O que não pode comer no resguardo de cesárea? Nutricionista tira a dúvida

Durante o puerpério, é importante evitar alimentos muito gordurosos, frituras, fast foods e produtos ultraprocessados para auxiliar no processo de recuperação da mulher
Durante o puerpério, é importante evitar alimentos muito gordurosos, frituras, fast foods e produtos ultraprocessados para auxiliar no processo de recuperação da mulher
Natália Vignoli

Consultor:

Natália Vignoli

Nutricionista funcional e comportamental formada pelo Instituto de Metabolismo e Nutrição (IMEN), possui especialização em Nutrição Materna e Infantil

Tomar cuidados com a alimentação durante e após a gravidez é importante tanto para a saúde da mãe quanto do bebê. O puerpério, para quem não sabe, é um período de adaptação que se estende de 42 a 60 dias após o parto e requer uma maior atenção para que a mulher (principalmente quem passou por uma cesariana) se recupere de forma saudável. Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Natália Vignoli, especializada em Nutrição Materna e Infantil, que falou sobre os alimentos que devem ser evitados nessa etapa de resguardo de cesárea.

Como deve ser a alimentação durante o resguardo de cesárea?

Para que a recuperação após o parto cesárea ocorra bem, é muito importante montar uma dieta balanceada com um nutricionista. Além de ter uma alimentação mais natural, com legumes, verduras, frutas e carnes magras, por exemplo, é muito importante evitar certas comidas que causam desconforto ou dificultam o processo de cicatrização. A nutricionista Natália Vignoli deu ótimas dicas para não cometer erros nesse período:

Evite alimentos remosos que atrapalham a cicatrização

A primeira dica para amenizar o período de puerpério é evitar alimentos remosos (como carnes muito gordurosas e frutos do mar), industrializados e frituras em excesso. Esse tipo de comida, além de prejudicar o processo de cicatrização do corte da cesárea, pode causar desconfortos no bebê - levando em conta que os nutrientes ingeridos passam para o leite produzido durante a amamentação.

Não coma alimentos que possam fermentar no organismo

De acordo com a nutricionista Natália Vignoli, uma dica importante é evitar alimentos que possam causar gases e, consequentemente, desconfortos maiores na região abdominal. "Com relação ao parto cesárea, acho que o melhor é evitar alimentos que acabem fermentando no organismo, principalmente por uma questão de desconforto. Depois da cesárea, a mulher recebe pontos e ocorre uma certa dor na região. Por isso, o ideal é evitar alimentos como brócolis, feijão, couve, batata-doce e nabo. Enfim, os que geram mais gases devem ser evitados para não ocorrer uma distensão abdominal. Mas, caso a mulher não tenha esse tipo de sensibilidade e digere bem os alimentos, talvez não haja essa necessidade", explica.

Evite bebidas alcoólicas e café em excesso

Durante o puerpério e todo o período de amamentação, é muito importante levar em conta que os alimentos consumidos refletem diretamente na produção do leite materno. A nutricionista destaca algumas bebidas e alimentos que devem ser cortados ou evitados ao máximo nessa fase. "Levando em conta que a mulher estará amamentando, também é importante evitar bebidas alcoólicas, café em excesso e outros alimentos que podem passar para o leite e causar cólicas no bebê", recomenda a especialista.

Coma alimentos ricos em proteínas e beba bastante água

Além de evitar certos tipos de comida, repousar e seguir todas as recomendações médicas, é necessário montar uma dieta saudável, natural e 100% voltada para o processo de recuperação da mulher. De acordo com Natália Vignoli, apostar em variedades de vegetais e no consumo de líquidos é o principal segredo para superar tudo de forma mais fácil.

"Durante o puerpério, é importante que a mulher tome bastante água, faça refeições fracionadas e frequentes, e tenha uma atenção maior com as proteínas, que são importantes para esse período de cicatrização. Carnes, frango, peixes, leguminosas (como feijão, grão-de-bico e ervilha, que devem ser deixados de molho antes do preparo), leite, iogurtes e queijos também são fontes de proteínas e de outros nutrientes importantes para esse período. O cálcio, por exemplo, é um elemento importante para a mulher que está produzindo leite e deve ser bem ajustado na dieta. Não deixe também de comer frutas, legumes e ter uma alimentação equilibrada", finaliza a nutricionista.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe O que é tabule? Ele engorda? Tire suas dúvidas sobre essa salada de origem árabe

Se você sempre se perguntou o que é tabule, saiba que esse é um prato originário do Líbano, feito à base de triguilho, o famoso trigo para quibe. Com sabor...

> Leia mais
4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer 4 séries sobre alimentação saudável que valem a pena conhecer

Você também faz parte do time que ama assistir a filmes, séries e documentários sobre culinária? Consumir esse tipo de conteúdo é ótimo para aprender mais...

> Leia mais
Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo Pepino é fruta ou legume? Saiba tudo sobre esse alimento nutritivo

É muito provável que você já tenha visto o pepino daquela forma clássica, com duas rodelas sob os olhos de alguém para uma limpeza de pele caseira. Mas os...

> Leia mais
Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal Nuggets vegano existe! Como fazer essa versão sem ingredientes de origem animal

Você sabia que é possível preparar uma receita de nuggets vegano feita à base de grão-de-bico, legumes e diferentes temperos? Em vez de apostar na versão...

> Leia mais
5 vegetais amargos que você precisa experimentar

5 vegetais amargos que você precisa experimentar 5 vegetais amargos que você precisa experimentar

Alimentos amargos costumam ser apreciados por quem tem o paladar bem seletivo e diferenciado. Apesar de muita gente torcer o nariz, entretanto, muitos...

> Leia mais
Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios Suco de batata-doce ajuda o refluxo! Aprenda a prepará-lo e os seus benefícios

Você já experimentou alguma receita de suco de batata-doce? Rica em fibras, potássio, cálcio e carboidratos, essa bebida funciona como excelente fonte de...

> Leia mais
O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

Exagerar demais na comida ou se alimentar de forma rápida pode desencadear problemas no aparato gastrointestinal, como azia, náusea, dor e dilatação...

> Leia mais
7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário 7 frutas com T cheias de benefícios ótimas para variar no cardápio diário

Tangerina, toranja, tâmara, tarumã... Você já parou para pensar em quantas frutas com T existem e podem ser incluídas no cardápio? Para ter uma alimentação...

> Leia mais
Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação

Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação Como comer maracujá? 5 dicas para incluí-lo na alimentação

Suco, smoothie, geleia, compota, mousse... São muitas as receitas que podem ser feitas a partir da polpa e da casca do maracujá, sabia? Para variar cada vez...

> Leia mais
Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você

Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você Crossfit ou academia? Veja as diferenças e decida qual a opção ideal para você

Para escolher entre crossfit ou academia, é fundamental levar em conta uma série de fatores - como o estilo de treino, o principal objetivo (queimar calorias...

> Leia mais