Orgânicos: como e por que passar a consumir apenas alimentos naturais

Alimentos orgânicos podem ser tanto frutas e verduras quanto carnes e outros produtos de origem animal, como ovos
Alimentos orgânicos podem ser tanto frutas e verduras quanto carnes e outros produtos de origem animal, como ovos

Não há como negar que os alimentos orgânicos, muitas vezes considerados superalimentos, são uma tendência que veio para ficar. Sua ideia principal é que tudo deve ser 100% natural, o que no caso de legumes e verduras significa não possuir nenhum traço de agrotóxico, já que as plantas crescem de acordo com o ritmo da natureza. Ao mesmo tempo, a carne também pode ser orgânica. Isso significa que o os animais também consumiram alimentos orgânicos e ainda são tratados com medicamentos fitoterápicos. De uma forma geral, o orgânico está associado a uma maior preocupação com o meio ambiente e à ausência de produtos químicos. Portanto, com algumas medidas simples é possível incluir apenas esse tipo de alimentação na sua dieta diária.

Quais as vantagens em comer alimentos orgânicos?

Os alimentos orgânicos são mais indicados para consumo simplesmente por serem mais sustentáveis e saudáveis. Ao evitar qualquer tipo de resíduo químico tanto as plantas quanto os animais se desenvolvem de maneira natural. A consequência é que esses alimentos são muito mais saudáveis, evitando diversas doenças, como o câncer. Além disso, há uma maior preocupação ambiental com a área que está sendo destinada tanto para o cultivo quanto para o gado.

A ONG de renome mundial WWF (World Wide Fund for Nature, ou Fundo Mundial para a Natureza), por exemplo, apoia o consumo de orgânicos. Sua sede no Brasil afirma que "Acredita que a Pecuária Orgânica Certificada é um sistema produtivo que pode contribuir com a sustentabilidade ambiental da Bacia Hidrográfica do Pantanal como um todo, e servir como modelo de produção sustentável e responsável". Ela também acrescenta em seu site oficial que "Sua adoção, somada à implantação de uma rede de áreas protegidas, ao uso racional dos recursos naturais renováveis e ao turismo responsável, poderão garantir a manutenção da biodiversidade regional e dos processos ecológicos junto com o desenvolvimento socioeconômico".

Como adotar uma dieta composta por alimentos orgânicos

A parte positiva da dieta que utiliza apenas orgânicos é que você não precisa realmente mudar muita coisa na forma em que se alimenta, a não ser que consuma muitos produtos industrializados. Caso contrário, basta trocar frutas, legumes, vegetais e carnes comuns por aqueles que possuem um selo de orgânico, o que significa que eles passaram por um rigoroso processo para serem aceitos como tal. Também opte produtos a granel ao invés dos já embalados que vieram de fábricas.

Alternativas para quem não consegue comprar orgânicos

E se você precisar comprar alguma coisa e não encontrar sua versão orgânica? Algumas alternativas também são bem sustentáveis e podem ser ótimos substitutos. Uma das opções é o alimento hidropônico, que oferece uma grande economia de água em relação ao cultivo tradicional. Ao mesmo tempo, utiliza adubo químico, e por isso não é tão indicado quanto o orgânico, embora também seja muito bom. Já em relação ao ovo, o caipira é uma boa alternativa. Também procure peixes cujas espécies não ficam em cativeiro. Por fim, um substituto do suco orgânico é o integral, que também é muito benéfico para o corpo.

Evite o industrializado e tente preparar o ingrediente em casa

Quem quer passar a consumir apenas alimentos orgânicos pode ter uma certa dificuldade em encontrar determinados produtos que tenham esse selo sustentável. Mas há uma alternativa: produzi-los em casa. Convenhamos, muitos ingredientes você mesmo pode preparar usando de base os orgânicos vendidos no mercado. Por exemplo, fazer o molho de tomate em casa com produtos frescos ao invés de comprar sua versão industrializada. Ou então substituir ingredientes enlatados por outros naturais. Afinal, a receita é sua e vale a pena fazer adaptações se o objetivo for ter uma vida mais saudável.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Suco de beterraba com laranja, cenoura e mais! As receitas de bebidas com a raiz

Suco de beterraba com laranja, cenoura e mais! As receitas de bebidas com a raiz Suco de beterraba com laranja, cenoura e mais! As receitas de bebidas com a raiz

Usar raízes, tubérculos e diferentes hortaliças no preparo de sucos e smoothies pode trazer uma série de benefícios para o organismo. A beterraba, em...

> Leia mais
O que é mexilhão? Conheça os benefícios do seu consumo

O que é mexilhão? Conheça os benefícios do seu consumo O que é mexilhão? Conheça os benefícios do seu consumo

Frutos do mar são ótima fonte de vitaminas, minerais e proteínas de baixo teor calórico, figurando entre as opções mais saudáveis de qualquer cardápio....

> Leia mais
As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras As características da laranja-bahia e como ela se diferencia das outras

Você sabia que existem diferentes tipos de laranja que variam, principalmente, em termos de sabor e textura? A laranja-bahia, por exemplo, é uma alternativa...

> Leia mais
Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Como evitar o aquecimento global através da alimentação Como evitar o aquecimento global através da alimentação

Você sabia que é possível combater o aquecimento global através de pequenas atitudes no dia a dia? Mudar hábitos alimentares, de consumo e estilo de vida é...

> Leia mais
O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis O que é gordura visceral e como perdê-la com hábitos saudáveis

O excesso de acúmulo de gordura no corpo pode ser prejudicial para o organismo como um todo, acarretando em doenças do coração, por exemplo. A gordura...

> Leia mais
4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles

4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles 4 tipos de tangerina e as características nutricionais de cada um deles

Existente em diferentes versões, a tangerina é uma fruta cítrica rica em vitaminas A, C e sais minerais que fortalecem a imunidade e melhoram a saúde do...

> Leia mais
Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer Fezes verde pode ser alimentação! Descubra o que fazer

Você tem o hábito de reparar na frequência diária em que vai ao banheiro evacuar? Para garantir a saúde do intestino, é muito importante ter uma alimentação...

> Leia mais
O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde

O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde O que é curau? Como fazer essa receita de milho verde

Chamado de canjica em estados do Nordeste, o curau é um prato de origem afro-brasileira que faz muito sucesso nas festas de São João. Feito basicamente com...

> Leia mais
Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar

Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar Qual quantidade de uva passa posso comer por dia? Aprenda a não exagerar

Versáteis, práticas e ricas em nutrientes, as frutas secas são ótimas para incrementar iogurtes, bolos, panetones e funcionam como lanche rápido (fácil de...

> Leia mais
As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas

As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas As frutas com H que você talvez não conheça, mas são supernutritivas

Para fortalecer a imunidade e matar a vontade de comer doce no dia a dia, uma ótima dica é incluir diferentes tipos de frutas na dieta. Além das mais...

> Leia mais