Por que feijão causa inchaço? Saiba como evitar gases no preparo das leguminosas

É importante deixar o feijão e outras leguminosas de molho antes de iniciar o cozimento - assim, os grãos liberam na água as enzimas e antinutrientes causadores de gases
É importante deixar o feijão e outras leguminosas de molho antes de iniciar o cozimento - assim, os grãos liberam na água as enzimas e antinutrientes causadores de gases

Você já deve ter ouvido falar que leguminosas (como o feijão e a ervilha) dão gases quando consumidas de forma exagerada. Essa afirmação realmente tem um quê de verdade, sabia? Dependendo do modo que os grãos forem preparados, eles pode sim potencializar a formação de gases. Quer saber por que isso ocorre e como evitar o problema? Nós esclarecemos pontos importantes sobre o assunto e separamos dicas para evitar a formação de gases. Confira!

Deixe as leguminosas de molho para tirar enzimas e substâncias que devem ser descartadas

Deixar as leguminosas de molho é uma das etapas mais importantes do seu preparo, sabia? O mais indicado, inclusive, é manter os grãos submersos na água por cerca de 12 horas - assim, são liberadas enzimas e outras substâncias que devem ser descartadas.

O fitato (ou ácido fítico), em especial, é uma substância presente nas leguminosas que - além de atrapalhar a absorção de minerais (como ferro, zinco e cálcio) pelo nosso organismo - também dificulta bastante o processo digestivo, contribuindo para a formação dos gases. A maioria das leguminosas, o que inclui feijão, soja, grão-de-bico, lentilha e ervilha, também possui oligossacarídeos, que são um tipo de carboidrato de difícil digestão. Essas substâncias costumam chegar ao intestino grosso e, ao serem fermentadas por bactérias, levam à formação de gases.

O lado bom é que não é muito difícil tirar essas substâncias dos alimentos. Quando deixamos as leguminosas de molho durante bastante tempo (isto é, por pelo menos 12 horas), os níveis de oligossacarídeos diminuem e o fitato acaba sendo neutralizado por outras enzimas. No entanto, depois de deixar os grãos de molho, lembre-se de descartar a água e adicionar uma nova para iniciar o processo de cozimento. Essa é uma dica que garante uma boa limpeza das leguminosas, além de resolver o problema da formação de gases. Bem simples, né?

Obs.: Além das leguminosas e dos grãos (como o milho e a quinoa), as oleaginosas (como castanhas, amêndoas e nozes) também precisam ser deixados de molho para que os antinutrientes presentes nos alimentos sejam descartados. Seguindo essa dica de preparo, não tem erro!

Cozinhar o feijão por mais tempo é outra dica para acelerar o processo de digestão

Para quem sofre com dores de gases, outra sugestão interessante é cozinhar o feijão e outras leguminosas por mais tempo. Assim, os grãos ficam mais macios e são mais fáceis de digerir. No entanto, essa uma medida para quem realmente tem problemas maiores relacionados ao sistema digestório. Na maioria das vezes, deixar essa leguminosa de molho já é mais que suficiente!

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais