Problema renal? Veja bons alimentos para a saúde dos rins

Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.

Geralmente nós só notamos ou damos mais cuidado à saúde quando começam os primeiros sinais de problemas, não é mesmo? Esse é o grande erro que cometemos quando estamos em busca do bem-estar e da melhor qualidade de vida. É preciso entender que todos os nossos órgãos são importantíssimos para corpo e carecem de atenções especiais. Os rins, por exemplo, além de precisar de uma hidratação constante, necessita de alguns nutrientes, encontrados nos mais diversos alimentos, para o seu perfeito funcionamento.

Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Esses dois pequenos órgãos têm funções de filtragem, recebendo o sangue com elementos nocivos e o devolvendo limpo para o coração, mandando embora as toxinas pela urina. Ele ainda equilibra os sais do corpo e o pH do sangue, além de produzir hormônios.

Para manter o funcionamento equilibrado dos rins, todos sabemos que é necessário beber bastante água. Segundo o urologista Paulo Salustiano, a quantidade adequada é de pelo menos 2 litros, mas é preciso considerar fatores como: clima, se a pessoa pratica atividade física ou não e os seus hábitos alimentares (excesso de sal, proteína ou açúcar).

"Tem indivíduos que poderão ingerir até mais que o dobro da quantidade mínima indicada, outros terão que exercitar muito a disciplina para conseguir ingerir o mínimo", coloca o especialista que salienta que o consumo de água em excesso também é prejudicial por causar um desequilíbrio eletrolítico no sangue:

"Pacientes cujos rins apresentem algum tipo de patologia devem ser orientados pelo médico para saber qual será a dieta e ingestão de líquidos apropriadas", explica o profissional, ressaltando que um indicativo de que se está ingerindo pouca água é a cor da urina: quanto mais escura, maior é a carência de ingestão de água.

Hábitos alimentares: o que comer para preservar os rins?

De acordo com Paulo Salustiano é o excesso a maior causa do problemas renais. O sódio, presente no sal de cozinha, é a principal substância a ser evitada, assim como açúcar. Segundo as orientações do Guia Alimentar para a População Brasileira, o consumo diário de uma pessoa não pode extrapolar 5 gramas de sal, o que equivale a uma colher de chá rasa.

Para reduzir ao máximo o consumo de sal, evite alimentos industrializados - leia bem os rótulos antes de comprar - e evite acrescentar essa substância aos alimentos. Use todos os temperos naturais possíveis e tenha um prato saboroso e menos salgado com opções como: azeite, vinagre, alho, cebola, pimentão, suco de limão, ervas finas, tomilho, cebolinha, salsa, etc.

Sobre o consumo de proteínas animais ou vegetais, o urologista faz um alerta: "Proteína também deve ser consumida com moderação, nesse caso, principalmente para os praticantes de musculação que fazem uso de suplementos à base de proteína do soro do leite".

Além da alimentação equilibrada e ingestão adequada de água, há um recurso para dar uma "forcinha extra" nos cuidados com os rins: a cranberry. O urologista explica:

"Há pesquisas embasadas que comprovam as propriedades benéficas dessa fruta no sentido de evitar infecções na árvore urinária e formação de cristais (pedras) nos rins. Trata-se de um alimento rico em flavonóides, que exercem ação anti-inflamatória. Há estudos que comprovam, ainda, que a cranberry é eficaz para impedir a proliferação de bactérias na bexiga, principalmente as que causam cistite", finaliza.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais
Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais