O que fazer quando come demais e passa mal? Veja dicas para se sentir melhor

Caso ocorra de exagerar na comida, a nutricionista recomenda tomar chás digestivos, como o de hortelã, camomila, boldo ou espinheira santa
Caso ocorra de exagerar na comida, a nutricionista recomenda tomar chás digestivos, como o de hortelã, camomila, boldo ou espinheira santa
Patrícia Bertoni Brotherhood

Consultor:

Patrícia Bertoni Brotherhood

Formada em Nutrição pela UNIRIO, é especializada em Gestão de Qualidade e Segurança de Alimentos

Exagerar demais na comida ou se alimentar de forma rápida pode desencadear problemas no aparato gastrointestinal, como azia, náusea, dor e dilatação abdominal. Por isso, é muito importante montar sempre pratos equilibrados (preferencialmente coloridos), sem abusar muito nas quantidades. Mas o que fazer quando se come demais e passa mal em seguida? Existem chás medicinais e truques que podem amenizar esse tipo de problema? Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Patrícia Brotherhood, que deu ótimas dicas de como tratar mal-estar após exagerar na comida. Confira!

Afinal, o que fazer quando come demais para aliviar o mal-estar?

De acordo com a nutricionista, o mais importante é tentar ao máximo ter uma dieta equilibrada e tomar cuidado com o cardápio que seleciona diariamente. "A digestão começa desde a escolha dos alimentos, pois você é o que você absorve", afirma a profissional. Ainda assim, vale lembrar que existem meios de amenizar náusea, azia e dor de estômago após exagerar na comida. Confira as principais dicas:

Aposte em chás digestivos

"Tome algum chá digestivo, como o de hortelã, espinheira santa, camomila e boldo. O de hortelã, por exemplo, é antiemético (combate a náusea) e auxilia bastante no funcionamento intestinal. O de espinheira santa, por sua vez, tem efeito sobre a produção do ácido clorídrico no estômago, auxiliando no tratamento da gastrite. A camomila é digestiva, espasmolítica e calmante. Já o boldo auxilia na digestão de gorduras e melhora desconto de gases", recomenda.

Faça um shot de limão digestivo

Outra dica que a nutricionista destaca é apostar em misturas (em especial com frutas cítricas) que auxiliam no processo de digestão. "Faça um shot digestivo: esprema meio limão, misture com ½ colher de chá de gengibre e 50 ml de água. Outra dica interessante é comer uma maçã", sugere Patrícia.

Evite tomar café, refrigerantes e alimentos muito gordurosos

Além de tomar chás ou shots digestivos, outra dica importante é evitar certos alimentos que possam sobrecarregar o sistema digestivo e contribuir para a formação de gases, por exemplo. "Evite tomar café, refrigerantes, gorduras e frituras, vinagre (ou produtos em conserva que usam vinagre), chocolate e bebidas alcoólicas", destaca a nutricionista.

Tenha atenção com a mastigação e a velocidade que come

Para evitar que esse tipo de problema se repita, é importante ter atenção nas próximas refeições - principalmente quanto aos alimentos consumidos, à velocidade e à mastigação, para facilitar, dessa forma, o processo digestivo. "Tenha atenção à velocidade que come, pois você pode estar ingerindo ar ao comer e falar ao mesmo tempo. Lembre-se de mastigar bem. Essa é uma etapa fundamental para a boa digestão. Outra dica importante é evitar refeições muito volumosas e líquidos junto às refeições. Após comer, evite deitar em seguida, se for inevitável, fique virado para o lado esquerdo (por conta da posição do estômago)", explica a profissional

Observe a constância dos sintomas e procure atendimento médico

Caso você perceba que o mal-estar pós-refeição vem se repetindo frequentemente, de forma regular, é muito importante tomar certos cuidados e procurar ajuda, ok? A nutricionista destaca que certos sintomas podem ser indícios de problemas maiores e devem ser investigados.

"Tente observar após que tipo de refeição esses sinais costumam aparecer, se são eventuais ou constantes. E atente-se para descobrir se algum alimento parece piorar o quadro. Observe se há outros sintomas: fezes alteradas, dor de cabeça ou alergias. Vale lembrar que intolerâncias alimentares, alergias, doenças inflamatórias, disbiose (desequilíbrio de bactérias no estômago ou intestino) e várias outras patologias podem desencadear sintomas gastrointestinais. Por isso, caso o problema seja constante, procure um médico gastroenterologista para o diagnóstico correto. Não se esqueça de também procurar a ajuda de um nutricionista para avaliar seus hábitos alimentares", finaliza Patrícia.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

O que comer depois do jejum intermitente

O que comer depois do jejum intermitente O que comer depois do jejum intermitente

Quando feito de forma adequada e com acompanhamento nutricional, o jejum intermitente pode ajudar a desintoxicar o organismo e trazer outros benefícios (como...

> Leia mais
3 formas de preparar maionese vegana

3 formas de preparar maionese vegana 3 formas de preparar maionese vegana

Que tal conhecer algumas opções de maionese vegana para incluir no cardápio? Você pode aproveitar os benefícios e sabores de uma dieta sem alimentos de...

> Leia mais
Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar Suco de couve: conheça os benefícios e 3 ideias para preparar

Tomar suco verde detox todos os dias é ótimo para eliminar as impurezas do sangue, aumentar a imunidade e fornecer nutrientes para o organismo. A couve, em...

> Leia mais
Suflê de chuchu: 2 receitas fit

Suflê de chuchu: 2 receitas fit Suflê de chuchu: 2 receitas fit

O suflê de chuchu é o preparo perfeito para quem está de dieta, ainda mais se for feito com o Chuchu Orgânico Taeq! É um prato saboroso, pouco calórico,...

> Leia mais
Para que serve o ômega 3

Para que serve o ômega 3 Para que serve o ômega 3

Encontrado em diferentes peixes (salmão, cavala, atum, sardinha, arenque), castanhas e sementes, o ômega 3 é um tipo de ácido graxo essencial (uma gordura...

> Leia mais
Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Café faz bem: 7 benefícios da bebida Café faz bem: 7 benefícios da bebida

Tomar café regularmente de forma moderada (no máximo, 3 xícaras por dia) pode trazer uma série de benefícios para a saúde, sabia? Isso porque a bebida é...

> Leia mais
Arginina: para que serve e onde encontrar

Arginina: para que serve e onde encontrar Arginina: para que serve e onde encontrar

As refeições diárias estão cheias de nutrientes essenciais e superimportantes que nem imaginamos, como é o caso da arginina! Essa substância está presente no...

> Leia mais
Barra de frutas: o que é e como consumir

Barra de frutas: o que é e como consumir Barra de frutas: o que é e como consumir

A barra de frutas é uma fonte de energia e tanto, principalmente em dias mais corridos! Incluir o alimento no cardápio é sinônimo de saúde e saciedade para o...

> Leia mais
Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente Iogurte natural: 6 motivos para consumir diariamente

Ótimo para preparar vitaminas, smoothies e incrementar saladas, o iogurte natural é um ingrediente bem nutritivo que ajuda a manter o organismo em...

> Leia mais
Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar Patê de berinjela: aprenda 3 formas de preparar

Você já conhece o sabor do patê de berinjela? Além de todos os benefícios que o alimento apresenta para o organismo, o legume também agrada o paladar de um...

> Leia mais