O que são os exercícios de kegel e como fazer essa atividade

Exercícios de kegel são muito indicados para mulheres grávidas, pois ajudam no controle da urina e fortalecem a musculatura para a hora do parto
Exercícios de kegel são muito indicados para mulheres grávidas, pois ajudam no controle da urina e fortalecem a musculatura para a hora do parto

Você já ouviu falar nos exercícios de kegel? Eles foram criados na década de 40 pelo ginecologista norte-americano Arnold Kegel, com o objetivo de reduzir e prevenir incontinência urinária e outros problemas relacionados à região pélvica. A proposta desses exercícios é bem simples e objetiva: fortalecer a musculatura perineal (localizada na região entre as pernas) através do processo de contração/ relaxamento muscular. Interessante, né? Aqui, nós preparamos uma matéria falando mais sobre os exercícios de kegel e seus benefícios. Confira!

Como fazer os exercícios de kegel?

Para quem ficou interessado em praticar os exercícios de kegel, a boa notícia é que eles são simples de fazer, mas exigem treino e atenção. O primeiro passo é tomar consciência da sua própria musculatura perineal - o que, muitas vezes, é mais difícil do que parece. A melhor dica para isso é fazer um teste na hora que for urinar - basta prender o xixi (contraindo o músculo) durante uns segundos para identificar a sensação causada pela contração muscular. Depois, volte a repetir o movimento para se certificar de que aprendeu bem.

Agora que você já sabe o básico para realizar os exercícios de kegel, chegou a hora de botar em prática! Vale destacar que é possível praticar os exercícios em diferentes posições: sentado, deitado, em pé, com as pernas dobradas ou esticadas. Mas, para facilitar, a nossa sugestão é sentar em uma cadeira com uma boa postura - mantendo a coluna reta e os joelhos formando 90°. Assim fica mais simples realizar os exercícios.

Dá uma olhada no passo a passo que separamos:

1. Antes de tudo, uma boa dica é esvaziar a bexiga para realizar os exercícios de forma mais confortável;

2. Contraia a musculatura perineal (contraindo o ânus e a vagina ao mesmo tempo) e prenda durante 5 ou 10 segundos, mas tome cuidado para continuar respirando bem;

3. Relaxe o músculo pelo mesmo tempo (de 5 a 10 segundos) e, depois, volte a repetir o processo. O ideal é fazer 7 repetições seguidas e, de preferência, realizar os exercícios de duas a três vezes por dia. Você pode fazer de manhã e à noite, por exemplo - que tal?

Por que os exercícios de kegel são tão benéficos?

Fortalecer a musculatura do corpo, de uma forma geral, é importante para evitar lesões e garantir resistência. Os exercícios de kegel, em especial, servem para fortalecer os músculos do assoalho pélvico, garantindo muitos benefícios.

Eles ajudam a prevenir a incontinência urinária e melhoram a circulação sanguínea na área retal. Além disso, esses exercícios são muito indicados para mulheres grávidas: ajudam no controle da urina, amenizam dores, fortalecem a musculatura para a hora do parto (evitando rasgamentos e diminuindo o tempo de parto) e, quando realizados a longo prazo, os exercícios também melhoram a sensação de prazer no ato sexual.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas O que é psyllium e como usar esse ingrediente nas receitas

Obtido através da casca das sementes da Plantago ovata (importante planta medicinal), o psyllium é um tipo de farinha sem glúten (isto é, pode ser usado na...

> Leia mais
Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais