Qual é a diferença entre leguminosas e oleaginosas? Descubra!

Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Feijão, ervilha, castanha, nozes... Descubra quais são os alimentos que fazem parte desses dois grupos e os benefícios que eles podem trazer para a alimentação saudável!
Cristiane Coronel

Consultor:

Cristiane Coronel

Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Oleaginosas e leguminosas... Qual é a diferença? Os adeptos de uma alimentação saudável estão sempre ouvindo sobre o consumo regular das leguminosas e das oleaginosas para completar o quadro de nutrientes necessários para o nosso bem-estar. Mas afinal, como podemos diferenciá-las no nosso dia a dia? Entenda a diferença entre elas e veja porque essa dúvida é tão comum!

Para começar, esses alimentos fazem parte de grupos diferentes. As leguminosas, por exemplo, ao contrário do que o nome nos leva a pensar, não são os legumes, mas sim os grãos produzidos em vagens, como feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico, soja e amendoim. Segundo a nutricionista Cristiane Coronel, as leguminosas são fontes de proteínas e minerais que devem fazer parte do nosso dia a dia, pois fornecem saciedade e, na maioria das vezes, possuem pouca gordura em sua composição.

"As leguminosas são ricas nos minerais ferro, zinco, cálcio, fósforo e potássio. Possuem também uma boa quantidade de vitaminas do complexo B (em especial a B1, ou tiamina) e ácido fólico. O teor de proteínas pode variar entre 23% a 38% e as calorias para as leguminosas situam-se na faixa de 320 a 395 calorias para cada 100g. O amendoim é a mais calórica entre as leguminosas (581 calorias a cada 100g), por isso seu consumo deve ser feito com moderação", explica a profissional.

Já o grupo das oleaginosas é composto pelas nozes, pistache, castanha do Pará, avelã, macadâmia, castanha de caju e amêndoas. Também são grãos, mas suas cascas são rígidas e possuem sementes quase sempre comestíveis. A Dra. Cristiane explica que podem ser consumidas in natura e também são benéficas para o nosso organismo.

"Em geral, são alimentos com boas fontes de gorduras, ácidos graxos, antioxidantes como os fenóis, flavonoides, arginina (aminoácido famosos pelos frequentadores das academias, como um "recuperador" de músculos)", completa a nutricionista.

Por que existe a confusão?

Em suma, confundir alguns grupos de alimentos é normal, como por exemplo: Fruta ou fruto, legume ou verdura, entre outros. Veja a explicação da nutricionista para essa dúvida: "No caso das oleaginosas e leguminosas, a confusão vem exatamente do amendoim, que é uma leguminosa e não uma oleaginosa e está sempre presente nos mix de cereais. No entanto, esse saboroso alimento é rico em nutrientes, podendo ser utilizado em diversas formas de receitas, como a tradicional pasta de amendoim, deliciosa fonte de ferro, proteínas e boas gorduras", analisa a profissional.

Como acrescentá-las em uma alimentação saudável?

Por serem alimentos ricos em nutrientes, eles devem estar sempre presentes no nosso dia a dia, a fim de garantir o consumo das substâncias necessárias para o nosso bem-estar. A nutricionista ressalta que as leguminosas devem ser ingeridas uma vez ao dia, no almoço ou no jantar, e com o complemento de boas fontes de carboidratos, como os cereais integrais:

"O velho e nutritivo 'arroz com feijão' é uma combinação perfeita de energia, boas proteínas e micronutrientes para acompanhar as leguminosas. Já as oleaginosas, como fontes também de proteínas, mas principalmente de minerais e boas gorduras, devem ser inseridas em pequenas porções diárias", indica a nutricionista, que destaca as quantidades necessárias:

- Castanhas do Pará: 2 unidades ao dia

- Castanhas de Caju: 4 unidades ao dia

- Amêndoas: 6 à 9 unidades ao dia

- Macadâmia: 6 à 9 unidades ao dia

- Nozes: 1 ou 2 unidades inteiras ao dia

"Lembrando que são porções médias para um adulto saudável. Devem ser inseridas e complementam um dos lanches do dia. Para uma porção adequada individualizada, deve ser feita avaliação nutricional prévia com nutricionista", finaliza a profissional.

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

Você sabia que existem diferentes tipos de laranja que variam, principalmente, em termos de sabor e textura? A laranja-bahia, por exemplo, é uma alternativa...

> Leia mais
Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Como evitar o aquecimento global através da alimentação Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Você sabia que é possível combater o aquecimento global através de pequenas atitudes no dia a dia? Mudar hábitos alimentares, de consumo e estilo de vida é...

> Leia mais
O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O excesso de acúmulo de gordura no corpo pode ser prejudicial para o organismo como um todo, acarretando em doenças do coração, por exemplo. A gordura...

> Leia mais
4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles

4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles 4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles

Existente em diferentes versões, a tangerina é uma fruta cítrica rica em vitaminas A, C e sais minerais que fortalecem a imunidade e melhoram a saúde do...

> Leia mais
Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Você tem o hábito de reparar na frequência diária em que vai ao banheiro evacuar? Para garantir a saúde do intestino, é muito importante ter uma alimentação...

> Leia mais
O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde

O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde

Chamado de canjica em estados do Nordeste, o curau é um prato de origem afro-brasileira que faz muito sucesso nas festas de São João. Feito basicamente com...

> Leia mais
Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar

Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar

Versáteis, práticas e ricas em nutrientes, as frutas secas são ótimas para incrementar iogurtes, bolos, panetones e funcionam como lanche rápido (fácil de...

> Leia mais
As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas

As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas

Para fortalecer a imunidade e matar a vontade de comer doce no dia a dia, uma ótima dica é incluir diferentes tipos de frutas na dieta. Além das mais...

> Leia mais
Gelatina vegana existe! Aprenda a prepará-la com diferentes ingredientes

Gelatina vegana existe! Aprenda a prepará-la com diferentes ingredientes Gelatina vegana existe! Aprenda a prepará-la com diferentes ingredientes

Fonte importante de colágeno, a gelatina pode trazer uma série de benefícios para a saúde dos ossos, articulações e da pele. Para quem não sabe, ela é feita...

> Leia mais
Como fazer chuchu deixando o prato delicioso

Como fazer chuchu deixando o prato delicioso Como fazer chuchu deixando o prato delicioso

Muito usado no preparo de sopas, refogados, gratinados e saladas, o chuchu é um fruto bem nutritivo - rico em vitaminas (A, B e C), antioxidantes, fibras e...

> Leia mais