O que são PANCs? 5 Plantas Alimentícias Não Convencionais para consumir sem medo

Entre as principais PANCs (plantas alimentícias não convencionais), encontra-se a beldroega - que é fonte de ômega 3, vitaminas e minerais
Entre as principais PANCs (plantas alimentícias não convencionais), encontra-se a beldroega - que é fonte de ômega 3, vitaminas e minerais

As plantas alimentícias não convencionais (PANCs) nada mais são que vegetais pouco consumidos pela maioria das pessoas. O que muita gente não sabe, na verdade, é que essas plantas - apesar de pouco conhecidas e usadas na alimentação - tendem a ser altamente nutritivas e podem trazer vários benefícios, principalmente para quem segue dietas mais restritivas, como veganos e vegetarianos. Para te incentivar a ter uma alimentação mais completa e natural, nós preparamos uma lista com 5 PANCs que podem (e devem) fazer parte da sua dieta. Confira!

1. Ora-pro-nóbis é um superalimento proteico rico em fibras, vitaminas, minerais e substâncias medicinais

Conhecida por ter um alto teor de proteínas, a ora-pro-nóbis vem se tornando um importante alimento na dieta de vegetarianos e veganos. Ela é considerada um tipo de planta trepadeira e possui folhas verde-escuras que podem ser usadas para incrementar diferentes saladas. A ora-pro-nóbis, para quem não sabe, também é considerada um superalimento pois, além de ser rica em proteínas, também é fonte de fibras, cálcio, fósforo, ferro, vitamina A, C e do complexo B. Ou seja, é altamente nutritiva! Além disso, a planta também possui propriedades medicinais: atua como detox, possui substâncias antioxidantes e anti-inflamatórias. Por conta disso, também é indicado preparar chás a partir de suas folhas.

2. Bertalha é uma PANC rica em fibras, vitaminas e minerais

Também conhecida como espinafre-indiano, a bertalha é considerada uma das PANCs mais nutritivas e benéficas para a saúde. Ela possui folhas verde-escuras ricas em fibras (favorecem a digestão), vitamina A (ajuda a fortalecer a imunidade), bem como minerais importantes (cálcio, ferro e fósforo, por exemplo). Além disso, a planta tem alto teor de antioxidante e, por isso, a longo prazo ajuda a prevenir o envelhecimento das células - ou seja, faz bem para a saúde da pele, dos cabelos e fortalece o sistema de defesa do corpo. Vale destacar que o ideal é usar a bertalha para o preparo de saladas, omeletes, sopas, tortas e refogados - assim, os pratos ficam mais nutritivos e saborosos.

3. Beldroega tem alto teor de ômega 3 e faz bem para os sistemas nervoso e cardiovascular

Para incrementar ainda mais o seu acervo de vegetais, outra ótima dica é usar a beldroega no preparo de saladas, risotos, omeletes ou até mesmo chás e vitaminas. Conhecida por ter um alto teor de ômega 3, essa planta medicinal é indicada para controlar os níveis de colesterol e faz muito bem para os sistemas nervoso e cardiovascular. A beldroega, para quem não sabe, também é fonte de outros nutrientes importantes (vitamina A, C, do complexo B, ferro, potássio e cálcio), além de ter propriedades depurativas e anti-inflamatórias - ou seja, ajuda a eliminar as toxinas do organismo e a fortalecer a imunidade.

4. Hibisco é rico em ferro, vitamina C e funciona como planta medicinal

Muito usado no preparo de chás caseiros, o hibisco - apesar de ser uma planta medicinal mais conhecida - ainda é considerado uma PANC. A maioria das pessoas não conhece todos os benefícios desse vegetal e, geralmente, preparam apenas bebidas com suas folhas. No entanto, é importante destacar que o hibisco, na verdade, é altamente nutritivo e pode ser usado de diversas formas na cozinha - no preparo de refogados, sopas e tortas, por exemplo.

O hibisco possui um alto teor de ferro e de vitamina C (cumprindo forte atuação antioxidante), tem propriedades anticoagulantes, anti-inflamatórias, cicatrizantes e diuréticas - ou seja, funciona como excelente planta medicinal, ajuda a fortalecer a imunidade, tratar feridas e eliminar toxinas do corpo.

5. Dente-de-leão ajuda a tratar problemas digestivos e no fígado

Indicado para tratar problemas digestivos, o dente-de-leão é uma das PANCs mais comuns e pode ser usado de diferentes formas na cozinha - no preparo de chás, sucos, smoothies ou até mesmo saladas e omeletes. Essa planta é conhecida por ter uma beleza bem exótica, pois possui flores redondas e amarelas, com pétalas que voam com bastante facilidade. O grande diferencial do dente-de-leão é que ele possui propriedades digestivas e depurativas (ajuda a desintoxicar o fígado), é fonte de vitamina A e antioxidantes. Por isso, ele também ajuda a aumentar a imunidade e pode ser usado para fins medicinais.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor

5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor 5 cuidados importantes para quem vai praticar atividades físicas no calor

Praticar exercícios físicos de forma regular e equilibrada - mesmo em dias mais quentes - é importante para a saúde mental e corporal. No entanto, durante o...

> Leia mais
Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la

Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la Não sabe para que serve a equinácea? Descubra por que e como consumi-la

Usada para tratar inflamações e amenizar sintomas de gripes e resfriados, como tosse e coriza, a equinácea (Echinacea ssp.) é uma planta medicinal...

> Leia mais
6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo

6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo 6 motivos para consumir chá de chia e como prepará-lo

Rica em fibras alimentares, ômega 3 e minerais importantes, a chia é uma semente altamente nutritiva geralmente usada em dietas restritivas, já que é...

> Leia mais
O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar

O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar O que não pode comer quando coloca piercing? Descubra quais alimentos priorizar

Após colocar piercing, fazer tatuagem ou realizar procedimentos cirúrgicos, é muito importante evitar certos alimentos e ter uma dieta que contribua para o...

> Leia mais
Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um

Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um Quais os tipos de ginástica? Veja as características de cada um

Equilíbrio, flexibilidade e força. Você sabia que essas três palavrinhas estão associadas a praticamente todos os tipos de ginástica? Classificada em...

> Leia mais
Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um

Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um Boldo-da-terra ou boldo-do-chile? Saiba para que serve cada um

Entre as espécies de boldo mais utilizadas para tratar problemas como gastrite, gripes e resfriados, o boldo-da-terra e o boldo-do-chile são duas que...

> Leia mais
5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde

5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde 5 benefícios da farinha de linhaça para a sua saúde

Usar farinha de linhaça no preparo de omeletes, pães, biscoitos, panquecas e até vitaminas no dia a dia é uma ótima forma de fortalecer o organismo....

> Leia mais
Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você

Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você

Nativo da região amazônica e consumido em todo o Brasil, o açaí é uma fruta altamente nutritiva (rica em cálcio, potássio, ferro, vitaminas A, C, do complexo...

> Leia mais
4 receitas com jambo para usar a fruta no dia a dia

4 receitas com jambo para usar a fruta no dia a dia 4 receitas com jambo para usar a fruta no dia a dia

Embora seja nativo da Malásia, o jambo-vermelho é uma frutinha bastante encontrada nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste do Brasil - sendo consumida in...

> Leia mais
Já provou a pimenta-do-reino verde? Saiba tudo sobre esse tempero

Já provou a pimenta-do-reino verde? Saiba tudo sobre esse tempero Já provou a pimenta-do-reino verde? Saiba tudo sobre esse tempero

Você já ouviu falar da pimenta-do-reino verde? De origem asiática, a variação vem de uma das pimentas mais antigas e conhecidas do mundo, principalmente...

> Leia mais