O que causa a infertilidade? Os alimentos que reduzem suas chances de engravidar

Alimentos gordurosos e industrializados, como pizzas, são prejudiciais para quem quer engravidar
Alimentos gordurosos e industrializados, como pizzas, são prejudiciais para quem quer engravidar

Para quem está tentando engravidar, é muito importante tomar cuidados com a alimentação, sabia? Além de comer muitas frutas, legumes e verduras, é necessário restringir certos alimentos que possam, de certa forma, dificultar o processo de ovulação e fecundação.

Vale destacar que nenhum alimento causa infertilidade definitiva - mas pode, sim, causar desequilíbrios hormonais e, desta forma, reduzir as chances de gravidez. Para te ajudar nesse assunto, nós separamos 4 tipos de alimentos que devem ser evitados por quem quer engravidar. Confira!

1. Alimentos ultraprocessados, gordurosos e com muito açúcar podem causar desequilíbrios hormonais, dificultando a gravidez

Buscar uma dieta saudável (com alimentos naturais) é o mais indicado para quem está tentando engravidar. Isso significa que comidas industrializadas - ultraprocessadas, gordurosas e com muito açúcar, por exemplo - devem ficar de fora do cardápio! Elas possuem uma quantidade grande de sódio, corantes, aditivos e substâncias que fazem mal ao estômago, intestino, rins e favorecem o acúmulo de gordura.

Vale destacar que, caso a pessoa tenha excesso de gordura corporal, é possível que o corpo produza uma maior quantidade de hormônios (como o estrógeno)- o que pode levar à dificuldade de engravidar. Por conta disso, a nossa dica é evitar ao máximo frituras, pizzas congeladas, biscoitos recheados, margarina, pipoca de micro-ondas e embutidos (salsicha, presunto, mortadela e salame, por exemplo).

2. Bebidas com cafeína (como café e refrigerantes) podem atrapalhar o transporte do óvulo até o útero

Se você tem o hábito de tomar café ou refrigerantes de forma exagerada, o mais indicado é diminuir o consumo desses produtos. O excesso de cafeína, para quem não sabe, pode dificultar a movimentação dos músculos que transportam o óvulo até o útero, impedindo a gravidez.

Lembre-se que você não precisa cortar de vez o consumo da cafeína, ok? Basta ter bom senso e equilíbrio - ou seja, em vez de tomar quatro xícaras de café por dia, tome apenas uma ou duas (uma no café da manhã e outra lanche da tarde, por exemplo).

3. Carnes vermelhas em excesso também dificultam a gravidez

Carnes vermelhas, para quem não sabe, são consideradas gordurosas e devem ser consumidas com parcimônia. Caso a ideia seja engravidar, o ideal é que você passe a consumir mais peixes e proteínas vegetais (como feijão, tofu e lentilha) em vez de carnes gordurosas. Assim, o organismo se mantém mais saudável e propenso à ovulação/ fecundação.

4. Chá de hibisco afeta os hormônios femininos, dificultando a gravidez

Conhecido por favorecer a perda de peso e auxiliar no controle de colesterol, o chá de hibisco é realmente uma bebida benéfica e nutritiva. No entanto, quando consumido em excesso, ele afeta os hormônios femininos e pode até inibir a ovulação. Por conta disso, ele não é indicado para quem está tentando engravidar.

Bônus: dietas low carb não são indicadas para quem quer engravidar

Vale lembrar que, caso o objetivo seja engravidar, é de suma importância manter uma dieta saudável e equilibrada, consumindo todos os nutrientes necessários. O problema da dieta low carb é justamente esse: apesar de permitir o consumo de vegetais, ovos, frango, peixe e outros alimentos importantes, ela acaba proibindo alimentos que são necessários para quem está tentando engravidar.

O abacate, por exemplo, é fonte de gorduras "do bem" (como ômega 6 e 9), que são essenciais para quem quer engravidar. No entanto, ele costuma ser cortado nesse tipo de dieta, pois não auxilia na perda de peso.

Para deixar o corpo saudável, nutrido e propenso à gravidez, a nossa dica é fugir de dietas muito restritivas (como as low carb). O ideal é recorrer a uma alimentação mais completa e diversa, evitando apenas os alimentos maléficos (como os gordurosos e ultraprocessados).

Mais noticias com...
Receitas:
Ovo
Ver Mais

Últimas Matérias

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

5 frutas com caroço que você pode comer integralmente 5 frutas com caroço que você pode comer integralmente

Na maioria das vezes, as pessoas têm o hábito de descartar os caroços (também chamados de sementes) das frutas, consumindo apenas a polpa. Mas você sabia que...

> Leia mais
Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal Chá de guaco: como fazer e quais os nutrientes dessa planta medicinal

Também conhecido como "erva de bruxa", o guaco é uma planta medicinal originária da América do Sul que se destaca, principalmente, por auxiliar no tratamento...

> Leia mais
Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada Dieta alcalina é baseada no pH do corpo! Nutricionista explica se ela é indicada

Você sabia que é possível diminuir a acidez do organismo através da alimentação? A dieta alcalina, para quem não conhece, propõe uma alimentação mais natural...

> Leia mais
Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo Óleo de copaíba: para que serve? Seus benefícios e indicações de consumo

Extraído a partir da árvore copaíba (ou pau-de-óleo), que é nativa da floresta Amazônica, o óleo de copaíba é conhecido por ter várias substâncias...

> Leia mais
Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas Como fazer farinha de grão-de-bico, ingrediente usado em receitas celíacas

Buscar ingredientes alternativos para dietas celíacas não é tão difícil quanto parece, sabia? A farinha de grão-de-bico, por exemplo, é uma opção livre de...

> Leia mais
Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes Marmelo: fruta famosa por doce marmelada é rica em fibras! Veja mais nutrientes

Muito consumida no estado de Minas Gerais, a marmelada é um doce de origem portuguesa que, além de saboroso, se destacar por ser rico em fibras, vitaminas A,...

> Leia mais
Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação Está com potássio alto no sangue? Como baixar através da alimentação

Você sabia que, quando consumido em excesso, o potássio pode ser muito prejudicial à saúde? A hipercaliemia (ou hiperpotassemia), para quem não conhece,...

> Leia mais
Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita Bolo de banana com aveia fit: conheça opções para variar na receita

Preparar sobremesas saudáveis e ao mesmo tempo saborosas não precisa ser algo difícil, sabia? Usando ingredientes mais naturais - como frutas, açúcar de coco...

> Leia mais
Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios Fruta mangostão é exótica e cheia de nutrientes! Conheça seus benefícios

Originário do sudeste asiático, o mangostão (ou mangostin) é uma fruta exótica bem suculenta, de sabor suave e altamente benéfica para a saúde. Além de ser...

> Leia mais
Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo Para que serve o chá de erva-doce? 5 motivos para passar a consumi-lo

Fonte de propriedades nutritivas e calmantes, o chá de erva-doce é uma bebida cheia de benefícios para a saúde! Assim como os de camomila e alfazema, ele é...

> Leia mais