Por que feijão causa inchaço? Saiba como evitar gases no preparo das leguminosas

É importante deixar o feijão e outras leguminosas de molho antes de iniciar o cozimento - assim, os grãos liberam na água as enzimas e antinutrientes causadores de gases
É importante deixar o feijão e outras leguminosas de molho antes de iniciar o cozimento - assim, os grãos liberam na água as enzimas e antinutrientes causadores de gases

Você já deve ter ouvido falar que leguminosas (como o feijão e a ervilha) dão gases quando consumidas de forma exagerada. Essa afirmação realmente tem um quê de verdade, sabia? Dependendo do modo que os grãos forem preparados, eles pode sim potencializar a formação de gases. Quer saber por que isso ocorre e como evitar o problema? Nós esclarecemos pontos importantes sobre o assunto e separamos dicas para evitar a formação de gases. Confira!

Deixe as leguminosas de molho para tirar enzimas e substâncias que devem ser descartadas

Deixar as leguminosas de molho é uma das etapas mais importantes do seu preparo, sabia? O mais indicado, inclusive, é manter os grãos submersos na água por cerca de 12 horas - assim, são liberadas enzimas e outras substâncias que devem ser descartadas.

O fitato (ou ácido fítico), em especial, é uma substância presente nas leguminosas que - além de atrapalhar a absorção de minerais (como ferro, zinco e cálcio) pelo nosso organismo - também dificulta bastante o processo digestivo, contribuindo para a formação dos gases. A maioria das leguminosas, o que inclui feijão, soja, grão-de-bico, lentilha e ervilha, também possui oligossacarídeos, que são um tipo de carboidrato de difícil digestão. Essas substâncias costumam chegar ao intestino grosso e, ao serem fermentadas por bactérias, levam à formação de gases.

O lado bom é que não é muito difícil tirar essas substâncias dos alimentos. Quando deixamos as leguminosas de molho durante bastante tempo (isto é, por pelo menos 12 horas), os níveis de oligossacarídeos diminuem e o fitato acaba sendo neutralizado por outras enzimas. No entanto, depois de deixar os grãos de molho, lembre-se de descartar a água e adicionar uma nova para iniciar o processo de cozimento. Essa é uma dica que garante uma boa limpeza das leguminosas, além de resolver o problema da formação de gases. Bem simples, né?

Obs.: Além das leguminosas e dos grãos (como o milho e a quinoa), as oleaginosas (como castanhas, amêndoas e nozes) também precisam ser deixados de molho para que os antinutrientes presentes nos alimentos sejam descartados. Seguindo essa dica de preparo, não tem erro!

Cozinhar o feijão por mais tempo é outra dica para acelerar o processo de digestão

Para quem sofre com dores de gases, outra sugestão interessante é cozinhar o feijão e outras leguminosas por mais tempo. Assim, os grãos ficam mais macios e são mais fáceis de digerir. No entanto, essa uma medida para quem realmente tem problemas maiores relacionados ao sistema digestório. Na maioria das vezes, deixar essa leguminosa de molho já é mais que suficiente!

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais