Peixe cru é saudável? Saiba como preparar pescados da forma mais segura

O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne
O consumo de peixe cru é sim muito saudável! É só ficar atento aos cuidados de higiene, tanto na hora da compra como no preparo da carne

Produto recomendado

Filé de tilápia congelado Taeq 500g

Filé de tilápia congelado Taeq 500g

Botão do Pão de Açúcar Delivery

Você gosta de peixe cru? Seja salmão, tilápia e outros tipos de pescados, o consumo da carne crua é sempre motivo de dúvidas, mitos e verdades. No entanto, quando falamos nesse tipo de culinária, não tem meio termo: Quem come defende e quem não come critica. Por isso, para sanar os dilemas, vamos descobrir e destrinchar os benefícios desse tipo de preparação, tão comum da gastronomia japonesa, para a nossa saúde alimentar.

Apesar de muitos ainda "torcerem o pescoço" para preparações não cozidas, os peixes crus são sim opções saudáveis e saborosas para a nossa alimentação. Segundo a nutricionista Tamara Castro, com equilíbrio e atenção às questões de higiene, seguindo as normas impostas pela Vigilância Sanitária, essa forma de cozinhar é altamente benéfica:

"O hábito de consumir peixe cru pode ser bastante saudável desde que algumas considerações sejam observadas. Ao consumirmos peixe cru em restaurantes, por exemplo, devemos sempre estar atentos se o estabelecimento em questão segue todas as normas da Vigilância Sanitária quanto aos processos de Boas Práticas de Manipulação, uma vez que, o peixe cru pode ser contaminado pelos manipuladores que não obedecem as regras higiênico-sanitárias", explica a profissional.

Como escolher o peixe certo para se comer cru?

De acordo com a Dra. Tamara, para consumir o peixe cru é necessário que o mesmo fique congelado por sete dias sob temperatura adequada (-20°C), a fim de eliminar possíveis contaminações parasitárias. "A norma estabelecida pela Vigilância diz que o distribuidor ou o importador é obrigado a fazer esse congelamento antes de vender a mercadoria para os estabelecimentos. A Anvisa orienta também que, os peixes frescos não sejam consumidos crus, devendo passar por processo de cocção (cozinhar, grelhar, assar, fritar)", completa a profissional, ressaltando que, ao se dirigir aos mercados e peixarias, é importante estar atento às características organolépticas (odor, cor, textura, sabor e etc) dos pescados:

"Para escolher um bom peixe fresco o odor não deve ser pútrido devendo estar de acordo com a espécie escolhida; os olhos devem estar brilhantes e ocupar toda a cavidade ocular; as escamas têm que estar firmes e resistentes e de coloração translúcida e brilhante; as guelras devem estar vermelhas ou rosadas e úmidas", alerta a especialista.

Peixes para consumir cru - Salmão, atum, linguado, haddock, tilápia, seja como sashimis ou ceviches.

Os peixes crus e os seus benefícios

Os pescados são alimentos saudáveis e muito requisitados em um plano alimentar equilibrado. São fontes de proteínas, vitaminas e minerais eles são fundamentais para proporcionar bem-estar para o nosso organismo:

Salmão: Fonte ômega 3, o ácido graxo é responsável por atuar na prevenção das doenças cardiovasculares, tornando o coração forte e saudável.

Atum: Rico em proteínas, minerais, vitaminas e ômega 3, o pescado previne doenças como o Alzheimer e demência, por exemplo, mantendo nosso cérebro sempre ativo.

Linguado: Com poderosos agentes antioxidantes em sua composição, o linguado atua na proteção das ações dos radicais livre no nosso corpo.

Tilápia: Fonte de vitaminas do complexo B, fósforo e potássio, ela é essencial para tornar os nossos dentes, ossos e músculos saudáveis, prevenindo a osteoporose e outras complicações.

"Os peixes são fontes de proteínas, vitaminas e minerais, e, a maioria, possui ômega 3, um potente anti-inflamatório capaz de ajudar na prevenção de doenças, principalmente cardiovasculares, diminuindo o colesterol ruim (LDL) e aumentando o colesterol bom (HDL) e auxiliando também no controle da pressão arterial", explica Tamara.

Recomendação de consumo - A quantidade indicada varia de acordo com a individualidade bioquímica de cada um, segundo Tamara Castro: "De maneira geral, o consumo de peixe cru deve ser esporádico e evitado por crianças, gestantes e idosos, devido à maior vulnerabilidade para contrair doenças", finaliza a nutricionista.

*Tamara Castro (CRN: 12101120) é nutricionista e disponibiliza sua página no Facebook e no Instagram para contato e outras informações.

Mais noticias com...
Receitas:
Salmão
Ver Mais

Últimas Matérias

Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa Como montar uma tábua de frios saudável para receber os amigos em casa

Receber os amigos em casa é sempre algo divertido, né? Mas para que o encontro seja ainda mais agradável, nada melhor que preparar um lanchinho ou uma mesa...

> Leia mais
5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar 5 programas que são a cara do outono e que você deveria adotar

A chegada do outono é sempre gostosa, né? A estação traz consigo uma temperatura mais amena e um climinha ótimo para fazer um pouco de tudo - ficar em casa...

> Leia mais
Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica Abrótano: para que serve e como consumir essa planta fitoterápica

Você já ouviu falar no abrótano? De nome científico Artemisia abrotanum, essa planta medicinal é muito usada no preparo de chás. Ela é originária da Ásia,...

> Leia mais
Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis Quer comer melhor? Aprenda a adaptar receitas para fazer pratos mais saudáveis

Existem algumas receitas saborosas - como frituras e doces - que acabam sendo muito calóricas e maléficas para o organismo. Isso porque elas são fontes de...

> Leia mais
Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros Como fazer feijão e grão-de-bico? As dicas para preparar leguminosas sem erros

Para quem é vegano ou vegetariano é muito importante incluir leguminosas no cardápio diário. Elas são fontes importantes de ferro, proteínas e garantem uma...

> Leia mais
Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal Unha de gato: o que é e para que serve essa planta medicinal

Pertencente ao universo das plantas medicinais, a unha de gato é uma erva muito usada em tratamentos fitoterápicos - sendo consumida em forma de chá ou...

> Leia mais
Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou Desafio: viciada em refrigerante fica 7 dias sem a bebida e conta o que mudou

Com que frequência você bebe refrigerante? No caso da cineasta Nathália Souza, de 26 anos, a resposta é "todos os dias". "Na época de faculdade bebia de duas...

> Leia mais
Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D Qual o melhor horário para tomar sol? Saiba como absorver mais vitamina D

Você já deve ter ouvido falar sobre a importância de tomar sol. Afinal, a exposição aos raios solares ativa a produção de vitamina D que, por sua vez,...

> Leia mais
Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil Comida coreana: 4 pratos dessa gastronomia, que vem se popularizando no Brasil

Experimentar pratos de culinárias diferentes é sempre algo interessante. As comidas coreanas, em especial, vêm se popularizando bastante no Brasil -...

> Leia mais
Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo

Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo Como reduzir o sabor amargo dos vegetais durante o seu preparo

Existem muitos vegetais - como jiló, berinjela e agrião - que têm um sabor mais amargo e, por isso, não agradam o paladar de muitas pessoas (principalmente o...

> Leia mais