O que é a pegada de carbono? Aprenda a reduzir a sua emissão de CO2

Para reduzir a emissão de CO2 no planeta uma boa dica é cultivar plantinhas em casa, já que elas transformam o gás carbônico em oxigênio, deixando o ar bem mais limpo
Para reduzir a emissão de CO2 no planeta uma boa dica é cultivar plantinhas em casa, já que elas transformam o gás carbônico em oxigênio, deixando o ar bem mais limpo

Existem diversas maneiras de seguir um estilo de vida sustentável, sabia? Você pode adotar a lógica dos três R's (Reduzir, Reutilizar e Reciclar), evitar desperdícios (principalmente os de alimentos) e até se engajar em ONGs e projetos ecológicos. Além disso tudo, tem mais uma coisinha que você pode (e deve) fazer: calcular a pegada de carbono e, a partir daí, implementar algumas mudanças no seu dia a dia.

Para quem não sabe, a pegada de carbono é um índice que mede a quantidade de dióxido de carbono (CO2) que cada pessoa emite. Ou seja, ela mede os impactos das atividades humanas no meio ambiente - interessante, né? Ao calcular a sua pegada de carbono, é possível descobrir como o seu estilo de vida afeta o planeta (e onde você pode melhorar nesse quesito). Caso você seja fumante ou tenha o hábito de usar carro no dia a dia, por exemplo, a sua pegada será maior - isto é, pior será a sua contribuição para o bem-estar da natureza. Para te ajudar a ter um estilo de vida mais sustentável, nós separamos dicas de como reduzir a emissão de CO2. Dá uma olhada!

Troque o carro pela bicicleta sempre que possível

Você já experimentou ir de bicicleta para o trabalho, academia, curso ou qualquer outro lugar que você frequenta no dia a dia? Essa atividade ajuda a aliviar problemas como estresse, ansiedade, tem um ótimo efeito terapêutico e, claro, ajuda a reduzir a emissão de carbono no planeta.

A ideia é que você substitua os carros e motos por uma bicicleta sempre que possível. Afinal, os automóveis são grandes poluidores e emitem uma quantidade considerável de CO2. Caso não seja possível ir de bike, outra sugestão é dar preferência aos transportes coletivos. Dessa forma, pode apostar que a sua pegada de carbono reduzirá bastante!

Já pensou em cultivar árvores e plantinhas?

Cultivar árvores, plantas, flores e ervas em casa também é uma boa forma de ajudar o planeta. As plantinhas consomem o gás carbônico e produzem o oxigênio, deixando o ar bem mais limpo. Ao montar uma horta caseira, você vai estar contribuindo para a redução de CO2 e ainda deixará a casa bem mais viva e colorida. Fica a dica!

Evite desperdiçar alimentos

De acordo com a ONU, o desperdício de alimentos é responsável por emitir uma quantidade considerável de CO2 no planeta, tido como um dos problemas mais graves da atualidade. Em 2013, inclusive, o desperdício de comida foi considerado o 3º maior emissor de carbono no mundo. Não é pouca coisa, né?

Caso você queira realmente contribuir para o meio ambiente e reduzir a sua pegada de carbono, um dos pontos mais importantes é evitar ao máximo o desperdício de alimentos. Tente usar frutas, legumes, verduras e outros alimentos em sua totalidade, inventando sempre novas receitas com as cascas, polpas, sementes e por aí vai. Além disso, atente às medidas na hora de cozinhar (não prepare comida demais, por exemplo) e não exagere ao montar o prato. Assim, você evita desperdícios e o meio ambiente agradece muito!

Como eu calculo a pegada de carbono?

Embora seja possível calcular a pegada de carbono sozinho a conta é um pouco complexa. Mas não se preocupe: hoje não faltam sites que fazem esse cálculo para você. Em geral basta você informar alguns dados básicos - como quanto tempo passa no carro ou se come muita carne - que ele dá o resultado para você. É bem simples e, a partir daí, será possível minimizar os transtornos ao meio ambiente.

Últimas
Receitas
Ver Mais

Últimas Matérias

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado Como fazer creme de leite caseiro e evitar o industrializado

Muito usado no preparo de molhos para carnes ou massas, caldas e diferentes sobremesas (como mousses e pudins), o creme de leite é um ingrediente que não...

> Leia mais
4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa 4 maneiras de ajudar o próximo sem sair de casa

Doar parte do seu tempo (e energia) para ajudar o próximo é uma verdadeira prova de empatia - e, ao mesmo tempo, uma forma de promover autoconhecimento e...

> Leia mais
Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína Qual carne tem mais colágeno? Saiba onde encontrar boas quantidades da proteína

Para manter a saúde da pele e prevenir o envelhecimento precoce, é muito importante manter uma alimentação rica em colágeno. A boa notícia é que existem...

> Leia mais
Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente Alimentação para quem está com dengue: o que priorizar se estiver doente

Causada por um arbovírus transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença infecciosa que precisa ser tratada com seriedade. Ela causa...

> Leia mais
Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo Como ocorre o processo de absorção dos nutrientes? Aprenda a aumentá-lo

Entender como o nosso corpo absorve os nutrientes é um passo importante para quem quer montar uma dieta mais eficiente. Afinal, algumas substâncias podem...

> Leia mais
Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum Para que serve a canela de velho? 5 benefícios dessa planta incomum

Popularmente conhecida por auxiliar em tratamentos contra artrose, artrite e dores nas articulações, a canela de velho (Miconia albicans) é uma planta cheia...

> Leia mais
O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal O que não pode comer no jejum? Descubra o que evitar para não passar mal

Ficar muitas horas sem comer - como na prática do jejum intermitente - e depois ingerir uma refeição de estômago vazio, pode ser algo extremamente...

> Leia mais
5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir 5 alimentos com glutamato monossódico para deixar de consumir

Identificado como realçador de sabor, MSG ou umami, o glutamato monossódico é um aditivo químico presente em diversos alimentos industrializados que pode...

> Leia mais
Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la Como o corpo desenvolve intolerância alimentar? Descubra se é possível evitá-la

Você já deve ter ouvido falar na intolerância à lactose (açúcar presente nos leites e derivados) - problema que pode acometer pessoas em diferentes fases da...

> Leia mais
Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica Almoço japonês: conheça os pratos populares na culinária nipônica

Você também gosta de experimentar comidas de culinárias diferentes? A gastronomia japonesa, para quem não conhece, costuma usar muitos legumes, vegetais,...

> Leia mais