de gordura e, quando usado de maneira certa na dieta, pode até mesmo ajudar no tratamento da gastrite.

É permitido o consumo de frutas cítricas?

Caso a pessoa apresente fortes sintomas de gastrite, como queimação, inchaço e dor constante no estômago, é fundamental evitar alimentos muito ácidos. As frutas cítricas, como limão, laranja, tangerina, maracujá, abacaxi e acerola, em especial, têm alto teor de ácido ascórbico (vitamina C), ácido retinóico (vitamina A) e cítrico. Ou seja, quando consumidas de forma excessiva, elas podem prejudicar ainda mais o quadro da gastrite.

Para evitar que o pH do estômago fique muito ácido, o mais indicado é evitar essas frutas e, de preferência, consultar um nutricionista para montar um cardápio adequado para esse período. Em alguns casos, inclusive, é permitido o consumo equilibrado de algumas frutinhas cítricas - mas sempre adoçadas, em forma de suco ou vitamina, por exemplo, e consumidas após as refeições principais - isto é, não devem ser ingeridas em jejum.

Quem tem gastrite pode comer tapioca?

Assim como o ovo, a tapioca não prejudica os sintomas da gastrite. Ela é considerada, inclusive, um ingrediente bem leve, neutro e pobre em gorduras - isto é, não causa dor ou inflamação no estômago. O problema, no entanto, é que os recheios servidos com a tapioca tendem a ser gordurosos - feitos com queijos e temperos muito fortes, por exemplo. Nesse caso, basta dar preferência a queijos brancos light (sem exagerar na quantidade) e evitar o uso de condimentos, pimentas e ervas.

Evite frituras e alimentos muito gordurosos

Outra dica importante para amenizar os sintomas da gastrite é cortar o consumo de frituras ou alimentos muito gordurosos - como pizza, hambúrguer, salgadinho, carne vermelha (dê preferência ao peixe ou frango), embutidos e enlatados. Esse tipo de comida tende a ser mais nocivo para o estômago e, por isso, deve ser evitado ao máximo nesse período.

Aposte em uma dieta alcalina para tratar a gastrite

Além de evitar alimentos que sejam prejudiciais para o estômago, é necessário montar uma dieta alcalina, que leva em consideração o pH e a composição dos alimentos. Ela é geralmente composta por frutas, legumes, verduras, leguminosas e cereais - alimentos leves e nutritivos, que ajudam a regular o sistema digestivo - criam um meio mais básico, sem estimular a produção de suco gástrico, por exemplo. Para montar um cardápio alcalino bem balanceado, com diferentes alimentos naturais, a principal dica é consultar um nutricionista.

Sugestões de alimentos alcalinos: alface, tomate, couve, agrião, inhame, cenoura, lentilha, abacate e coco.

Mais noticias com...
Receitas:
Ovo
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais