Primavera: A estação das flores comestíveis! Saiba como usá-las em suas receitas

É primavera! E, na estação das flores, nada melhor do que mostrar os benefícios nutricionais das flores que podem ser consumidas em nossa alimentação. Veja alguns exemplos e como incorporá-las no dia a dia alimentar.
É primavera! E, na estação das flores, nada melhor do que mostrar os benefícios nutricionais das flores que podem ser consumidas em nossa alimentação. Veja alguns exemplos e como incorporá-las no dia a dia alimentar.
Carolina Baliere

Consultor:

Carolina Baliere

Formada em Nutrição pelo Instituto Metodista Bennett, é pós-graduada em Nutrição Clínica pela Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro e em Nutrição Clínica Funcional pela VP Consultoria

Ah, a primavera! Finalmente a estação mais colorida do ano chegou! De 22 de setembro a 21 de dezembro, a promessa de lindos dia de sol, com temperaturas agradáveis e flores nas ruas, nos convida a sair de casa, curtir o ar fresco, e contemplar a exuberante natureza do nosso país. E, se falarmos em alimentação saudável, a época também é propícia para incrementarmos receitas e abrir o leque de opções do cardápio cotidiano com as flores comestíveis, ingredientes leves e nutritivos, que deixa qualquer refeição mais sofisticada e extremamente prazerosa! Saiba mais!

Muita gente ainda olha torto quando se fala em flores comestíveis, pois, apesar de milenar no mundo, não é um hábito muito comum da nossa alimentação. Entretanto, elas podem, e devem, fazer parte importante da rotina nutricional das pessoas. Extremamente versáteis, as flores possuem aromas, sabores e texturas bem peculiares e que oferecem grande capacidade de composições gastronômicas. Por isso, podem ser incluídas tanto em receitas doces quanto salgadas. A nutricionista Carolina Baliere nos explica melhor sobre as funções das flores na alimentação:

"Além de ficar lindo nos pratos, aproveitar os benefícios funcionais das flores também pode ser muito importante. Temos vários tipos de flores, como a flor de rúcula, que ajuda no combate a anemia e na saúde dos ossos, sendo uma boa fonte de cálcio, magnésio e ferro, além de terem fatores antioxidantes, que ajudam na limpeza do fígado e estômago, e as flores de jasmim, que ajudam na função de acalmar o corpo, pois têm composições nutricionais relaxantes", destacou a profissional.

6 outras flores características da primavera para a sua alimentação saudável

- Amor-perfeito: Tipo de flor com textura aveludada, ela é bem refrescante, por isso, é ótima para compor pratos como saladas ou, até mesmo, aromatizar vinagres.

- Begônias: Encontradas em diversas cores (principalmente vermelhas, amarelas, laranjas e rosadas), essas flores possuem um gosto ácido, mas extremamente agradável ao paladar. Podem incorporar saladas, prato ensopados ou sobre coberturas.

- Calêndulas: Apenas as suas pétalas são comestíveis. Elas, inclusive, são muito versáteis podendo ser misturadas ao arroz, à pratos com peixes e outros frutos do mar, sopas, queijos, iogurtes e omeletes, dando uma coloração como a do açafrão.

- Capuchinhas: Suas cores deixam qualquer receita simples em pratos muito apresentáveis. Em relação ao sabor, elas são ligeiramente apimentadas, podendo ser usadas para substituir as pimentas tradicionais. Simples de serem cultivadas, elas também são boas opções recheadas, cristalizadas ou como ornamento.

- Flores de Abobrinha e Abóbora: Precisam ser consumidas rapidamente, pois não dura muito na geladeira. Na gastronomia, elas geralmente são usadas recheadas com queijo ou para acompanhar sopas.

- Violetas verdadeiras: Quando frescas, elas podem ser utilizadas nas mais diversas composições de saladas. Cristalizada pode ser usada para decoração de doces, como bolos, tortas e pudins.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais