Os riscos dos agrotóxicos para a saúde e como retirar seu excesso dos alimentos

De acordo com a nutricionista doutora em Bioquímica Anete Mecenas, uma boa sugestão é lavar bem os vegetais antes de consumi-los para tirar o excesso de agrotóxicos
De acordo com a nutricionista doutora em Bioquímica Anete Mecenas, uma boa sugestão é lavar bem os vegetais antes de consumi-los para tirar o excesso de agrotóxicos
Anete Mecenas

Consultor:

Anete Mecenas

Doutora em Bioquímica pela UFRJ, Mestre em Ciências Farmacêuticas pela UFRJ e especialista em Nutrigenômica na prática clínica e esportiva. É coordenadora, docente e pesquisadora do curso de Nutrição da UNESA.

Ter uma alimentação completamente livre de agrotóxicos é algo bem difícil, né? Afinal, apenas os alimentos orgânicos - cultivados de maneira sustentável - estão realmente livres dessas substâncias químicas.

O grande perigo, que muita gente não sabe, é que esses inseticidas podem causar doenças graves a longo prazo. Por isso, é muito importante buscar uma alimentação cada vez mais sustentável, dando preferência aos alimentos orgânicos. Para saber mais sobre os malefícios causados pelos agrotóxicos, nós conversamos com Anete Mecenas, que é nutricionista doutora em Bioquímica pela UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Ela esclareceu muitos pontos importantes sobre o assunto, dando dicas para quem quer diminuir o consumo dessas substâncias tóxicas no dia a dia. Confira!

Consumo de agrotóxicos a longo prazo favorece o surgimento de câncer, distúrbios neurológicos e endócrinos

Os agrotóxicos são, basicamente, substâncias químicas usadas em plantações para proteger os alimentos contra pragas e doenças. O problema é que esses inseticidas - além de matarem insetos nas plantações - também acabam contaminando os alimentos (pimentão, batata, cenoura, tomate, alface e vegetais diversos). Ou seja, são muitos os que contêm substâncias tóxicas, principalmente os cultivados em grandes plantações.

A longo prazo, o consumo desses alimentos contaminados pode fazer muito mal ao corpo - favorecendo, inclusive, o surgimento de cânceres, distúrbios neurológicos e endócrinos. Em 2017, pesquisadores da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) descobriram que mulheres grávidas que moram em áreas rurais - próximo a plantações que utilizam agrotóxicos - são muito afetadas pelos inseticidas. Neste caso, os bebês têm maiores chances de nascer com más-formações e doenças crônicas. Não é à toa que essas substâncias químicas são chamadas de veneno, né?

É possível tirar o excesso de agrotóxicos dos alimentos durante a sua higienização?

A nutricionista doutora em Bioquímica Anete Mecenas destaca que é possível sim tirar o excesso de agrotóxicos dos alimentos - mas isso demanda uma lavagem cuidadosa e, de preferência, com o uso de alguns produtos específicos (como o bicarbonato de sódio).

"A lavagem dos alimentos em água corrente pode contribuir para a redução dos agrotóxicos. Mas, para realmente garantir uma boa limpeza, uma boa dica é recorrer às soluções de uso doméstico (como as com bicarbonato de sódio), pois elas são mais eficazes na redução destas substâncias químicas", conta a nutricionista.

Mesmo assim, não pense que é possível remover todo o agrotóxico do alimento, ok? De acordo com a nutricionista, as coisas não são tão simples quanto parecem. "É importante destacar que os agrotóxicos podem estar presentes na pele ou na polpa do alimento. Além disso, o modo de ação do agrotóxico deve ser levado em consideração - os inseticidas ficam preferencialmente na superfície do alimento, mas resíduos dos produtos sistêmicos tendem a se mover para camadas mais profundas dos vegetais. Desta forma, não será possível eliminar totalmente o agrotóxico dos alimentos", explica Anete.

Para complementar, a nutricionista também citou uma pesquisa acadêmica muito útil, mostrando como é possível reduzir de forma simples a quantidade de agrotóxicos de alguns alimentos. "O resultado de um estudo apontou que o uso de bicarbonato de sódio (5%) em água reduz em 83% a quantidade de clotanolil (um tipo de agrotóxico) presente na casca do tomate. A retirada das cascas também pode reduzir em mais de 50% a presença de agrotóxicos nos alimentos. Além disso, no experimento, a utilização de bicarbonato de sódio 1,5% e ácido acético (vinagre) reduziram em 72% e 68%, respectivamente, a quantidade deste agrotóxico no tomate", finaliza a doutora em Bioquímica.

Mais noticias com...
Receitas:
Cenoura
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentação ruim prejudica a visão? O que evitar para garantir a saúde dos olhos

Alimentação ruim prejudica a visão? O que evitar para garantir a saúde dos olhos Alimentação ruim prejudica a visão? O que evitar para garantir a saúde dos olhos

Uma alimentação saudável não se baseia apenas em frutas, legumes, verduras e alimentos naturais! Também é importante restringir certos produtos gordurosos e,...

> Leia mais
Agradecer faz bem! 7 razões para ser grato todos os dias

Agradecer faz bem! 7 razões para ser grato todos os dias Agradecer faz bem! 7 razões para ser grato todos os dias

Sabia que agradecer faz bem para a saúde? Segundo alguns psicólogos, a gratidão ajuda as pessoas a ficarem menos ansiosas, depressivas e estressadas. Esse...

> Leia mais
Macarrão konjac é bom? Saiba tudo sobre esse alimento que substitui a massa

Macarrão konjac é bom? Saiba tudo sobre esse alimento que substitui a massa Macarrão konjac é bom? Saiba tudo sobre esse alimento que substitui a massa

Você já ouviu falar no konjac? De origem japonesa, essa planta medicinal costuma ser preparada em forma de macarrão, rendendo receitas diversas. Ela é...

> Leia mais
5 alimentos que aumentam a testosterona de forma natural

5 alimentos que aumentam a testosterona de forma natural 5 alimentos que aumentam a testosterona de forma natural

Você sabia que alguns alimentos estimulam a produção de hormônios? Por isso, controlar a nossa dieta é algo tão importante! Quando o homem fica com níveis...

> Leia mais
O que comer primeiro no café da manhã? Descubra se há ordem para essa refeição

O que comer primeiro no café da manhã? Descubra se há ordem para essa refeição O que comer primeiro no café da manhã? Descubra se há ordem para essa refeição

Muitos nutricionistas dizem que o café da manhã é a refeição mais importante, e ele realmente é essencial: um desjejum reforçado, com muitos nutrientes,...

> Leia mais
Já ouviu falar na couve kale? Veja os benefícios desse superalimento

Já ouviu falar na couve kale? Veja os benefícios desse superalimento Já ouviu falar na couve kale? Veja os benefícios desse superalimento

Considerada um superalimento, a couve kale é muito bem vista no quesito nutricional, considerada saudável (rica em substâncias benéficas) e versátil, pois...

> Leia mais
Bolo de caneca saudável: 4 receitas para quem não quer abrir mão de ser fit

Bolo de caneca saudável: 4 receitas para quem não quer abrir mão de ser fit Bolo de caneca saudável: 4 receitas para quem não quer abrir mão de ser fit

Bolo na caneca é uma delícia! Quentinho e prático, ele é a sobremesa perfeita para quem ama doces. Mas será que é possível comê-lo sem deixar de lado a...

> Leia mais
Limonada suiça, rosa e mais! Como fazer receitas de diferentes versões da bebida

Limonada suiça, rosa e mais! Como fazer receitas de diferentes versões da bebida Limonada suiça, rosa e mais! Como fazer receitas de diferentes versões da bebida

Os dias quentes pedem sombra, água fresca e... Limonada! Essa bebida muito popular é sempre a escolhida no verão e em tempos de calor por ser refrescante,...

> Leia mais
Glúten faz mal? Descubra o que a ciência tem a dizer sobre o assunto

Glúten faz mal? Descubra o que a ciência tem a dizer sobre o assunto Glúten faz mal? Descubra o que a ciência tem a dizer sobre o assunto

Você já deve ter ouvido falar em dietas altamente restritivas - e polêmicas - que propõem o corte radical do glúten. A ideia, um tanto controversa, é...

> Leia mais
8 nutrientes que devem estar na alimentação de crianças em fase de crescimento

8 nutrientes que devem estar na alimentação de crianças em fase de crescimento 8 nutrientes que devem estar na alimentação de crianças em fase de crescimento

Montar uma dieta saudável e nutritiva para as crianças é importante por diversos motivos. É necessário garantir a saúde, fortalecer a imunidade e, claro,...

> Leia mais