Os principais alérgenos alimentares e o que evitar caso não possa consumi-los

Proteína do leite é uma das principais substâncias que podem causar alergias alimentares
Proteína do leite é uma das principais substâncias que podem causar alergias alimentares

É muito importante se prevenir contra os alérgenos alimentares. Para os que ainda não sabem, essas são substâncias que podem provocar uma reação "exagerada" do sistema imunológico, presentes em alimentos, plantas ou animais. Este é o caso de celíacos, dos alérgicos à proteína do leite e dos que têm reações incomuns quando comem oleaginosas (como amendoim e nozes), por exemplo. Mas, afinal, como fazer para evitá-los (caso você não possa consumi-los)? Para saber mais, dá uma olhada na matéria!

Glúten é um dos principais vilões da alergia alimentar

Um dos tipos de intolerâncias mais comuns quando se trata de alergia alimentar, o glúten é uma proteína vegetal - encontrada principalmente no trigo, no centeio, na aveia e na cevada - que pode causar fortes dores no estômago, diarreia crônica, excesso de gases e aftas na boca.

Ele faz parte da maioria das receitas tradicionais de bolos, pães, massas, biscoitos, tortas e todos os pratos que, de alguma forma, possuem farinha de trigo como um dos ingredientes. E justamente por isso é muito difícil contornar essa proteína.

Viver sem o glúten exige uma alimentação mais natural. Por isso, caso você seja celíaco, aumente a ingestão de verduras, frutas e leguminosas, opte pelas farinhas de coco, arroz ou mandioca e abuse de bebidas de soja, leites e queijos para conseguir obter todos os nutrientes normalmente.

Substituir leite e derivados da alimentação pode ser prejudicial à saúde, por isso tome certos cuidados necessários

A alergia ao leite (geralmente) é identificada ainda na infância, e definitivamente é uma das mais cruéis de todas. Afinal, a nossa grande fonte de cálcio está presente em iogurtes, sorvetes, pizzas, bolos, chocolates e diversos alimentos deliciosos. Ao mesmo tempo, não há motivos para desespero, já que hoje é bem mais fácil encontrar opções zero lactose e alternativas saudáveis.

Para evitar o consumo de leites e derivados, a primeira coisa que você deve fazer é buscar um acompanhamento médico (especialmente de um nutricionista). A substituição da proteína do leite da vaca pode causar certas carências ao corpo - visto que ela é fonte de nutrientes essenciais para a saúde do organismo, como vitaminas A, B2, B6 e B12 e vários sais minerais.

Dica: Dietas sem lactose costumam ser recheadas de proteínas vegetais, animais e folhas verde-escuras.

Oleaginosas podem gerar reações alérgicas

Castanhas, nozes, amêndoas, avelã, pistache, macadâmia e amendoim. Infelizmente, as frutas oleaginosas também possuem um alto potencial alergênico. As reações alérgicas podem até não ocorrer de imediato, mas os que apresentarem qualquer tipo de reação diferente depois do consumo é bem possível que estejam com intolerância.

Consumidas em qualquer época do ano - sobretudo em comemorações natalinas -, as frutas acompanham barrinhas cereais, mixes de "nuts", pães multigrãos, saladas, chocolates, produtos industrializados etc. Então, fique atento!

Alergia a peixes e frutos do mar é uma das mais comuns

Todo mundo sabe que consumir peixes e frutos do mar é essencial para ter uma alimentação saudável. Sinônimos de saúde, são conhecidos por serem ricos em ômega 3, ácidos graxos (ou "gorduras boas"), vitaminas do complexo B e muitos outros nutrientes. Mesmo assim, a alergia a esses alimentos é bastante comum em adultos e crianças, causando sintomas ainda mais graves dos que vimos até aqui - como falta de ar, pulso fraco e coceira em várias partes do corpo.

Então, já sabe, né? Evite camarão, lula, lagostas, moluscos, siris, ostras, mexilhões, salmão, truta e todos os pratos que levem alimento marinho em sua composição. Gurjão de peixe, paella e a própria culinária japonesa são alguns exemplos que podem causar alergia.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais