O que é intolerância à galactose e como evitar o consumo da substância

Intolerância à galactose (ou galactosemia) deve ser tratada através de uma dieta restritiva, sem o consumo de leites e derivados, por exemplo
Intolerância à galactose (ou galactosemia) deve ser tratada através de uma dieta restritiva, sem o consumo de leites e derivados, por exemplo
Cristiane Coronel

Consultor:

Cristiane Coronel

Nutricionista Graduada pelo Centro Universitário de Brasília e pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva Funcional pela Universidade Cruzeiro do Sul

Muita gente já ouviu falar em intolerância ao glúten ou à lactose, que são problemas mais comuns, que causam sintomas como dor, inchaço, enjoo, diarreia e até alterações no humor. Mas você já ouviu falar na intolerância à galactose (ou galactosemia)? Apesar de ser mais raro, esse problema pode causar sintomas graves e deve ser tratado corretamente. Para saber mais sobre o assunto, nós conversamos com a nutricionista Cristiane Coronel, que esclareceu pontos importantes sobre a galactosemia. Confira!

Galactosemia consiste na deficiência do organismo em metabolizar a galactose

De acordo com a nutricionista Cristiane Coronel, a galactosemia ocorre da mesma forma que outras intolerâncias. Ou seja, o organismo tem dificuldade de quebrar e digerir certa substância (neste caso, a galactose).

"Galactosemia é uma doença genética que se caracteriza pela deficiência do organismo em converter a galactose (um açúcar monossacarídeo proveniente da "quebra" da lactose), em glicose (um outro tipo de açúcar). A produção enzimática para este processo não ocorre corretamente, causando uma série de sintomas provenientes da toxicidade da galactose não metabolizada - como dificuldade de ganhar peso (no caso de bebês), náuseas, vômitos, pele e olhos amarelados (icterícia), irritabilidade, convulsões e aumento do volume do fígado (hepatomegalia)", explica a profissional.

Vale destacar que, por ser uma deficiência congênita, a intolerância à galactose precisa ser tratada desde cedo. Assim, é possível evitar ao máximo os sintomas e garantir o controle do problema. "Caso os pais tenham galactosemia, seus filhos terão 25% de chance de nascer com o mesmo problema - que pode ser diagnosticado através do teste do pezinho. A doença sem tratamento pode causar problemas nos rins, fígado, olhos e no sistema nervoso central do bebê", afirma a nutricionista.

É importante cortar leites, derivados e outros alimentos da dieta

Para tratar a galactosemia, a primeira coisa que você precisa fazer é tomar certos cuidados com a alimentação, cortando todos os alimentos fontes de galactose. De acordo com a nutricionista Cristiane Coronel, é importante montar uma dieta bem restrita, balanceada e sem os seguintes alimentos/ nutrientes:

- Leites, queijos, iogurtes, coalhadas, requeijão, creme de leite;

- Manteigas e margarinas que contenham leite como ingrediente;

- Sorvete;

- Chocolate;

- Molho de soja fermentado;

- Grão-de-bico;

- Vísceras de animais: rins, coração, fígado;

- Carnes processadas ou enlatadas, como salsichas e atum, pois normalmente contêm leite ou proteínas do leite como ingrediente;

- Proteína hidrolisada do leite, normalmente encontrada em carnes e peixes enlatados, e em suplementos proteicos;

- Caseína (proteína do leite adicionada em alguns alimentos como sorvete e iogurte de soja);

- Suplementos proteicos à base de leite, como lactoalbumina e caseinato de cálcio;

- Glutamato monossódico: aditivo utilizado em produtos industrializados como molho de tomate e hambúrguer.

Por fim, a nutricionista dá uma boa dica para não correr o risco de consumir galactose sem querer no dia a dia: "Como a galactose pode estar presente em ingredientes utilizados na fabricação de produtos industrializados, deve-se olhar o rótulo para conferir a presença ou não da galactose. Além disso, alimentos como feijão, ervilha, lentilha e grãos de soja devem ser ingeridos com moderação, pois contêm pequenas quantidades de galactose", finaliza Cristiane.

Mais noticias com...
Receitas:
Leite
Ver Mais

Últimas Matérias

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista Dieta sem carboidratos funciona? Veja a opinião de uma especialista

Já ouviu falar da dieta cetogênica? Em outras palavras, as pessoas que seguem esse cardápio diferenciado se adequam a uma dieta sem carboidrato. É uma...

> Leia mais
Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição Café da manhã saudável e rápido: 4 ideias para não pular essa refeição

Conciliar um café da manhã saudável com uma rotina mais corrida não precisa ser um problema. Você sabia que existem opções nutritivas bem rápidas de...

> Leia mais
Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento Pimentão verde: truques para evitar indisgestão ao consumir o alimento

Muito usado no preparo de saladas, refogados, molhos (como o vinagrete), risotos e moquecas, o pimentão verde é um tipo de vegetal bem nutritivo e saboroso,...

> Leia mais
Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde? Pão ou tapioca? Qual é o melhor para a saúde?

Para reduzir o consumo de carboidratos, muita gente prefere evitar pães (e outras massas) e dar preferência a receitas com tapioca nos lanches. Mas será que...

> Leia mais
Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios Leite de castanha do pará: como fazer e quais são seus benefícios

Que tal fazer leite de castanha do Pará para aproveitar os benefícios da oleaginosa? É sempre bom ter opções diferentes de receitas para incluir na rotina...

> Leia mais
Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia Ervilha congelada: 3 receitas simples para o dia a dia

Quantas receitas com ervilha você conhece? E com ervilha congelada? Apesar da enorme praticidade que o legume apresenta, nem todos sabem como usá-lo no dia a...

> Leia mais
Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles

Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles Tipos de tomate: conheça as diferenças entre eles

Você sabe quais e quantos são os tipos de tomate? A famosa fruta compõe as mais variadas receitas de saladas e é um dos orgânicos queridinhos para...

> Leia mais
Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos

Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos Geleia de pimenta combina com o que? 4 dicas de acompanhamentos

De sabor adocicado levemente picante, a geleia de pimenta é um ótimo acompanhamento para lanches com queijos, pães e carnes, pois concede um toque mais...

> Leia mais
Chá verde: para que serve?

Chá verde: para que serve? Chá verde: para que serve?

Muito indicado para fazer um detox no organismo, o chá verde é uma bebida rica em propriedades medicinais, vitaminas e outros nutrientes importantes para o...

> Leia mais
6 exercícios de academia para fazer em casa

6 exercícios de academia para fazer em casa 6 exercícios de academia para fazer em casa

Não é todo mundo que gosta de frequentar academia regularmente, mas fazer musculação, exercícios aeróbicos, de força e resistência é fundamental para se...

> Leia mais