O que são fibras alimentares? 5 mitos ou verdades sobre esses nutrientes

As fibras possuem papéis fundamentais em nossas vidas. Descubra alguns mitos e verdades sobre esse poderosos nutrientes
As fibras possuem papéis fundamentais em nossas vidas. Descubra alguns mitos e verdades sobre esse poderosos nutrientes
Bianca Sermarini

Consultor:

Bianca Sermarini

Nutricionista mestre em Nutrição Humana pela UFRJ, atualmente trabalha com Nutrição Clínica e Ortomolecular

Dentre os nutrientes essenciais para o nosso corpo, as fibras alimentares merecem destaque especial. Donas de propriedades poderosas, essas substâncias são indispensáveis para o bom funcionamento do organismo, trazendo mais disposição, ânimo e, principalmente, aquela prazerosa sensação de bem-estar físico e mental. Por isso, é preciso entender de fato a importância do seu papel em nossas vidas. Descubra o que é mito e o que é verdade sobre as fibras alimentares.

As fibras alimentares são um grupo de substâncias de origem vegetal, classificadas por suas solubilidades em água, como explica a nutricionista Bianca Sermarini: "As fibras solúveis, em geral, são viscosas e altamente fermentadas pela microbiota intestinal. As insolúveis, por sua vez, não são substrato importante para a fermentação da microbiota intestinal e são pouco viscosas", explica a profissional.

As fibras podem ser encontradas em frutas, legumes e verduras, além de grãos e farinhas integrais presente em pães, bolos e tortas. "O consumo desses alimentos reduz o risco de doenças cardiovasculares e câncer de mama, segundo a Organização Mundial de Saúde. Esses efeitos são, em parte, atribuídos ao teor de fibras, associados ao benefício na redução de gordura saturada e de proteína", completa a profissional.

Fibras alimentares: o que nós precisamos saber sobre elas?

1 - "Fibras alimentares engordam?"

R: Mito

Segundo a nutricionista, as fibras não possuem valor calórico, pois são partes dos vegetais que resistem ao processo de digestão. Porém, no caso das fibras encontradas em pães integrais, por exemplo, é necessário ter atenção ao consumo, visto que esses alimentos possuem outras substâncias, como os carboidratos, que podem causar o aumento de peso.

2 - "Uma alimentação pobre em fibras pode causar problemas de saúde?"

R: Verdade

Segundo a profissional, a ausência ou quantidade insuficiente de fibras pode causar constipação e em casos mais extremos, diverticulite e até câncer de cólon. "Além disso, se o indivíduo consome poucas fibras, significa que a alimentação deste é pobre dos alimentos fontes, como frutas, verduras, legumes e cereais integrais, que são alimentos essenciais para uma alimentação equilibrada e importantes fontes de vitaminas e minerais", explica Bianca.

3 - "Os únicos alimentos fontes de fibras são as verduras e legumes?"

R: Mito

Os vegetais são ricos na substância, porém, não são as únicas fonte para uma alimentação saudável. "Os alimentos que possuem fibras alimentares são: cereais (principalmente os integrais, como a aveia), tubérculos (batata, inhame, cará), raízes (mandioca, batata doce), leguminosas (feijão, grão de bico, lentilha), frutas de forma geral", ressalta a nutricionista.

4 - "Fibras em excesso faz mal?"

R: Verdade

Ainda que sejam substâncias benéficas e importantes para nossa saúde, seu consumo em excesso pode prejudicar o trânsito intestinal: "As fibras carregam parte dos nutrientes para as fezes, o que pode ser um benefício se consumida na quantidade adequada, mas em excesso pode causar deficiência de alguns desses nutrientes", analisa Bianca Sermarini.

5 - "Devo consumir fibras apenas se tiver algum problema intestinal?"

R: Mito

A nutricionista explica que, para que haja manutenção do bom funcionamento do organismo, é recomendado, pelo Ministério da Saúde que, uma pessoa adulta consuma no mínimo 20 gramas de fibras alimentares por dia, exceto em casos muito específicos como diverticulite, síndrome do intestino irritável e excesso de gases.

"Se não houver ingestão adequada de água, o quadro de prisão de ventre pode se agravar. É possível ocorrer alterações no funcionamento do intestino, causando gases e até diarreias. Além disso, a ingestão excessiva de fibras pode prejudicar a absorção de nutrientes importantes ao nosso organismo, como, por exemplo, cálcio e ferro", completa Bianca.

Mais noticias com...
Receitas:
Feijão
Ver Mais

Últimas Matérias

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten Tempeh: o que é e como consumir esse alimento livre de glúten

Muito consumido em alguns países da Ásia, o tempeh (ou tempê) é uma comida originária da Indonésia que funciona como fonte importante de proteínas vegetais....

> Leia mais
Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural Açúcar de beterraba é saudável? Saiba mais sobre esse adoçante natural

Em vez de usar o açúcar refinado comum (extraído da cana), você pode recorrer a alternativas mais naturais e nutritivas de adoçantes. O açúcar de beterraba,...

> Leia mais
5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais