Para que serve a luteína? Entenda sua importância para o nosso corpo

Para incluir a luteína na alimentação, o mais indicado é comer vegetais verdes folhosos (como o espinafre) e gema de ovo
Para incluir a luteína na alimentação, o mais indicado é comer vegetais verdes folhosos (como o espinafre) e gema de ovo
Cristiane Coronel

Consultor:

Cristiane Coronel

Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Presentes em vegetais verdes, vermelhos, amarelos, alaranjados e outros, os carotenoides são fitonutrientes indispensáveis para o organismo - protegem as células contra o estresse oxidativo, melhoram o metabolismo e fortalecem a imunidade. A luteína, em especial, é um tipo de carotenoide de forte ação antioxidante que deve estar presente na dieta de todos. Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Cristiane Coronel, que falou mais sobre as particularidades da luteína: para que serve, quais são seus benefícios e principais fontes.

Para que serve a luteína?

Assim como a zeaxantina, a luteína é uma substância não produzida naturalmente pelo organismo. Por isso, de acordo com a nutricionista Cristiane Coronel, é fundamental consumir alimentos ricos nesse carotenoide - afinal, ele cumpre funções indispensáveis para a saúde. "A luteína é uma substância chamada carotenoide, um composto com pigmentação amarela (mas que pode estar presente em ) e que se solubiliza em gorduras. Ela é muito importante para o organismo, principalmente no âmbito da saúde ocular e atua contra o envelhecimento precoce da pele, considerada um potente antioxidante", explica a profissional.

Quais são os alimentos ricos em luteína?

Para preservar a mácula ocular (evitar problemas de visão), melhorar a saúde da pele, dos cabelos, inibir os radicais livres e otimizar o metabolismo, é importante manter um bom nível de carotenoides na alimentação. O recomendado, por exemplo, é ingerir cerca de 15 mg de luteína por dia para evitar possíveis problemas de saúde. De acordo com a nutricionista, as principais fontes dessa substância são: "Gema de ovos, milho, couve, brócolis, rúcula, espinafre, mostarda, chicória, aipo, alface e agrião. Ao menos 2 desses alimentos devem estar na alimentação diária para oferecer uma boa fonte de luteína para o corpo", recomenda.

Você sabia que, em alguns casos, também é necessário fazer suplementação de luteína? De acordo com Cristiane Coronel, é importante ter os exames em dia - e consultar regularmente profissionais da saúde - para evitar possíveis deficiências nutricionais. "A suplementação de luteína é necessária quando a pessoa não faz o consumo adequado das fontes alimentares desse carotenoide. É necessária uma avaliação por nutricionista para saber a necessidade de suplementação e como fazer", afirma.

A nutricionista ainda destaca que a carência extrema de luteína pode ser bastante prejudicial para a saúde - por isso, é importante atentar para haver um consumo equilibrado do carotenoide. "A falta dessa substância no corpo, pode causar envelhecimento precoce da pele, queda do sistema imunológico e aparecimento precoce de catarata. A suplementação de luteína quase não apresenta efeitos colaterais nem dosagem de toxicidade. O que se pode notar é um possível amarelamento da pele e dos olhos com seu excesso", finaliza Cristiane.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Chá de cebola: para que serve e como preparar

Chá de cebola: para que serve e como preparar Chá de cebola: para que serve e como preparar

Que tal aproveitar cascas, talos, sementes e caules de vegetais para fazer diferentes receitas na cozinha? O chá de cebola, em especial, é uma bebida...

> Leia mais
Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo Mozzarella de búfala: conheça os benefícios desse tipo de queijo

Escolher tipos de queijo mais saudáveis para comer no dia a dia é importante para reduzir o consumo de sódio e gorduras. A mozzarella de búfala, em especial,...

> Leia mais
Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar Macarrão de abobrinha é saudável e não tem glúten! Aprenda a preparar

Considerado um prato vegano bem leve e nutritivo, o macarrão de abobrinha é fácil de preparar e fica delicioso! Aqui, em vez de usar o espaguete comum, a...

> Leia mais
Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia Oat bran: saiba tudo sobre esse tipo de aveia

Oat bran é sinônimo de saúde e você precisa experimentar! Este é um dos tipos de aveia e faz parte de receitas culinárias mais saudáveis, como o preparo de...

> Leia mais
Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta Sobremesa de morango: 3 sugestões de doces com a fruta

Quem não gosta de uma sobremesa de morango logo depois de um almoço de domingo, né? Os preparos com a fruta vermelha são supernutritivos e garantem um sabor...

> Leia mais
Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios Queijo cottage: nutricionista explica o que é e quais são os benefícios

O queijo cottage é uma opção simples e saudável para adicionar mais proteína às refeições! É possível encontrar diferentes tipos de queijo no mercado, mas...

> Leia mais
Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos Qualidade desde a Origem: as boas práticas de Taeq para controle dos alimentos

É sempre bom conhecer a origem dos alimentos que consumimos, não é mesmo? Melhor ainda é ter a certeza de que a comida que colocamos no prato passou por...

> Leia mais
Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia Ovo cozido: conheça os benefícios e variações para comer todo dia

O ovo cozido está presente na rotina alimentar dos brasileiros, principalmente daqueles que treinam regularmente e estão em busca de massa muscular magra!...

> Leia mais
Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente Mindful eating: 10 passos para desenvolver uma alimentação consciente

Praticar exercícios de mindfulness (atenção plena) ajuda a melhorar o foco, a memória, a concentração e ainda reduz o estresse e a ansiedade. A melhor parte...

> Leia mais
Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante Suco de uva branco é uma delícia! Conheça os benefícios dessa bebida refrescante

Adicionar alimentos light à rotina alimentar pode ser uma ideia muito saudável e o Suco de Uva Branco Integral Taeq é o exemplo perfeito disso! A bebida...

> Leia mais