O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

Entre as principais PANCs (plantas alimentícias não convencionais), encontra-se a beldroega - que é fonte de ômega 3, vitaminas e minerais
Entre as principais PANCs (plantas alimentícias não convencionais), encontra-se a beldroega - que é fonte de ômega 3, vitaminas e minerais

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na verdade, é que essas plantas - apesar de pouco conhecidas e usadas na alimentação - tendem a ser altamente nutritivas e podem trazer vários benefícios, principalmente para quem segue dietas mais restritivas, como veganos e vegetarianos. Para te incentivar a ter uma alimentação mais completa e natural, nós preparamos uma lista com 5 PANCs que podem (e devem) fazer parte da sua dieta. Confira!

1. Ora-pro-nóbis é um superalimento proteico rico em fibras, vitaminas, minerais e substâncias medicinais

Conhecida por ter um alto teor de proteínas, a ora-pro-nóbis vem se tornando um importante alimento na dieta de vegetarianos e veganos. Ela é considerada um tipo de planta trepadeira e possui folhas verde-escuras que podem ser usadas para incrementar diferentes saladas. A ora-pro-nóbis, para quem não sabe, também é considerada um superalimento pois, além de ser rica em proteínas, também é fonte de fibras, cálcio, fósforo, ferro, vitamina A, C e do complexo B. Ou seja, é altamente nutritiva! Além disso, a planta também possui propriedades medicinais: atua como detox, possui substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias. Por conta disso, também é indicado preparar chás a partir de suas folhas.

2. Bertalha é uma PANC rica em fibras, vitaminas e minerais

Também conhecida como espinafre-indiano, a bertalha é considerada uma das PANCs mais nutritivas e benéficas para a saúde. Ela possui folhas verde-escuras ricas em fibras (favorecem a digestão), vitamina A (ajuda a fortalecer a imunidade), bem como minerais importantes (cálcio, ferro e fósforo, por exemplo). Além disso, a planta tem alto teor de antioxidante e, por isso, a longo prazo ajuda a prevenir o envelhecimento das células - ou seja, faz bem para a saúde da pele, dos cabelos e fortalece o sistema de defesa do corpo. Vale destacar que o ideal é usar a bertalha para o preparo de saladas, omeletes, sopas, tortas e refogados - assim, os pratos ficam mais nutritivos e saborosos.

3. Beldroega tem alto teor de ômega 3 e faz bem para os sistemas nervoso e cardiovascular

Para incrementar ainda mais o seu acervo de vegetais, outra ótima dica é usar a beldroega no preparo de saladas, risotos, omeletes ou até mesmo chás e vitaminas. Conhecida por ter um alto teor de ômega 3, essa planta medicinal é indicada para controlar os níveis de colesterol e faz muito bem para os sistemas nervoso e cardiovascular. A beldroega, para quem não sabe, também é fonte de outros nutrientes importantes (vitamina A, C, do complexo B, ferro, potássio e cálcio), além de ter propriedades depurativas e anti-inflamatórias - ou seja, ajuda a eliminar as toxinas do organismo e a fortalecer a imunidade.

4. Hibisco é rico em ferro, vitamina C e funciona como planta medicinal

Muito usado no preparo de chás caseiros, o hibisco - apesar de ser uma planta medicinal mais conhecida - ainda é considerado uma PANC. A maioria das pessoas não conhece todos os benefícios desse vegetal e, geralmente, preparam apenas bebidas com suas folhas. No entanto, é importante destacar que o hibisco, na verdade, é altamente nutritivo e pode ser usado de diversas formas na cozinha - no preparo de refogados, sopas e tortas, por exemplo.

O hibisco possui um alto teor de ferro e de vitamina C (cumprindo forte atuação antioxidante), tem propriedades anticoagulantes, anti-inflamatórias, cicatrizantes e diuréticas - ou seja, funciona como excelente planta medicinal, ajuda a fortalecer a imunidade, tratar feridas e eliminar toxinas do corpo.

5. Dente-de-leão ajuda a tratar problemas digestivos e no fígado

Indicado para tratar problemas digestivos, o dente-de-leão é uma das PANCs mais comuns e pode ser usado de diferentes formas na cozinha - no preparo de chás, sucos, smoothies ou até mesmo saladas e omeletes. Essa planta é conhecida por ter uma beleza bem exótica, pois possui flores redondas e amarelas, com pétalas que voam com bastante facilidade. O grande diferencial do dente-de-leão é que ele possui propriedades digestivas e depurativas (ajuda a desintoxicar o fígado), é fonte de vitamina A e antioxidantes. Por isso, ele também ajuda a aumentar a imunidade e pode ser usado para fins medicinais.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais