Probióticos: como incorporá-los na alimentação diária de forma variada

Comer iogurte com algum complemento é uma ótima forma de diversificar a sua alimentação sem deixar de consumir os probióticos
Comer iogurte com algum complemento é uma ótima forma de diversificar a sua alimentação sem deixar de consumir os probióticos

Embora os probióticos sejam essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo, muita gente nem faz ideia do que eles se tratam ou mesmo quais são seus benefícios para a saúde. Se você já ouviu falar nos lactobacilos vivos então saiba que é exatamente a eles que a gente está se referindo. Essa ideia de que estamos ingerindo um organismo vivo pode assustar, mas é importante frisar que eles contribuem para o bom funcionamento do nosso corpo, se tornando essenciais na nossa alimentação diária.

Ao atuar na nossa flora intestinal, elas regulam o nosso intestino e são essenciais tanto para aqueles que sofrem com o intestino preso quanto para os que o tem solto demais, sofrendo com diarreias, e consequentemente com a perda de nutrientes que não são absorvidos pelo corpo. Levando tudo isso em consideração, não há motivos para não colocar essas "bactérias do bem" na sua alimentação desde já. Mas aí entra a pergunta: como fazer isso sem comer todos os dias exatamente a mesma coisa?

No café da manhã utilize iogurte como complemento

Os probióticos são encontrados em produtos lácteos fermentados, como é o caso dos iogurtes, mas também estão presentes em legumes e verduras. Entre os exemplos temos principalmente alguns muito utilizados na culinária oriental, como é o caso do missô, feito a partir da fermentação do arroz.

Mas se a ideia é incorporar os probióticos no seu cardápio de café da manhã, a maior sugestão é aproveitar os iogurtes. Para deixar a sua dieta ainda mais rica o ideal é combiná-los com outros alimentos que possam oferecer diferentes nutrientes. Cereais, frutas, grãos e sementes cumprem muito bem essa tarefa, e ainda dão aquela disposição que você precisa para enfrentar o dia que acabou de começar.

Lembrando que pessoas com intolerância ou alergia a lactose devem buscar os iogurtes sem esse composto. Caso contrário, coloque-os no seu cardápio apenas se tiver sido autorizado por um médico ou nutricionista, e mesmo assim fique atento à quantidade permitida e se é possível consumir tanto iogurte natural quanto desnatado ou integral.

No almoço foque no molho da salada

Já pensou em aproveitar o próprio iogurte para preparar um molho de salada de fazer inveja em qualquer um? Pois saiba que além de tornar o prato mais saboroso o ingrediente ainda vai permitir que você consuma os probióticos que precisa para manter o seu intestino regular. Lembrando que você pode acrescentar alguns ingredientes para tornar o molho mais saboroso, só não se esqueça que os probióticos apenas ficam vivos em um ambiente propício, então mesmo que você acrescente algum ingrediente o ideal é consumi-lo logo. Se for utilizar sal ou limão evite o excesso, porque você pode acabar matando as bactérias e, consequentemente, perder seus benefícios.

Faça patês no lanche

Você sabia que também pode utilizar o iogurte para fazer patês? Misturando algumas ervas, e mesmo um pouco de requeijão, é possível criar o acompanhamento perfeito para seus pães e torradas. Lembrando que se quiser também é possível repetir a ideia do café da manhã, combinando o iogurte com outros complementos. Ou então faça os dois! Comece pelo salgado e depois termine com algo doce e nutritivo. Outra ideia é apostar em leite fermentado, que cai muito bem no lanche da tarde.

No jantar procure outros alimentos com probióticos

Lembra que a gente explicou que os probióticos estão presentes em alguns legumes e verduras? É apostando exatamente neles que você irá incluir esses lactobacilos vivos na sua dieta. Aqui o iogurte será deixado de lado e outros ingredientes se tornam o grande destaque. Com o missô, por exemplo, você pode preparar uma excelente sopa, ao melhor estilo japonês. Já o kimchi é um condimento muito utilizado na culinária coreana, e pode ser o seu novo tempero favorito. O que não faltam são alimentos ricos em probióticos, basta saber combiná-los para que as suas receitas fiquem não só mais gostosas como também muito mais saudáveis.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais