O que levar para comer na praia? Veja lanches saudáveis para o seu dia de sol

Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Sempre nos bate uma certa fome durante um dia de praia, não é mesmo? Para manter o seu relaxamento de forma agradável e sempre saudável, uma boa opção é levar de casa os seus próprios lanches. Acompanhe aqui alguns alimentos indicados para essa ocasião!
Giovana Morbi

Consultor:

Giovana Morbi

Graduada em Nutrição pela Faculdade São Camilo, é especialista em Nutrição Clínica e Ortomolecular com extensão em Nutrigenômica e especializada em Diabetologia Prática pelo Steno Education Center, na Dinamarca.

Quem nunca sentiu aquela "fominha" na praia? Muitas vezes nós acabamos esquecendo de comer durante o dia de sol e acabamos nos entregando as tentações de alimentos gordurosos e industrializados para "matar essa necessidade". Por isso, com a chegada do verão, vamos apresentar ótima e saudáveis opções para você levar para a praia e curtir da melhor maneira o seu relaxamento ao ar livre!

Os motivos para trazer o próprio lanche para praia são vários: segurança, por saber a procedência do que estará comendo; economia, pois quase sempre o que se vende na praia é mais caro, e, claro, compromisso com a saúde e bem-estar, já que a maioria das opções oferecidas na praia são calórica e sem valores nutricionais. Com isso, ao levar a sua comida, você garante uma alimentação que te dará energia e disposição sem pesar na balança ou no bolso, como explica a nutricionista Giovana Morbi:

"O truque é optar por coisas simples, nutritivas, saborosas e com uma quantidade adequada de calorias, afinal gastamos muita energia na praia. Uma dica para quem não consegue se controlar nos 'beliscos' é levar a porção separada em saquinhos 'ziplock'. Além de controlar a porção, ajuda a proteger os alimentos da areia", revela a especialista.

Além disso, é fundamental estar atento à conservação dos alimentos. Alguns lanches precisam ser armazenados em coolers ou isopores, mas existem alguns ingredientes que, mesmo com esses cuidados, podem estragar, como no caso da maionese. Confira a lista feita pela profissional e escolha seu lanche predileto para levar à praia!

Alimentos saudáveis para comer na praia

  • Frutas - São opções refrescantes, que ajudam a repor água e precisam ser refrigeradas. Entre as mais leves estão a maçã, uva, cereja e tangerina. Se preferir a fruta picada, pingue algumas gotas de limão para impedir que escureçam. Para complementar esse lanche, leve uma porção de oleaginosas, como as castanhas. Esta combinação garante saciedade e muitos nutrientes importantes.

  • Vegetais - Também são leves e com poucas calorias. Alimentos como a cenoura baby, o pepino cortado em tiras finas e o tomate cereja, por exemplo são ótimas opções de acompanhamentos. Mantenha-os refrigerado e, para dar um sabor a mais, tempere com um pouco de sal marinho, sal rosa ou flor de sal com ervas.

  • Sanduíches naturais - São muito completos e podem até substituir uma refeição. Giovana Morbi sugere uma receita nutritiva e bem light: "É só misturar ½ lata de atum em água (atum light) com 2 colheres de sopa de ricota light para fazer um patê. Acrescente cebolinha para dar um sabor a mais. Prepare uma saladinha: pique com as mãos folhas de alface, rúcula, rale ½ cenoura e tempere com limão, azeite, um pouco de vinagre balsâmico e acrescente no sanduíche".

  • Frutas liofilizadas - No processo de fabricação as frutas perdem a água e se tornam um snack bem crocante. A ideia aqui é a mesma da combinação com a fruta fresca: coma uma porção da fruta desidratada combinada com uma das oleaginosas. Essas frutas são mais práticas, não precisam ser armazenadas em local resfriado.

  • Mix de frutas desidratadas e nozes - É possível fazer seu próprio mix de frutas desidratadas com as oleaginosas (castanhas, amêndoas, amendoim, nozes, etc). A profissional indica que se misture uma xícara de café de cranberry ou goji berry desidratado com uma xícara de café de uva passa, dois damascos secos picados, e sementes de abóbora, de sementes girassol, de soja torrada, de amêndoas, sem sal, castanha de caju e duas castanhas do Pará. Cuidado com as oleaginosas com sal: quando estamos na praia, a tendência é desidratar e se consumirmos muito, acontece ainda mais rápido.

  • Cookies integrais - Esses produtos, em pacotes individuais, têm a maior vantagem de a porção já vir separada e assim não tem perigo de fazer sujeira na bolsa ou exceder na quantidade.

  • Biscoito de polvilho - Mais uma opção sequinha que dispensa resfriamento. Também exige cautela quanto à quantidade porque, apesar de ser leve, é composto por carboidrato e em excesso pode elevar muito os níveis de açúcar no sangue. O ideal também é combina-los com uma porção de oleaginosas.

Mais noticias com...
Receitas:
Tomate
Ver Mais

Últimas Matérias

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais
Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio Como cozinhar mandioca e deixar o alimento macio

Presente na nossa alimentação antes mesmo de o Brasil ser descoberto pelos portugueses, a mandioca (também chamada de macaxeira ou aipim) é uma raiz...

> Leia mais
6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente 6 aplicativos de meditação que vão te ajudar a acalmar a mente

Separar poucos minutos do dia para meditar, relaxar o corpo e a mente pode ser algo muito benéfico, sabia? Cuidar da saúde mental e emocional requer pequenos...

> Leia mais
Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo Os problemas causados pela falta de fósforo no organismo

Os minerais, de uma forma geral, são muito importantes para a saúde dos sistemas nervoso, muscular, esquelético e digestivo, além de garantirem equilíbrio...

> Leia mais