Ômega 9: saiba a importância de incluir o ácido oleico em sua dieta

Ômega 9 está presente em alimentos como azeite, abacate e oleaginosas, que são amêndoas, amendoim, castanhas e nozes em geral
Ômega 9 está presente em alimentos como azeite, abacate e oleaginosas, que são amêndoas, amendoim, castanhas e nozes em geral

Provavelmente você já viu em algum rótulo que determinado alimento tem a presença de ômega, seja ela 3, 6 ou 9. Isso significa que ele tem ácidos graxos na sua composição, mas qual a sua importância para o nosso corpo? Em primeiro lugar é importante ter em mente que o ser humano consegue sintetizar essas gorduras quando elas são encontradas em sua forma saturada ou insaturada. Mas isso não significa que o nosso corpo as produza por conta própria. A solução? Comer alimentos nas quais elas estejam presentes.

A gordura insaturada pode ser dividida entre poli-insaturada e monoinsaturada. É nesse segundo caso que encontramos o ômega 9, que é um ácido oleico - isto é, com uma longa cadeia de carbonos. Por possuir apenas uma dupla ligação de carbono em sua molécula ela é mais flexível e fácil de ser metabolizada do que as gorduras saturadas. Além disso, é produzida pelo nosso corpo quando ingerimos uma quantidade adequada de ômegas 3 e 6. Mas se eles não estiverem presentes de forma significativa será necessário sim consumir alimentos que sejam ricos em ômega 9.

Ômega 9 ajuda a prevenir diversas doenças

Essa "gordura boa" traz diversos benefícios para a saúde. Em primeiro lugar, ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) sem diminuir a quantidade de colesterol bom (HDL) no nosso corpo. Isso sem falar que é responsável por diminuir os triglicerídeos e equilibrar a pressão arterial. Com esses fatores somados, o ômega 9 acaba sendo muito bom para o coração, reduzindo o risco de infartos e derrames.

Ele também ajuda a prevenir o câncer, já que colabora para a formação das membranas celulares, evitando possíveis alterações ou mesmo sua oxidação e envelhecimento precoce. Além disso, permite que o transporte e absorção de vitaminas pelo organismo seja mais eficaz, o que contribui para uma maior resistência imunológica, evitando gripes e outras doenças contagiosas.

Benefícios se estendem a quem pratica exercícios

Por ser uma ótima fonte de energia, o ômega 9 é muito indicado também para quem pratica exercícios regularmente. Afinal, ele auxilia o corpo a ter um bom metabolismo, dando mais disposição a quem o consome. Por fim, ele estimula a produção do hormônio feminino ou masculino, ou seja, estrogênio ou testosterona. Isso além de deixar o corpo mais fértil ainda contribui para o bom desempenho sexual, funcionando como uma espécie de afrodisíaco, embora em uma escala menor.

Como saber se você está com déficit de ômega 9 no corpo?

O nosso corpo está acostumado a dar sinais quando algo não vai bem. Ausência de fibras, por exemplo, leva à constipação. E a falta de ômega 9 também deixa a sua marca, trazendo problemas para o corpo que podem ser dos mais corriqueiros aos mais graves. O primeiro indício é bem visual, já que inclui caspa, perda de cabelo, erupções cutâneas e pele seca. Se esse déficit já foi um pouco mais além é possível que a pessoa em questão sinta dores nas articulações ou mesmo rigidez nesses locais e ressecamento nos olhos.

A falta de ômega 9 também atinge o sistema nervoso central, o que significa que pode causar fortes alterações de humor. E por atuar diretamente no cardiovascular, esse sistema também fica afetado, com seus batimentos cardíacos sendo realizados de forma irregular. Por fim, em casos mais extremos pode causar a impotência sexual, esterilidade e até aborto espontâneo.

Alimentos ricos em ômega 9 fazem o corpo trabalhar melhor

Para evitar todos esses problemas já citados, é muito importante fazer um bom consumo de alimentos ricos em ômega 3 e 6, já que isso irá ajudar o nosso corpo a produzir o ômega 9. Ainda assim, se a quantidade não for suficiente, é necessário introduzir na dieta alimentos que ofereçam esse ácido graxo. Talvez a maneira mais fácil de incluí-lo seja passando a utilizar azeite de oliva no preparo ou durante as refeições, já que a azeitona é muito rica em ômega 9. Quem também entra nessa leva são os óleos de canola, Sésamo e gergelim. Isso sem falar no abacate e nas oleaginosas (amêndoas, amendoim, castanhas e nozes em geral). Uma outra dica importante é beber bastante líquido e manter o corpo hidratado. Isso porque a água auxilia na metabolização dos ácidos graxos, fazendo com que eles trabalhem com mais eficiência.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral Alimentos com flúor são bons ou ruins para a saúde? Saiba mais sobre o mineral

Você com certeza já ouviu falar do flúor na hora de ir ao dentista, ou nas indicações para comprar algum creme ou enxaguante bucal. Porém, apesar de não...

> Leia mais
Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora Marmitas frias para o dia a dia: 6 ideias saudáveis para comer a qualquer hora

A gente sabe que ser saudável não é uma tarefa fácil em um primeiro momento. Afinal, para que ter trabalho levando comida de casa para o trabalho ou...

> Leia mais
Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos Bactérias na comida são um perigo! Entenda por que armazenar bem os alimentos

Quando você chega do mercado o que faz com as compras? Provavelmente guarda cada alimento no seu respectivo destino, certo? O problema é que às vezes surge...

> Leia mais
Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la Depressão pós-parto e alimentação: os nutrientes que ajudam a evitá-la

A cada quatro mães de recém-nascidos brasileiras, uma sofre de depressão pós-parto. Com os hormônios ainda em reajuste, a mulher pode experimentar um período...

> Leia mais
5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado 5 aplicativos para lembrar de beber água que vão te ajudar a se manter hidratado

A água representa 70% do nosso organismo e é essencial para o nosso corpo. Inclusive, beber água é, muitas vezes, receituário médico em diversas situações....

> Leia mais
10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer 10 benefícios do feijão azuki que valem a pena conhecer

Se tem uma coisa que não pode faltar na casa do brasileiro, decididamente, é o feijão. E por aqui a gente tem vários tipos: feijão preto, branco, manteiga,...

> Leia mais
Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio Mais saudáveis e felizes! Ex-anoréxicas contam como venceram o distúrbio

A anorexia é um distúrbio de imagem que faz com que a pessoa se enxergue de maneira muito distorcida da qual ela é de fato (geralmente, com maior peso e...

> Leia mais
O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal O que comer antes de correr? Descubra como ter mais energia e não passar mal

Verdade seja dita, a corrida é um dos exercícios mais democráticos que tem. Afinal, não é preciso pagar uma academia para começar a treinar, apenas encontrar...

> Leia mais
6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia 6 dicas de alimentação saudável para quem tem epilepsia

A epilepsia é uma doença do sistema nervoso que se caracteriza pela perda de consciência momentânea, a partir de crises convulsivas, que acontecem de tempos...

> Leia mais
Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue Triglicerídeos alto: o que comer para regular as taxas dessa gordura no sangue

Os triglicerídeos (ou triglicérides) são gorduras muito importantes para o nosso corpo. Elas são as calorias ingeridas que o próprio organismo reserva para...

> Leia mais