Pimentão verde, amarelo e vermelho: as diferenças e vantagens de cada um deles

Os pimentões verde, amarelo e vermelho se tratam de uma mesma espécie, a diferença é que elas foram colhidas em tempos de maturação diferentes
Os pimentões verde, amarelo e vermelho se tratam de uma mesma espécie, a diferença é que elas foram colhidas em tempos de maturação diferentes

Produto recomendado

Pimentão verde orgânico Taeq 400g

Pimentão verde orgânico Taeq 400g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Muito utilizado como ingrediente complementar, o pimentão chama a atenção por ser encontrado em três dos seis grupos de alimentos da dieta cromática. Afinal, ele pode ser tanto verde quanto amarelo ou vermelho - há também o roxo, o creme e o laranja, mas eles não são muito comuns. E ao contrário do que muita gente acredita, esses tipos se tratam de um mesmo pimentão, e não de espécies diferentes. A cor varia simplesmente porque a colheita foi feita em períodos distintos. Pois é, simples assim. Por isso é possível compreender por que o pimentão verde é o mais barato e o vermelho o mais caro. Como a própria coloração indica, um está literalmente verde, enquanto o amarelo está em processo de amadurecimento e o vermelho completamente maduro.

Os três tipos de pimentões possuem nutrientes em comum

Embora cada um dos tipos de pimentão tenha algum nutriente de destaque, alguns deles são compartilhados porque se trata de uma mesma hortaliça-fruto. Em primeiro lugar, todos são ricos em fibras, o que ajuda a regular o sistema digestório e evita a prisão de ventre. Também é fonte de ferro, sendo muito indicado para evitar ou mesmo combater a anemia. Lembrando que essa doença pode comprometer o sistema imunológico ao provocar fadiga, fraqueza e palidez. Isso combinado às suas propriedades antioxidantes permite que o corpo fique mais resistente a doenças.

O pimentão também possui boas quantidades de cálcio, prevenindo a osteoporose ao deixar os ossos mais fortes. Fósforo é outro mineral que merece destaque nessa hortaliça-fruto. Ele ajuda a metabolizar o carboidrato, gerando mais energia para o corpo. Além disso, possui grande participação na formação dos nossos ossos e dentes, atuando diretamente com o cálcio.

Pimentão verde é ótimo para quem quer emagrecer

Por não ter amadurecido ainda, o seu sabor é o mais azedo dos três. Essa também é a opção menos calórica, sendo a mais indicada para quem quer fazer dietas. Ao mesmo tempo, a sua acidez pode incomodar o estômago e dificultar a digestão. Rico em vitamina E, nutriente com forte poder antioxidante, também é muito indicado na prevenção de doenças. Vale lembrar que esse é o tipo mais barato, já que ficou sendo cultivado por menos tempo, e por isso precisou de menos investimento de produção.

Pimentão amarelo é fonte de vitamina C

Aqui quem rouba a atenção é a vitamina C, já que ela aparece em grandes quantidades no pimentão amarelo. Além de ser um agente antioxidante, esse nutriente ajuda na absorção de ferro pelo organismo. Lembrando que o mineral já está presente na hortaliça-fruto, o que significa que se ele for consumido regularmente as suas chances de ter anemia reduzem consideravelmente. Em relação à culinária, esse tipo possui um sabor levemente mais adocicado que os demais.

Pimentão vermelho ajuda no crescimento e desenvolvimento do tecido da pele

Por fim, o último da lista é rico em vitamina A. Mais uma vez é preciso destacar o seu poder antioxidante, mas além disso o nutriente se destaca por ser de extrema importância para o crescimento e desenvolvimento do tecido da pele. Além disso, o pimentão vermelho previne a degeneração muscular e melhora a saúde dos olhos, chegando inclusive a deixar a visão noturna mais aguçada. Sua coloração vermelha também é fonte de vitamina C, o que torna essa hortaliça-fruto ainda mais rica em nutrientes.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais