Problema renal? Veja bons alimentos para a saúde dos rins

Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.
Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Para conseguirmos mantê-los sempre saudáveis, além da hidratação, alguns alimentos são de grande importância para deixá-los ativos.

Geralmente nós só notamos ou damos mais cuidado à saúde quando começam os primeiros sinais de problemas, não é mesmo? Esse é o grande erro que cometemos quando estamos em busca do bem-estar e da melhor qualidade de vida. É preciso entender que todos os nossos órgãos são importantíssimos para corpo e carecem de atenções especiais. Os rins, por exemplo, além de precisar de uma hidratação constante, necessita de alguns nutrientes, encontrados nos mais diversos alimentos, para o seu perfeito funcionamento.

Os rins funcionam como verdadeiros reguladores do organismo. Esses dois pequenos órgãos têm funções de filtragem, recebendo o sangue com elementos nocivos e o devolvendo limpo para o coração, mandando embora as toxinas pela urina. Ele ainda equilibra os sais do corpo e o pH do sangue, além de produzir hormônios.

Para manter o funcionamento equilibrado dos rins, todos sabemos que é necessário beber bastante água. Segundo o urologista Paulo Salustiano, a quantidade adequada é de pelo menos 2 litros, mas é preciso considerar fatores como: clima, se a pessoa pratica atividade física ou não e os seus hábitos alimentares (excesso de sal, proteína ou açúcar).

"Tem indivíduos que poderão ingerir até mais que o dobro da quantidade mínima indicada, outros terão que exercitar muito a disciplina para conseguir ingerir o mínimo", coloca o especialista que salienta que o consumo de água em excesso também é prejudicial por causar um desequilíbrio eletrolítico no sangue:

"Pacientes cujos rins apresentem algum tipo de patologia devem ser orientados pelo médico para saber qual será a dieta e ingestão de líquidos apropriadas", explica o profissional, ressaltando que um indicativo de que se está ingerindo pouca água é a cor da urina: quanto mais escura, maior é a carência de ingestão de água.

Hábitos alimentares: o que comer para preservar os rins?

De acordo com Paulo Salustiano é o excesso a maior causa do problemas renais. O sódio, presente no sal de cozinha, é a principal substância a ser evitada, assim como açúcar. Segundo as orientações do Guia Alimentar para a População Brasileira, o consumo diário de uma pessoa não pode extrapolar 5 gramas de sal, o que equivale a uma colher de chá rasa.

Para reduzir ao máximo o consumo de sal, evite alimentos industrializados - leia bem os rótulos antes de comprar - e evite acrescentar essa substância aos alimentos. Use todos os temperos naturais possíveis e tenha um prato saboroso e menos salgado com opções como: azeite, vinagre, alho, cebola, pimentão, suco de limão, ervas finas, tomilho, cebolinha, salsa, etc.

Sobre o consumo de proteínas animais ou vegetais, o urologista faz um alerta: "Proteína também deve ser consumida com moderação, nesse caso, principalmente para os praticantes de musculação que fazem uso de suplementos à base de proteína do soro do leite".

Além da alimentação equilibrada e ingestão adequada de água, há um recurso para dar uma "forcinha extra" nos cuidados com os rins: a cranberry. O urologista explica:

"Há pesquisas embasadas que comprovam as propriedades benéficas dessa fruta no sentido de evitar infecções na árvore urinária e formação de cristais (pedras) nos rins. Trata-se de um alimento rico em flavonóides, que exercem ação anti-inflamatória. Há estudos que comprovam, ainda, que a cranberry é eficaz para impedir a proliferação de bactérias na bexiga, principalmente as que causam cistite", finaliza.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais