O que são hidratos de carbono e em quais alimentos encontrá-los

Massas, pães, farinhas e cereais são fontes de hidratos de carbono
Massas, pães, farinhas e cereais são fontes de hidratos de carbono
Carine Rodrigues

Consultor:

Carine Rodrigues

Formada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é pós-graduanda em Terapia Nutricional pela GANEP.

Afinal, o que são os tais hidratos de carbono que muitas vezes aparecem naquelas tabelas de informação nutricional dos biscoitos, pães e até mesmo do arroz? Bom, os hidratos nada mais são do que glícidos, glucídios ou - o mais comum e conhecido de todos -, carboidratos! A nomenclatura varia por conta da composição orgânica dos elementos, que podem apresentar fórmulas químicas diferentes. E, ao contrário do que muitos pensam, eles não são os vilões da sua dieta! Para entender melhor sobre o assunto, nós entrevistamos a nutricionista Carine Rodrigues, que esclareceu todas as dúvidas e ainda explicou direitinho o porquê dos hidratos serem tão importantes na a nossa alimentação. Confira!

Hidratos de carbono são uma das principais formas de fornecer energia para o organismo

Os hidratos de carbono constituem a maior parte da nossa alimentação diária. Eles fazem parte do grupo de componentes alimentícios que são fundamentais para o nosso organismo (conhecidos como macronutrientes) e que devem ser ingeridos em quantidades relativamente grandes todo santo dia - isso, claro, em relação a outros tipos de nutrientes.

De acordo com Carine, "os hidratos de carbono são compostos orgânicos, constituídos por carbono, hidrogênio e oxigênio. A principal função dessa molécula no nosso organismo é fornecer energia para as células, dando a elas substrato para metabolizar e, assim, poder executar suas funções. Os principais carboidratos são a glicose, a frutose e a galactose".

Carboidratos (ou hidratos de carbono) podem ser de rápida ou lenta absorção

Ainda segundo a nutricionista, os carboidratos podem ser divididos em dois grandes grupos: os simples e os complexos. Sendo que parte deles consegue ser absorvido mais rapidamente pelo seu organismo, enquanto a outra parte não.

No fim de contas, o que isso significa na prática? De maneira bem simples: isso é bem relevante para pessoas diabéticas, hipoglicêmicas, ou qualquer uma que apresente alguma condição que envolva tentar equilibrar o nível de glicose no sangue do seu corpo. E, de uma maneira geral, isso afeta diretamente a sua dieta.

"Os carboidratos simples, também conhecidos como carboidratos de alto índice glicêmico, são compostos quimicamente de apenas um ou dois tipos de sacarídeos e são facilmente digeridos pelo organismo. Por serem carboidratos de rápida absorção, [eles] liberam energia para o organismo e aumentam os níveis de glicose na corrente sanguínea rapidamente", explica Carine.

Já os carboidratos complexos - também conhecidos como carboidratos de baixo índice glicêmico -, são formados pela união de vários tipos de sacarídeos e, por isso, são absorvidos de maneira diferente. "Como o organismo precisa 'quebrar' as moléculas em partes menores até poder absorver e liberar a energia, [os complexos] são carboidratos de absorção lenta que aumentam os níveis de glicose na corrente sanguínea de forma progressiva", esclarece Carine.

O ponto mais importante é o modo como você deve consumi-los. Os carboidratos simples são os principais aliados para quem pratica atividade física. Eles fornecem energia imediata por serem digeridos rapidamente e fazem com que o seu corpo esteja mais preparado para um treino intenso.

Mas a nutricionista também alerta: "da mesma forma que os carboidratos simples elevam a glicose no sangue rapidamente, ela logo volta aos níveis anteriores. Ou seja, você tem fome pouco tempo depois de ter comido. Dessa forma, o mais recomendado é dar preferência para os carboidratos complexos, já que, devido a absorção lenta, a sensação de saciedade e a produção de energia são mais duradouras. Além disso, os alimentos ricos em carboidratos complexos possuem também mais nutrientes em comparação aos compostos por carboidratos simples, já que passam por menos etapas de processamento industrial".

Em quais alimentos você consegue encontrá-los?

De acordo com Carine, os carboidratos simples estão presentes em alimentos "como açúcar, mel, xarope de milho, arroz branco, massas, pães e biscoitos feitos de farinha de trigo refinada, doces, chocolates etc". Ou seja, eles definitivamente estão presentes naquelas guloseimas que você consome de vez em quando.

Já os complexos, também conhecidos por serem extremamente ricos em fibras, você encontra no "arroz, pães, massas feitas com farinha de trigo integral, aveia, leguminosas (ervilha, grão de bico, feijões) etc", como explica a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde O que é glúten? Faz bem evitar? Nutricionista responde

Você sabe o que é o glúten? Diferentemente do que é dito comumente, o glúten não é o vilão da alimentação e nem sempre ele precisa ser retirado da rotina...

> Leia mais
Lanche para noite: o que comer antes de dormir

Lanche para noite: o que comer antes de dormir Lanche para noite: o que comer antes de dormir

O lanche da noite é importante para quem costuma acordar com fome de madrugada e acaba perdendo o sono por isso. Também conhecida como ceia da noite, a...

> Leia mais
Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde Pré treino natural com café funciona? Nutricionista responde

O café está muito presente no dia a dia, mas você já ouviu falar que ele também é indicado como pré treino natural? Investir em alimentos saudáveis antes de...

> Leia mais
Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais Molho de iogurte para salada: prepare em casa com ingredientes naturais

Comer salada todo dia é um hábito super saudável, mas se o molho que acompanha as folhas não for tão natural quanto elas, o potencial nutricional do prato...

> Leia mais
Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer Granola: benefícios para o organismo que você precisa conhecer

A granola é um alimento orgânico que não pode faltar na cozinha. Isso porque ele é energético e extremamente versátil, podendo fazer parte de diferentes...

> Leia mais
Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana Vegetarianismo infantil: como cuidar da alimentação de uma criança vegetariana

O vegetarianismo é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum entre o público infantojuvenil. O cardápio exclui qualquer tipo de carne das refeições,...

> Leia mais
Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana Alimentos ricos em proteínas: uma opção para cada dia da semana

Os alimentos ricos em proteínas são fundamentais para a manutenção da saúde do organismo. Afinal, os macronutrientes são responsáveis por gerar energia para...

> Leia mais
Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida Chá de alho: para que serve e duas variações poderosas da bebida

Já ouviu dizer que chá de alho com limão faz bem para a saúde? A bebida é conhecida popularmente como uma opção caseira para melhorar quadros de gripe e...

> Leia mais
Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde Almoço rápido e saudável: filé de frango com shimeji e salada verde

Na correria do dia a dia, às vezes o tempo fica curto para preparar as refeições, não é mesmo? É justamente nessas situações que é muito importante escolher...

> Leia mais
Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes Como fazer salada verde com brócolis, repolho, espinafre e outros ingredientes

O almoço e o jantar só ficam completos quando tem uma salada verde para acompanhar, não é mesmo? Sendo servida como entrada ou ao lado de massas, panquecas,...

> Leia mais