Os mitos e verdades sobre exercícios físicos que todo mundo deveria saber

Realizar exercícios físicos em jejum de fato queima mais calorias, mas não é uma prática recomendada
Realizar exercícios físicos em jejum de fato queima mais calorias, mas não é uma prática recomendada

Você sabia que atividade física e exercício físico não são a mesma coisa? Na verdade, esse é um dos principais mitos da prática! Enquanto a atividade física compreende boa parte das tarefas comuns do nosso dia a dia - como andar até a padaria pela manhã - os exercícios são sinônimos de condicionamento, musculação, academia e boa forma. Viu como é diferente? Além dessa inverdade, existem muitos outros mitos e verdades sobre o assunto. Por isso, nós listamos os principais para você nunca mais se equivocar a respeito do tema. Confira!

Atividade física em excesso faz mal - Verdade!

A verdade é que absolutamente tudo em excesso faz mal. Mas exagerar especialmente nos exercícios físicos pode prejudicar todo o funcionamento do corpo, aumentando os riscos de desenvolver problemas de saúde.

Uma coisa é combater o sedentarismo com práticas regulares, moderadas e monitoradas de exercícios - algo completamente válido e benéfico para o organismo. Outra, é não respeitar os intervalos de descanso do corpo e acabar provocando hipertrofia muscular, pouca retenção de glicose, baixa imunidade e uma série de consequências negativas. Então, cuidado! Pratique atividades com parcimônia e sempre almeje o seu bem estar.

Grávidas não podem praticar exercícios - Mito!

Quem for gestante pode - e deve - praticar exercícios diários. Afinal, manter-se ativa promove mais disposição, energia e ânimo durante a gravidez. E não são só as mamães que se beneficiam dessa relação - pilates, caminhadas, hidroginásticas, natação e qualquer tipo de atividade leve/moderada, sob orientação médica, é ideal para esse período. Uma boa alimentação aliada a prática de exercícios pode aliviar os sintomas mais intensos da gravidez e garantir uma saúde de ouro!

Treinar em jejum emagrece - Verdade! (mas é extremamente perigoso)

Praticar exercícios físicos em jejum, de fato, queima mais calorias. A ideia é que o utilize a gordura armazenada para gerar energia - ao invés de utilizar a glicose, nosso combustível comum. A má notícia é que ficar sem se alimentar por muitas horas e logo depois fazer um treinamento intenso não é nada recomendado.

Os motivos são vários: você pode ter um mal estar repentino, diminuir o nível de açúcar no sangue (gerando uma crise hipoglicêmica), atrofiar os músculos e ainda correr o risco de se alimentar muito mais do que deveria depois de todo o processo. Ou seja, já deu pra entender que é melhor não dispensar a primeira refeição do dia, né? Até porque, segundo os nutricionistas ela também é a mais importante!

'Sem dor, sem ganho' - Mito e verdade!

Você provavelmente já escutou alguém dizer "sem dor, sem ganho" por aí - sobretudo em ambientes de academia. Proveniente da expressão em inglês "no pain, no gain", a frase age como um estimulante para os que praticam exercícios físicos intensos e sintetiza a ideia de que sem algum tipo de dor física não há como obter os resultados necessários com a prática.

A expressão pode até ser exagerada (e considerada, em partes, uma mentira) mas tem o seu fundo de verdade. É claro que não é necessário sentir dor para alcançar objetivos. Mas, se a frase sintetizar uma ideia de esforço e desempenho constante, ela passa a ser considerada verdadeira quando se trata sobre a prática de exercícios. Afinal, desistir da academia é muito simples né? Justamente por isso precisamos de paciência, foco e muita determinação.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais