Pirâmide alimentar vegetariana: conheça os níveis para ter uma dieta equilibrada

A pirâmide alimentar vegetariana foi desenvolvida por profissionais que adaptaram o modelo tradicional para a dieta sem carne
A pirâmide alimentar vegetariana foi desenvolvida por profissionais que adaptaram o modelo tradicional para a dieta sem carne

Se você já ouviu falar da pirâmide alimentar, sabe que ela funciona como um "guia da boa alimentação". Dividida em 4 níveis, cada um deles representa um grupo de alimentos e o número de porções recomendadas diariamente, com o objetivo de garantir todos os nutrientes que o nosso organismo necessita. No entanto, o modelo tradicional não costuma atender os que decidem seguir uma alimentação sem carne. Nestes casos, o ideal é se basear na pirâmide alimentar vegetariana - criada por nutricionistas, que adaptaram o modelo original - para ter uma dieta bem equilibrada. Dá uma olhada na matéria para saber como ela funciona!

Primeiro nível é composto pelo grupo dos cereais

O grupo dos cereais é responsável por fornecer as doses diárias de energia que os vegetarianos precisam. Localizado no primeiro nível da pirâmide - justamente o que forma a sua base - o grupo é constituído pelos alimentos feitos à base de farinha (como pães e biscoitos), pelos cereais (como arroz, milho, cuscuz, macarrão, cevada, centeio, quinoa, aveia etc.), e pelos tubérculos, bulbos e raízes (como batata doce, batata inglesa, inhame e afins).

Conhecidos também como alimentos energéticos, o grupo dos cereais deve corresponder a maior parte do cardápio diário. Além disso, esses alimentos devem ser consumidos preferencialmente na sua forma integral e distribuídos entre 5 a 12 porções por dia.

Grupo dos vegetais e frutas compõem o segundo nível da pirâmide

Para abrir mão da carne adequadamente, é muito importante atentar-se ao segundo nível da pirâmide alimentar vegetariana. Formado pelo grupo dos vegetais e das frutas, é nesse nível que você encontra os poderosos benefícios das hortaliças folhosas (como rúcula, espinafre e couve), de todas as frutas e frutos ricos em vitaminas (como tomate, banana, maçã, mamão e melancia) e da grande variedade de legumes e verduras (como pimentão, brócolis, abobrinha e berinjela).

Por isso, diversifique o cardápio com shakes e vitaminas de frutas, saladas de folhas, sanduíches naturais e receitas vegetarianas (como o nugget vegetariano) e consuma pelo menos 3 porções diárias do segundo nível da pirâmide.

Terceiro nível é composto por leguminosas, oleaginosas e laticínios

Na pirâmide tradicional, o terceiro nível é composto pelos alimentos construtores que, em outras palavras, constituem o grupo das proteínas. No caso da dieta vegetariana, nesse momento o mais importante será obter não as proteínas em si, mas sim sais minerais e boa parte das vitaminas do complexo B presentes em carnes, aves e peixes. Para isso será preciso substituir esses alimentos por laticínios, leguminosas e oleaginosas. Afinal, eles possuem muitos dos nutrientes encontrados em diferentes tipos de carnes.

Isso significa que todos os tipos de leites e seus derivados, além de castanhas, amêndoas, nozes, feijão, lentilha, ervilha, soja e sementes em geral são muito bem vindos - e o ideal é consumir pelo menos 2 porções desses alimentos por dia.

Gorduras 'boas', açúcares e ovo preenchem o último nível da pirâmide

O topo da pirâmide é preenchido por óleos, azeites, açúcares e ovos. Eles são essenciais para manter o cardápio com 100% dos nutrientes necessários. Além de serem a principal fonte de lipídios (também conhecidos como "gorduras boas"), esses alimentos contribuem com boas doses de ômegas 3, 6 e 9 - muito presentes na carne do peixe - e proteínas, graças ao ovo.

Receitas:
Batata
Ver Mais

Últimas Matérias

Chá de cebola: para que serve e como preparar

Chá de cebola: para que serve e como preparar Chá de cebola: para que serve e como preparar

Que tal aproveitar cascas, talos, sementes e caules de vegetais para fazer diferentes receitas na cozinha? O chá de cebola, em especial, é uma bebida...

> Leia mais
Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Escolher tipos de queijo mais saudáveis para comer no dia a dia é importante para reduzir o consumo de sódio e gorduras. A mozzarella de búfala, em especial,...

> Leia mais
Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Considerado um prato vegano bem leve e nutritivo, o macarrão de abobrinha é fácil de preparar e fica delicioso! Aqui, em vez de usar o espaguete comum, a...

> Leia mais
Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran é sinônimo de saúde e você precisa experimentar! Este é um dos tipos de aveia e faz parte de receitas culinárias mais saudáveis, como o preparo de...

> Leia mais
Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais