Possui hipotireoidismo? Os alimentos que devem ser evitados

Soja e seus derivados, como leites, farinhas e queijos, são alimentos que devem ser evitados por quem possui hipotireoidismo
Soja e seus derivados, como leites, farinhas e queijos, são alimentos que devem ser evitados por quem possui hipotireoidismo

Você sabia que quem possui hipotireoidismo precisa ter alguns cuidados com a alimentação? A deficiência dos hormônios da tireoide, provocada pela doença, pode desenvolver sintomas como constipação, fadiga e um leve ganho de peso - e, por isso, precisa ser tratada da forma certa com uma alimentação saudável e balanceada, que não possua ingredientes que podem contribuir para piorar o quadro da doença.

Para entender melhor sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Sheila Basso e separamos alimentos que devem ser evitados por quem possui hipotireoidismo. Confira a matéria!

Afinal, o que é hipotireoidismo e quais são os sintomas dessa doença?

De acordo com a especialista, "o hipotireoidismo é uma doença em que a glândula tireoide produz uma quantidade insuficiente de hormônios T3 e T4. Mais conhecida como Tireoidite de Hashimoto, alguns dos seus principais sintomas são: ganho de peso, depressão, sonolência e cansaço excessivo, menstruação irregular, intestino preso".

Nesse sentido, alguns alimentos podem ajudar a repor os nutrientes necessários para o bom funcionamento da tireoide, como a maioria dos produtos marinhos, leites, iogurtes, ovos, vegetais e frutas que, dependendo do solo onde são cultivados ou da alimentação dos animais, podem ajudar a repor o hormônio.

Em contrapartida, há uma série de alimentos que realizam o efeito contrário no organismo e precisam ser evitados para não desregular a tireoide. Abaixo, nós separamos alguns dos principais deles. Dá uma olhada!

Alimentos que devem ser evitados por quem possui hipotireoidismo

Soja e produtos derivados

De acordo com Sheila Basso, os alimentos à base de soja devem ser consumidos moderadamente por quem possui hipotireoidismo. "Alimentos como soja e produtos derivados à base de soja devem ser consumidos com moderação para não prejudicar a absorção de iodo", afirma. Isso inclui soja texturizada, sucos, leites, farinhas e até mesmo tofu, o "queijo vegano" feito a partir do extrato de soja.

Alimentos industrializados e ricos em carboidratos simples

Conhecidos como alimentos inflamatórios, os alimentos industrializados e fontes de carboidratos simples também precisam ser evitados caso haja um diagnóstico de hipotireoidismo.

Segundo a nutricionista, "alimentos industrializados e ricos em carboidratos simples (feitos de farinha branca e açúcar) podem comprometer a absorção de nutrientes e desequilibrar a função da tireoide", diz. Por isso, tente evitar alimentos açucarados, embutidos derivados da carne vermelha, refrigerantes e bebidas alcoólicas.

Peixes predatórios, como cavalinha, peixe espada e tubarão

Apesar de serem produtos marinhos - e teoricamente possuírem nutrientes que podem contribuir para o bom funcionamento da tireoide -, peixes predatórios, como cavalinha, peixe espada e tubarão, devem ser evitados em casos de hipotireoidismo.

"Deve-se limitar o consumo de peixes predatórios, como cavalinha, peixe espada e tubarão, devido à presença de mercúrio, um metal tóxico que aumenta a possibilidade de termos uma disfunção na tireoide. Peixes como filé de atum, cavala, corvina e garoupa que apresentam risco médio de contaminação por mercúrio podem ser consumidos 1 vez por semana", explica a nutricionista.

Amendoim, couve-de-bruxelas, mandioca, mostarda e rabanete

Alimentos como amendoim, couve-de-bruxelas, mandioca, mostarda e rabanete também devem ser consumidos com moderação por quem possui hipotireoidismo. De acordo com a nutricionista, eles podem interferir na absorção de iodo e acabar provocando a deficiência hormonal. Então, tente moderar as porções desses alimentos!

Obs.: Apesar de ser conhecido como um alimento que pode ajudar a reduzir (ou prevenir) a deficiência dos hormônios da tireoide, o sal iodado também deve ser consumido com moderação por quem possui hipotireoidismo. Caso contrário, ele pode causar um distúrbio na auto-regulação da glândula e contribuir para uma piora do quadro da doença.

* Sheila Basso (CRN 21.557) é especialista em obesidade, emagrecimento e saúde pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais