Ortorexia: em que momento comer alimentos saudáveis se torna uma obsessão?

Restringir demais ou até mesmo reduzir a quantidade de alimentos podem ser sintomas da ortorexia
Restringir demais ou até mesmo reduzir a quantidade de alimentos podem ser sintomas da ortorexia
Cristiane Coronel

Consultor:

Cristiane Coronel

Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Buscar uma alimentação saudável é algo importante para ter uma vida equilibrada. Mas quando isso se torna uma obsessão - a ponto de a pessoa ficar neurótica com a rotina alimentar - passa a ser um problema. Essa é a definição de ortorexia: um transtorno alimentar no qual o indivíduo fica obcecado pela dieta. Para entender melhor como esse transtorno funciona, nós conversamos com a nutricionista Cristiane Coronel. Ela esclareceu muitos pontos importantes - confira!

Como saber se você está exagerando na dieta

Uma dúvida que costuma surgir é como a pessoa sabe se está (ou não) exagerando na dieta. Para esclarecer esse ponto, a nutricionista Cristiane Coronel citou alguns indícios que mostram quando o indivíduo está em um ciclo ortoréxico. "Pode existir a negação constante de consumo de alimentos que não sejam preparados pela própria pessoa; privação de eventos sociais como datas comemorativas de aniversários, festas, restaurantes, dentre outros. Muitas vezes, se a pessoa não leva seus próprios alimentos, fica em períodos extensos de jejum para não colocar nada na boca que não esteja previsto e correto, do ponto de vista do paciente", comenta a profissional.

Além disso, a nutricionista também destacou que algumas manias, como ficar obcecado pela tabela nutricional dos alimentos ou até mesmo inventar restrições alimentares exageradas podem constituir um quadro ortoréxico: "Outros indícios da ortorexia são: quando o indivíduo não apresenta doenças de origem alimentar, mas leva sua própria refeição para restaurantes e eventos que ofereçam variedades de alimentos; manias como analisar diariamente (e repetidamente) rótulos de alimentos e a preocupação excessiva com as questões éticas, ideológicas e/ou filosóficas dos alimentos", complementa Cristiane.

Cortar nutrientes da dieta por conta própria pode ser perigoso

O grande problema da ortorexia está justamente no exagero relacionado à rotina alimentar. Em uma onda de obsessão com o corpo e "dietas milagrosas", muitas pessoas acabam tornando-se obcecadas por evitar doces, gorduras e até mesmo carboidratos (que são substâncias importantes para a saúde do corpo). A nutricionista destacou como pode ser problemática essa onda de restringir nutrientes. "Atualmente, temos grupos grandes de pessoas que aboliram certos grupos alimentares sem necessidade, como por exemplo, o glúten. Pessoas que não são sensíveis ou alérgicas à gliadina (proteína do trigo), mas que cortaram o glúten totalmente da dieta, com a ideia de que faz mal e ponto final. Essa exclusão de grupos alimentares sem necessidade pode, sim, gerar problemas sérios à saúde. Sem as substituições corretas, o indivíduo pode apresentar falta de nutrientes no corpo e apresentar uma série de problemas, dentre eles, se tornar sensível às substâncias que não era sensível antes", explica a nutricionista.

Como fugir da ortorexia?

Para fugir desse ciclo de ortorexia, o primeiro passo é reeducar a mente para buscar uma alimentação mais equilibrada - com hábitos saudáveis, mas sempre de forma dosada e consciente! Além disso, é muito importante ter um acompanhamento frequente com um nutricionista. De acordo com a Cristiane Coronel, esse é um dos pontos mais importantes: "O ideal é sempre ter orientação do nutricionista e psicólogo mensalmente. Se o indivíduo já apresenta tendências maníacas, deve tomar o máximo de cuidado com a dieta para não piorar", finaliza a profissional.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta

Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta Casca de maracujá: 5 motivos para nunca desperdiçar essa parte fibrosa da fruta

Nada mais gostoso que um suco de maracujá para relaxar, não é mesmo? A fruta é famosa pelo seu sabor inigualável e suas propriedades calmantes. Mas o que...

> Leia mais
Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta

Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta Receitas com pitaya: 4 opções saudáveis que farão você se deliciar com a fruta

A pitaya é uma fruta deliciosa e ainda pouco conhecida por muita gente. Apelidada de "fruta do dragão", por suas cores diferentes e chamativas e seu aspecto...

> Leia mais
Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina

Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina Oca do Peru: os benefícios desse tubérculo famoso na culinária andina

Ao ler o nome oca talvez você pense que estamos falando sobre a moradia tradicional indígena, mas não! Também conhecida como oca do Peru, esse tubérculo é...

> Leia mais
Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor

Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor Você conhece o glutamato monossódico? Saiba os perigos do realçador de sabor

Você provavelmente já passou por ele sem nem perceber várias vezes. Isso porque esse ingrediente se disfarça sob várias "identidades": realçador de sabor,...

> Leia mais
Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais